faceralis

 

almada

Nacional

camposFotos: RALIS ONLINE (Proíbida a reprodução de fotos sem indicação da fonte)
Evento: EXTREME ALMADA SPRINT
Data: junho 2019
Site: www.ralisonline.net

 

castelobrancoplaca19(ATUALIZADO) Troços e horários Rali de Castelo Branco 2019.

 

 

 

 

 

 

 

 

castelobrancohorarios119

hugoApós três épocas de enorme sucesso em dois dos mais relevantes Troféus da Velocidade Nacional, sagrando-se campeão do atual Super Seven by Toyo Tires e do Kia Picanto GT Cup entre 2016 e 2018, o bracarense Hugo Araújo prepara-se para dar mais um salto no seu ainda curto percurso desportivo e abraçar um novo desafio no entusiasmante Campeonato de Portugal de Ralis (CPR).

Novamente ao volante do Kia Picanto GT Cup com que, na época transata, se sagrou campeão do Troféu monomarca com o mesmo nome, o piloto de Braga contará com assistência da CRM Motorsport e terá pela primeira vez na carreira a companhia de um navegador na figura do marinhense Fernando Miguel, a quem agradece "a confiança depositada e a disponibilidade para, a seu tempo, materializar resultados".

Com experiência nos ralis e no todo-o-terreno, o co-piloto de 46 anos reconhece, por sua vez, em Hugo Araújo "um piloto rapidíssimo e com enorme vontade de aprender. Cabe-me agora ajudá-lo a ganhar velocidade nos ralis e instruí-lo a adaptar o ritmo conforme as situações do piso", assegura.

ESTREIA EM CASTELO BRANCO

Tendo já iniciado um forte ritmo de trabalho com vista ao entrosamento e aclimatização a uma disciplina "totalmente distinta" daquilo a que está habituado, Hugo Araújo revela que a estreia competitiva terá lugar no fim-de-semana de 22 e 23 de Junho, por ocasião do Rali de Castelo Branco — palco da primeira prova de asfalto do CPR.

Inscrito na categoria RC5, onde ambiciona "acumular quilómetros e terminar esta primeira prova", o piloto bracarense volta a contar com o incansável apoio dos seus parceiros naquele que considera ser "o maior desafio" da sua carreira, mas também de novas empresas que não quiseram ficar de fora deste projeto.

Aos patrocinadores de renome na figura do Grupo Copefi, GVB, Tudor, Cardan, Mr Pizza e U-Fit juntam-se parceiros como a Toyo Tires, Trama Arquitetos, RVP - Construção e Engenharia, N. Houses, IQV Matholding Group, Spiral Energy Graphics, Bracardox, Renarferbet, Nuno Santos Racing Coach e Pépé Racing Design — "marcas cujo apoio muito me orgulha e a quem espero dar o máximo retorno, com bons resultados no plano desportivo e um papel extremamente ativo nas redes sociais e nos mais variados suportes de comunicação", salienta.

ESPETÁCULO E COMPROMISSO
Num momento em que o CPR permite, pela primeira vez na sua história, a eleição de um número fixo para todas as provas, seguindo o exemplo do Campeonato do Mundo, Hugo Araújo revela ainda a escolha pelo nº 32 que figurará no seu Kia Picanto GT Cup em 2019 e os motivos para a enorme família dos ralis acompanharem o seu projeto ao longo da temporada.

"Quem me conhece sabe que tenho uma relação muito especial com o nº 23, que é o dia do meu nascimento e do meu filho Martim, mas também com o nº 99 — com o qual me sagrei campeão no atual Super Seven by Toyo Tires e no Kia Picanto GT Cup. No entanto, considerei que um desafio desta magnitude neste momento da minha carreira necessitava de uma quebra com o passado e foco total no futuro, e daí a escolha pelo nº 32, que na verdade não deixa ser um 23 invertido!", revelou, bem-disposto.

"Todos na Montanha e Velocidade reconhecem a minha persistência e espírito de combate, e são essas as qualidades que quero transmitir à fantástica moldura humana que acompanha o Campeonato de Portugal de Ralis! Mais do que espetáculo na estrada, os fãs podem esperar compromisso e um conjunto de iniciativas diferenciadoras que temos vindo a preparar com os nossos parceiros", concluiu.

Para Tiago Raposo Magalhães, a estreia de Hugo Araújo no CPR assume contornos especiais por diversos motivos:

"Há muito que o Hugo nos tem deixado a todos surpreendidos com o seu trajeto. O sucesso alcançado faz com que por vezes nos esqueçamos de que é um piloto que passou do virtual para o real com 30 anos de idade, após um percurso brilhante na GT Academy, e que em 2019 iniciará apenas a 7ª época da sua curta carreira desportiva, numa nova disciplina e ao volante de um carro com 7 anos de garantia", começou por dizer.

"Apesar das dificuldades inerentes a qualquer projeto de quem se encontra em início de atividade, conta com três títulos de campeão em carros preparados pela CRM Motorsport e múltiplos triunfos em provas de Montanha e Velocidade. Daí ser com dupla satisfação que apadrinhamos agora a sua estreia no Campeonato de Portugal de Ralis a bordo do Kia Picanto GT Cup desenvolvido em parceria com a Kia Portugal".

Descrevendo esta presença como uma "excelente notícia para o CPR", o responsável da CRM Motorsport está de acordo com as expectativas traçadas para este primeiro ano na modalidade:

"É um ano zero, no sentido em que tudo é novo para o Hugo. Condução em estrada aberta, notas, navegador, afinações. No entanto, tanto a CRM Motorsport como os parceiros envolvidos reconhecem as capacidades do piloto e do seu navegador, bem como do carro que têm em mãos — vencedor de três ralis da categoria RC5 na época transata e que, em 2019, recebeu novas evoluções que o deixam ainda mais competitivo, sem comprometer a sua enorme fiabilidade".

Confiante nas prestações da dupla, a Toyo Tires irá fornecer os pneus que serão utilizados pelo duo Hugo Araújo/Fernando Miguel nas quatro provas do Campeonato de Portugal de Ralis em que irão participar em 2019.

"Homologados para o Campeonato de Portugal de Ralis, e com provas dadas em 2018, os pneus da Toyo Tires são um produto de performance comprovada que nos irá ajudar na obtenção dos nossos objetivos. Quero agradecer novamente à Dispnal Pneus, seu distribuidor em Portugal, pela aposta feita e confiança depositada", conclui Tiago Raposo Magalhães.

 

extremelogo19O Clube de Motorismo de Setúbal (CMS) e a Câmara Municipal de Almada (CMA), estão antecipadamente de parabéns, pois conseguiram assegurar a presença de nada menos que setenta equipas, à partida para a segunda edição da Almada Extreme Sprint, o que garante desde já o êxito da competição e faz antever um sucesso superior ao conseguido na edição de 2018.

Para o Diretor da Prova, do CMS, Joaquim Capelo, «muitos ficaram ainda de fora, pois pelo facto de termos mantido a competição apenas num dia, não há lugar para todos os que solicitaram a sua inscrição ao CMS. É fantástica esta adesão por parte de equipas e pilotos, provando-se que marcamos a diferença ao apresentar uma competição aliciante para todos. A adesão do público vai com certeza ser igualmente superior ao ano passado, mas estamos conscientes que temos todas as condições para os receber em segurança. São todos bem-vindos e vão gostar com certeza!»

Entre os inscritos, os melhores; Na Regularidade destaque para a presença do Campeão Nacional de 2017, João Vieira Borges, para a participação de Jorge Nunes no famoso Porsche de seu pai, o pluricampeão nacional de todas as categorias, Américo Nunes, especialistas como Ivo Tavares, enfim todos preparados para tentar bater a dupla Nuno Veiga / Tânia Duarte, vencedora em 2018.

A categoria Sprint, a mais adequada a este tipo de competições, representa este ano a maior fatia em termos de equipas inscritas, até porque integra ainda duas competições distintas; a EVO Cup e o Desafio Kumho.

44 participantes, entre os quais alguns Campeões Nacionais, como Adruzilo Lopes, Fernando Peres, Miguel Campos, Rui Bevilacqua, Pedro Leal, e outros pilotos de renome e sempre espetaculares, tais como Gonçalo Figueiroa, Eduardo Veiga, Carlos Neves, José Grosso ou António Dias.

Uma lista extensa mas de muita qualidade esperando-se muita competição nas diferentes classes, de onde sairão os vencedores que terão acesso às eliminatórias e finais da Corrida de Campeões / Challenge 1000 CC, evento ímpar que fechará a festa da Almada Extreme Sprint, já no final da tarde de Domingo.

Reunidos patrocínios e apoios para esta segunda edição, entre os quais se incluem os almadenses Rui Madeira, campeão do Mundo de Ralis, e Miguel Oliveira, a Câmara Municipal de Almada assegurou ao Clube de Motorismo de Setúbal, através dos seus diversos departamentos, todas as condições e apoios, para que este ano, no calor de Junho, possamos ultrapassar largamente o patamar de 17000 presenças, confirmadas na primeira edição.

extremelogo19Inscritos Almada Extreme Sprint 2019.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

extremeinscritos