faceralis

 

20anos

CPR

mesquita11Hugo Mesquita lançou-se em 2011 num projecto no Nacional de Ralis. Este que é o seu primeiro ano completa de ralis, o piloto Açoriano diz que tem evoluído, contano para isso com um navegador experiente e uma equipa de topo.

Qual o balanço da primeira fase da temporada?
Um Balanço muito positivo, visto que é o primeiro ano, apesar de ter estado 10 anos a competir no mundo da velocidade, o mundo do rallye é muito diferente. Ainda tenho muito que aprender, mas o nosso objetivo é a evoluçao! E é isto que temos vindo a fazer, o que me deixa bastante contente e à equipe também.

Quais foram os melhores e piores momentos?
Melhores momentos e sem dúvida prova a prova ver a minha evolução, principalmente no rallye de Fafe que foi a primeira vez que andei sobre terra e que no segundo dia já estava a fazer tempos interessantes para a minha estreia, claro que nunca pensando em resultados.
Piores momentos, acho que ainda nao estive a par de nenhum, visto que não estou a procura de qualquer medalha. é claro que houve algumas penalizaçoes que levei, se tivesse à luta por qualuqer lugar, seria um pouco mau.

Que perspectiva e qual vai ser a estratégia para a segunda fase da temporada?
Irá ser igual ao da primeira fase, Continuando com a minha evoluçao, aprender o máximo que puder, aumentando o ritmo de andamento mas sem exageros.

Qual é a vossa opinião sobre o momento actual dos ralis em Portugal?
Sei que o País está a passar uma fase menos boa a nivel económico e isso reflete se também nos rallyes, a lista de inscritos é a prova disso, mas o espetáculo continua a ser o mesmo, com o público sempre presente e a disfrutarem ao máximo.

soltas111vilaverdeO carro nº20, um Renault Clio, pilotado por Vitor Ramos não passou despercebido nesta prova. Na traseira do Renault Clio, em vez de publicidade, surgia um autocolante alusivo a um partido político e ao seu candidato para Primeiro Ministro

A chuva que caiu na 6ª especial de classificação, não só causou alguns calafrios a pilotos, espectadores, fotógrafos e acompanhantes como também acabou por fazer as delícias dos que assistiram à prova nesse troço. Pneus slicks para seco, já gastos em piso molhado foram ingredientes para muitos piões e algum espectáculo adicional.

A FPAK aprovou os regulamentos do Rali Vila Verde como lhe competia. Contudo, não se compreendem algumas situações nesses mesmos regulamentos. O Regional Norte em vez de disputar as seis (ou sete, se incluir a super especial) classificativas seguidas (tal como aconteceu como os regionais no Torrié e no Serras de fafe), disputou as três primeiras classificativas de cada dia.

A primeira secção tinha seis classificativas seguidas, sem direito a paragem no parque de assistência, existindo apenas um reagrupamento sem reabastecimento. Conclusão, alguns carros não conseguiam fazer essa secção sem reabastecer, mas nada foi feito para alterar essa situação.

antunesnafrente11Após o primeiro dia do Rali Vila Verde, prova do Campeonato de Portugal de Ralis 2L/2RM, apenas 6 concorrentes estão em prova!!!

Ivo Nogeira entrou com tudo neste prova e passou logo a liderar com alguma vantagem, mas o azar bateu à porta quando no terceiro troço o motor ficou sem água e levou, pouco depois à desistência.

Paulo Antunes sempre a andar muito forte passou para a liderança, que não mais largou, mesmo tendo sido João Silva o vencedor do maior número de troços.

O piloto madeirense teve uma saída de estrada, furou e ficou com a direcção aberta, mas mesmo assim retomou o ritmo e parece ser o piloto que tem mais condições para vencer esta prova.

Com Frederico Gomes de fora, logo no troço inaugural, devido ao toque numa pedra que lhe arrancou um tubo do radiador, com Rodrigo Ferreira a parar no terceiro troço quando o motor do C2 se calou e ainda o atraso de Carlos Marques, que furou no troço inaugural, Paulo Neto chegou ao terceiro lugar tendo o mérito de não ter cometido erros e de ter atacado no derradeiro troço (com muita chuva) passando Armando Oliveira na classificação.

Hugo Mesquita com pouco confiança para arriscar perdeu muito tempo, estando no 5º lugar na frente do azarado Ricardo Marques.

Na Taça de Portugal Renato Pita vai descansado no primeiro lugar, mesmo tendo feito o 6º troço com o carro a falhar, seguido por Marcos Gonçalves, uma surpresa ao volante do Skoda Fabia TDi.

No Campeonato Regional Norte, que só acaba depois dos três troços de amanhã, Pita está na frente de Paulo Silva e de Júlio Bastos.

LÍDERES DO RALI:
Ivo Nogueira (Pec 1 e 2); Paulo Antunes (Pec 3 a 7)
VENCEDORES DE TROÇOS:
Ivo Nogueira (1); Paulo Antunes (2); João Silva (4)

CLASSIFICAÇÃO 1ºDIA

antunesven11vvPaulo Antunes fez jus à sua rapidez e experiência para somar uma importante vitória no Rali Vila Verde. Sempre concentrado e sem erros Antunes levou o Citroen C2 R2 Max a uma vitória, beneficiando ainda daquela estrelinha da sorte que acompanha sempre os melhores.

João Silva também fez uma brilhante estreia num rali que desconhecia por completo, mas só se pode queixar de si. Um engano no percurso da 9ª especial (que já deu confusão em anos anteriores), levou-o a falhar um cruzamento, e a perder a liderança na 10ª especial que já tinha conquistado logo no início do 2º dia. Depois já era tarde para recuperar, acabando assim no segundo lugar, num rali que tinha condições (carro) e andamento (rapidez) para ganhar.

Paulo Neto "cerrou" os punhos e assim que chegou ao 3º lugar não mais o largou, não deixando que Armando Oliveira chegasse perto. Numa prova de concentração, o piloto de Sintra acaba por obter nesta prova um excelente resultado, apesar de um susto mesmo no final quando reparou que tinha o depósito de combustível roto e a perder gasolina.

Nas restantes posições ficaram Ricardo Marques, que ainda subiu uma posição, por troca precisamente com Hugo Mesquita.

Renato Pita ainda foi a Vila Verde buscar duas vitórias, uma para a Taça de Portugal de Ralis e outra para o Regional Norte, depois de uma prova que dominou totalmente.

Marcos Gonçalves em Skoda Fabia TDi foi a surpresa na Taça, com o segundo lugar, ficando na frente de Paulo Silva que ainda superou Júlio Bastos, com ambos os pilotos em BMW.

LÍDERES DO RALI:
Ivo Nogueira (Pec 1 e 2); Paulo Antunes (Pec 3 a 7); João Silva (Pec 8 e 9); Paulo Antunes (Pec 10 a 13)
VENCEDORES DE TROÇOS:
Ivo Nogueira (1); Paulo Antunes (3); João Silva (9)

CLASSIFICAÇÃO FINAL
1º Paulo Antunes / Alberto Oliveira – Citroen C2 R2 Max 1h09m14,5s
2º João Silva / José Janela – Renault Clio R3 a 4,8s
3º Paulo neto / Daniel Amaral – Citroen DS3 a 4m24,s
4º Armando Oliveira / Alexandre Rodrigues – Citroen C2 R2 Max a 5m53,3s
5º Ricardo Marques / Jorge Carvalho – Citroen C2 R2 Max a 7m51,7s
6º Hugo Mesquita / Nuno Rodrigues da Silva – Citroen DS3 a 8m45,9s

PILOTO DO RALI
Paulo Antunes
MOMENTO DO RALI
Furo de João Silva logo no início do rali
MENOS DO RALI
FPAK e inscritos

logovilaverde11Está finalmente disponível a Lista de Inscritos do Rali Vila Verde, a pouco mais de 30 horas do início de realização desta prova pontuável para o Campeonato de Portugal de Ralis 2L/2RM.

 

 

 

 

 

 

vilaverdeinsc