faceralis

 

rvmlogo24 madeira

bulaciaSe houvesse o prémio de "piloto do rali" muito provavelmente ele teria que ser atribuído a Alejandro Cachón ou a Marco Bulacia. Ambos jovens e rápidos, quer o espanhol, quer o boliviano, fizeram provas de "encher o olho" a qualquer adepto de ralis, com passagens sempre muito rápidas e espetaculares pelos troços do rali, obrigando a certo momento que Meeke tivesse que puxar pelos seus galões. Talvez, no final, o prémio ficasse para Bulacia, já que lutou pela vitória com um "desatualizado" Skoda Fabia R5. Deste tipo de pilotos, venham muitos para o Campeonato de Portugal de Ralis.

Já que estamos a falar de Bulacia, e de grandes prestações, é conveniente não esquecer a performance do mano Bruno. Com um Toyota Yaris GR de Troféu, um carro muito próximo de série, terminou no 12º lugar da geral o Rali Terras d´Aboboreira!!! Uma prestação de grande nível que não dependeu de desistências à sua frente para subir lugares na classificação.

Sergi Pérez Benitez é outro nome que sai com grande destaque deste rali. O jovem de 18 anos esteve uma boa parte da prova em primeiro na Peugeot Rally Cup Ibérica. No derradeiro troço, com 23,8s de vantagem acabou por desistir devido a um problema com o seu carro. Mas a sua prestação não passou ao lado daqueles que estiveram mais atentos.

Após mais de 30 provas com a DomingosSport, que neste rali "só" tinha 10 carros para a assistir, Adruzilo Lopes conheceu o sabor da desistência. Falta de pressão de óleo no Lancer Evo X ditou a desistência do decano piloto, que continua a dar cartas na Promo.

 

Não lhe é permitido comentar.