faceralis

 

posvendaclick

Nacional

a_grondal_600Decorreu-se ontem o primeiro evento do campeonato norueguês, com o Sigdals Rally em pisos de neve, servindo de teste para alguns pilotos que vão disputar o próximo Rally da Suécia.

Com um Subaru Impreza WRC de 2004, Anders Grøndal dominou o rally da primeira à última especial, vencendo a prova de abertura do campeonato norueguês. No entanto, mesmo antes do inicio da primeira especial, Grøndal detectou que havia um rolamento com defeito numa das rodas do Subaru, deixando o piloto preocupado mas, tudo acabou por correr bem.

Mads Østberg fez o seu primeiro rally com o Ford Fiesta S2000 em pisos de neve, admitindo que ainda necessita de uma maior adaptação ao carro pois, o estilo de condução num WRC é muito diferente. Østberg perdeu algum tempo na primeira especial atrás de um concorrente, não indo além do 7º melhor tempo mas, nas especiais seguintes, o norueguês impôs um bom ritmo, venceu os dois últimos troços e terminou na segunda posição.

Eyvind Brynildsen ocupou a segunda posição durante a maior parte do rally mas, no entanto, não foi capaz de segurar Mads Østberg atrás de si, vindo a terminar no último lugar do pódio a 25,7s do Fiesta S2000.

LÍDERES DO RALLY:
Anders Grøndal (SS1 a 7)
VENCEDORES DE TROÇOS:
Anders Grøndal (5); Mads Østberg (2)

CLASSIFICAÇÃO FINAL
1º Anders Grøndal - Subaru Impreza WRC S10 (A8) 49m48,9s
2º Mads Østberg - Ford Fiesta S2000 (N4) + 01m06,5s
3º Eyvind Brynildsen - Skoda Fabia S2000 (N4) + 01m32,2s
4º Thomas Kvam - Ford Focus WRC (A8) + 03m17,4s
5º Pontus Tidemand - Subaru Impreza STi (N4) + 03m32,1s
6º Marius Aasen - Subaru Impreza STi (N4) + 03m40,8s
7º Anders Kjær - Subaru Impreza STi (N4) +03m56,9s
8º Peder Økseter - Subaru Impreza STi (N4) + 04m29,3s

Colaboração Ricardo Nascimento

hiomerjanner11A temporada 2011 teve inicio este fim-de-semana na Áustria, com o mítico Jänner Rally contendo uma boa lista de inscritos, onde até Martin Prokop levou o Fiesta S2000 a fazer como carro de segurança.

Logo na primeira especial, os dois Skoda S2000 que estavam inscritos (Valousek e Baumschlager), ficavam arredados da luta pela vitória. Num dos ganchos mais conhecidos do rally, Valousek fez um pião e danificou o radiador, ficando fora de prova poucos quilómetros depois e o campeão austríaco, acabou por ficar com as rodas dianteiras num buraco na mesmo curva, perdendo mais de 1 minuto para voltar à estrada.

O checo Jaroslav Orsák venceu o primeiro troço e dominou a maior parte do primeiro dia, onde só perdeu a liderança momentaneamente em dois troços. Na segunda etapa, o motor do Lancer não quis colaborar pois, ficou a trabalhar com apenas 3 cilindros, fazendo com que Orsák terminasse na 3ª posição final.

Beppo Harrach foi dos pilotos mais regulares e também, quem pressionou mais Jaroslav Orsák no rally. Com os problemas no carro do piloto checo, Harrach aproveitou para passar a liderar a três especiais do fim, bastando evitar problemas para obter a vitória.

Após o tempo perdido na primeira especial, Raimund Baumschlager subiu de 43º até 3º da geral na primeira etapa. No segundo dia, o campeão austríaco estava muito longe dos dois primeiros mas, com os problemas de Orsák, Baumschlager ascendeu à segundo posição final.

Andreas Aigner foi o piloto que venceu mais troços mas, um problema na caixa de velocidades no decorrer do primeiro dia, obrigou o austríaco a desistir, regressando na segunda etapa com o sistema super-rally.

Vaclav Pech Jr. participou no rally mas, numa altura em que ocupava a 3ª posição, o piloto checo capotou na 3ª especial e terminou prematuramente a prova.

LÍDERES DO RALLY:
Jaroslav Orsák (SS1 a 3); M Fischerlehner (SS4); Beppo Harrach (SS5); Jaroslav Orsák (SS6 a 13); Beppo Harrach (SS14 a 16)
VENCEDORES DE TROÇOS:
Jaroslav Orsák (2); David Glachs (1); Andreas Aigner (6); Beppo Harrach (3); Raimund Baumschlager (4)

1º Beppo Harrach (A) - Mitsubishi Lancer evo 9 (Classe 3) 2h27m58,4s
2º Raimund Baumschlager (A) - Škoda Fabia S2000 (Classe 2) a 56,6s
3º Jaroslav Orsák (CZ) - Mitsubishi Lancer evo 9 (Classe 3) a 01m50,3s
4º Jan Cerny (CZ) - Mitsubishi Lancer evo 9 (Classe 3) a 05m31,1s
5º Kris Rosenberger (A) - Subaru Impreza STI N16 (Classe 3) a 07m03,1s
6º Mario Saibel (A) - Mitsubishi Lancer evo 10 (Classe 3) a 07m29,0s
7º M. Fischerlehner (A) - Mitsubishi Lancer evo 5 (Classe 12) a 07m46,6s
8º Hermann Gassner (D) - Mitsubishi Lancer evo 10 (Classe 3) a 08m22,5s

Ricardo Nascimento
Fotos: ir7.at

grondalpro11A segunda prova do campeonato norueguês, realizou-se no último sábado com o Rally Hadeland, onde os pilotos classificados no pódio, acabaram por ser os mesmos da ronda inaugural.

Mads Østberg começou por liderar com o Fiesta S2000, ao vencer as duas primeiras do rally mas, Anders Grøndal acabaria por impor o mais potente Subaru Impreza WRC e vencer pela segunda vez consecutiva este ano.

Østberg deu muita luta até ao final com um carro menos potente pois, a diferença final de 23,9s após sete troços, demonstram o quanto o novo piloto da Stobart consegue com este carro.

Eyvind Brynildsen apresentou uma nova decoração no Skoda mas, voltou a não ter argumentos para incomodar Mads Østberg, tendo de contentar-se mais uma vez com a terceira posição.

LÍDERES DO RALLY:
Mads Østberg (SS1 e 2); Anders Grøndal (SS3 a 7)
VENCEDORES DE TROÇOS:
Mads Østberg (3); Anders Grøndal (4)

RALLY HADELAND
1º Anders Grøndal/Veronica Engan (N) Subaru Impreza WRC (A8) 53m11,4s
2º Mads Østberg/Jonas Andersson (N/S) Ford Fiesta S2000 (N4) +23,9s
3º Eyvind Brynildsen/Cato Menkerud (N) Skoda Fabia S2000 (N4) +1m28,8s
4º Thomas Kvam/Stian Johnsen (N) Ford Focus WRC (A8) +2m31,9s
5º Sveinung Bieltvedt/Roger Eilertsen (N) Subaru Impreza WRX STI (N4) +2m40,2s
6º Marius Aasen/Tom A. Haldammen (N) Subaru Impreza WRX STI (N4) +3m31,2s
7º Pontus Tidemand/Jørgen Nordhagen (S/N) Subaru Impreza WRX STI (N4) +4m10,9s
8º Egil Bentzen/Ole Kristian Unnerud (N) Subaru Impreza WRC (A8) +4.11,0

Ricardo Nascimento

villagra1Federico Villagra (Mitsubishi/VRS) venceu o Rally Gran Premio de Unquillo e obteve o nono título argentino de rally.

Depois de um emocionante final num dulelo com Gabril Pozzo (Subaru/Baratec), Villagra viria a fazer o piloto da Subaru por apenas 14,6s.

No terceiro lugar ficou o brasileiro Daniel Oliveira, navegado nesta prova pelo português Carlos Magalhães.

 

 

Rally Gran Premio Unquillo - Clasificação Final
1°) Federico Villagra-Diego Curletto (Mitsubishi) 1h53m41,3s.
2°) Gabriel Pozzo-Daniel Stillo (Subaru) + 14,6s.
3°) Daniel Oliveira-Carlos Magalhaes (Subaru) + 2m57,5s.
4°) Ezequiel Campos-Matías Aranguren (Mitsubishi) + 4m02,6s.
5°) Juan Gil De Marchi-Mauro Albornoz (Mitsubishi) + 4m06,0s.
6°) Agustín Rossi-Matías Aranguren (Mitsubishi) + 5m48,2s.
7°) Gonzalo Monarca-Laureano Grigera (Mitsubishi) + 7m11,1s.
8°) Álvaro Marchetto-Marcos Bazan (Subaru) + 11m13,9s.

Redaccion: Diego Menichetti
Fotografias: Diego Menichetti

brugoenca10O Nacional de Espanha de Asfalto, terminou com o Rallye Comunidad de Madrid RACE onde estiveram presentes dois campeões desta temporada: Xevi Pons, Campeão do Mundo S2000, e Berti Hevia Campeão de Espanha.

Um deles dveria ser o vencedor, como parecia estar a suceder com o piloto catalão, que colocou o Fiesta S2000 no final do primeiro dia cinco segundos na frente do seu adversário, que tripula o Skoda Fabia S2000 alugado, depois do seu ter ficado muito danificado em Córdoba na prova anterior.

No dia seguinte, Sábado, as baixas temperaturas que se fizeram sentir na Serra de Madrid (menos 8º) deixaram os troços muito complicados, pelo que o conhecimento dos troços passou a ser fundamental como ficou demonstrado com Alberto Monarri, que se colocou na ldierança com o seu Subaru Impreza WRX, sendo Pedro Burgo, com o seu Lancer Evo X o único que o seguia de perto. Hevia descolava destes pilotos e Pons teve problemas de transmissão no Ford, motivo que o levou a desistência.

Monarri enfrentava o penúltimo troço com apenas 6,3s de vantagem sobre Burgo. A pressão de Burgo foi grande levando o seu adversário a cometer um erro (saída de Estrada) e a abandonar.

Burgo certificava a vitória no derradeiro troço, ficando Hevia com o segundo lugar e Vitor Senra, ao volante de outro Evo X, em terceiro.

Colaboração Miguel Álvarez