faceralis

 

castelobranco24placa

CPR

solansAboboreiraJan Solans e Rodrigo Sanjuán voltam a competir com o GR Yaris Rally2, desta vez no Rally Terras d´Aboboreira, que acontecerá nos dias 26 e 27 de abril de 2024.

Este rally faz parte do campeonato nacional português, mas Jan e Rodrigo o utilizarão como teste para o próximo evento do mundial, o Rally de Portugal, que ocorrerá de 9 a 12 de maio de 2024.

A novidade do evento mundial é ser a primeira prova de terra para Solans e Sanjuán, por isso o Rally Terras d´Aboboreira se apresenta como a oportunidade perfeita para testar o GR Yaris Rally2 em especificações de terra. Além disso, este rally terá troços muito semelhantes aos encontrados posteriormente no WRC Rally de Portugal, chegando a compartilhar alguns quilómetros.

Assim, o Rally Terras d´Aboboreira terá como objetivo encontrar uma boa configuração na terra, retomar o ritmo após alguns meses sem competição e continuar a adaptação ao GR Yaris Rally2.

Jan Solans (PILOTO): "É um rally que será muito útil para preparar a primeira etapa da temporada em terra, que será o Rally de Portugal. É a primeira vez que vamos testar o carro na terra, por isso tenho certeza de que será muito útil para as próximas provas em terra. Vamos enfrentar este rally como um teste para conhecer o GR Yaris Rally2 em especificações de terra e trabalhar muito bem com a equipe da Teo Martín Motorsport para encontrar uma boa configuração".

Rodrigo Sanjuán (COPILOTO): "Vamos para o Rally Terras d´Aboboreira para nos prepararmos para o Rally de Portugal, é uma oportunidade ótima para chegarmos à prova do mundial com o melhor ritmo possível. Além disso, prevê-se uma inscrição muito boa, onde teremos rivais diretos do WRC2, o que nos servirá de termómetro para saber qual é o ritmo para a prova portuguesa. Estamos encantados por a equipe nos proporcionar esta oportunidade para continuarmos a formar-nos e podermos retomar o ritmo, já que passaram dois meses desde a Suécia sem subirmos ao nosso Toyota Yaris GR Rally2".

Teo Martín (CHEFE DE EQUIPE): "Acreditamos que o Rally Terras d´Aboboreira será muito útil para o Rally de Portugal. É um teste ideal para o primeiro contato com o GR Yaris Rally2 na terra e será muito positivo para a adaptação de Jan e Rodrigo".

terrautA animação antes do arranque do Rali Terras D'Aboboreira (26 e 27 abril) terá o seu ponto alto esta próxima quinta-feira, ao final da tarde, com um momento especial no centro histórico da cidade de Amarante dedicado aos entusiastas do desporto automóvel e público em geral.

Vão estar expostos nesse feriado de 25 de abril, a partir das 18h30, na Avenida General Silveira, junto à Ponte de São Gonçalo, nada menos que 30 carros dos principais protagonistas do evento organizado pelo Clube Automóvel de Amarante. Mas não só, porque os respetivos pilotos e navegadores também vão estar presentes no local para uma sessão de autógrafos que se prevê entusiástica e calorosa por parte dos fans dos ralis, entre eles Dani Sordo, com o Hyundai i20 N Rally1.

Vejamos, então, os 30 carros e as respetivas duplas que vão estar, ao fim da tarde do dia 25 de abril, no centro histórico de Amarante:

Dani Sordo/Candido Carrera (Hyundai i20 N Rally1), Kris Meeke/Stuart Loudon (Hyundai i20 Rally2), Armindo Araújo/Luís Ramalho (Skoda Fabia RS Rally2), Ricardo Teodósio/José Teixeira (Hyundai i20 N Rally2), Ernesto Cunha/Rui Raimundo (Skoda Fabia R5 evo), Lucas Simões/Valter Cardoso (Ford Fiesta R5), Paulo Neto/Nuno Mota Ribeiro (Skoda Fabia R5 evo), Rúben Rodrigues/António Costa (Skoda Fabia RS Rally2), José Pedro Fontes/Inês Ponte (Citroen C3 Rally2), Pedro Meireles/Ricardo Cunha (Hyundai i20 N Rally2), Ricardo Filipe/Filipe Carvalho (Skoda Fabia R5), Yohan Rossel/Arnaud Dunand (Citroen C3 Rally2), Nikolay Gryazin/Konstantin Aleksandrov (Citroen C3 Rally2), Jan Solans/Rodrigo Sanjuan (Toyota Yaris Rally2), Pierre-Louis Loubet/Loris Pascaud (Skoda Fabia RS Rally2), Marco Bulacia/Diego Vallejo (Citroen C3 Rally2), John McErelean/James Fulton (Skoda Fabia RS Rally2), Pedro Almeida/Mário Castro (Skoda Fabia Rally2 evo), Alexander Villanueva/Jose Murado (Skoda Fabia RS Rally2), João Barros/Jorge Henriques (VW Polo Rally2), Rui Madeira/Nuno Rodrigues da Silva (Ford Fiesta MKII Rally2), Gonçalo Henrique/Gonçalo Cunha (Renault Clio Rally4), Hugo Lopes/Magda Oliveira (Peugeot 208 Rally4), Guilherme Meireles/Pedro Alves (Peugeot 208 Rally4), Pedro Silva/Roberto Santos (Peugeot 208 Rally4), Kevin Saraiva/Beatriz Pinto (Peugeot 208 Rally4), João Andrade/Pedro Santana (Peugeot 208 Rally4), Miguel Carvalho/António Reis (Hyundai i20 N5), Adruzilo Lopes/Paulo Silva (Skoda Fabia N5) e João Araújo/Luís Araújo (Ford Fiesta N5).

Público tem transporte gratuito para se deslocar às classificativas

Pioneiro em 2023 no seu Plano de Sustentabilidade Ambiental, que valeu ao Clube Automóvel de Amarante (CAA) a distinção por parte da Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting com o Prémio de Mérito, o Rali Terras D'Aboboreira reforçou, nesta edição, as medidas já implementadas no ano anterior em diferentes áreas: ruído, resíduos, água e energia, combustíveis e proteção de solo, higiene e limpeza, sensibilização e compensação de carbono.

Para além dos três municípios parceiros do evento, Amarante, Baião e Marco de Canaveses, o CAA conta ainda para a ativação do referido plano com parceiros ambientais como a Resinorte, S.A. e a Re-Source II, Ldª e ainda o patrocinador MCoutinho.

Nesse âmbito, uma das ações, inédita nas provas do Campeonato de Portugal de Ralis (CPR), mais relevantes incide na possibilidade de os espetadores oriundos dos três concelhos do território da Aboboreira poderem deslocar-se às classificativas para assistir à passagem dos carros no "shuttle rali" disponibilizado pelos municípios e sem quaisquer encargos. Ou seja, não necessitam de utilizar a sua própria viatura para assistir às incidências da terceira prova do CPR.

Para o efeito, o programa do "shuttle rali" está assim definido:

SEXTA (26 abril)

Shuttle para a zona de público no Shakedown – Vila Boa de Quires

⏰ Partidas:

arcAmarante, Baião e Marco de Canaveses vão estar no caminho da 3ª prova pontuável para o Campeonato de Portugal de Ralis. Desta vez, a ARC Sport vai contar com cinco equipas, assinalando o regresso ao CPR do campeão açoriano Ruben Rodrigues, e também o retorno à casa de Aguiar da Beira de Paulo Caldeira, que se juntam a Pedro Almeida, Paulo Neto e Ernesto Cunha, todos eles aos comandos de cinco Skoda Fabia.

Depois de uma excelente entrada no CPR 2024, Ruben Rodrigues regressa dos Açores para disputar o Rali Terras d'Aboboreira, contando de novo com o experiente António Costa no banco do lado.

"Este para mim é um rali totalmente novo, contando, no entanto, com a experiência e o conhecimento do António Costa, o que não deixa de ser uma mais-valia, tal como este Fabia RS. As classificativas são muito técnicas e exigentes, e a prova conta com uma lista de inscritos fantástica, recheada com pilotos com experiência WRC. Com as sempre excelentes afinações da ARC Sport, vamos ver se estarei à altura do carro, tentando fazer uma prova em crescendo, descobrindo a nossa competitividade", disse Ruben Rodrigues.

Pedro de Almeida volta a contar com Mário Castro como navegador para a 3ª prova do CPR, esperando retomar os bons resultados.

"Estamos com uma grande expetativa e queremos que a prova comece para dar sequência ao que de bom fizemos no (para nós curto) Rali do Algarve. Tenho de volta o Mário Castro, fizemos um breve teste com o carro e ficaram boas sensações, que queremos confirmar neste Rali Terras D'Aboboreira", afirmou Pedro Almeida.

Paulo Neto e Nuno Mota Ribeiro querem continuar a somar resultados positivos para o campeonato deste ano.

"Este é um rali com troços giros e bastante simpáticos, onde vamos tentar andar perto dos lugares da frente, como é habitual. Conquistar mais pontos para o campeonato e tentar manter o 4º lugar do CPR é o nosso objetivo", concluiu Paulo Neto.

Ernesto Cunha e Rui Raimundo continuam entusiasmados com a sua evolução aos comandos do Skoda Fabia. Por terras d'Aboboreira há que manter a dinâmica.

"Temos estado num bom ritmo de evolução e pretendemos continuar a evoluir de prova a prova, nesta que é para nós uma nova categoria. Queremos participar nesta prova com calma e concentração, mas também com o foco necessário para manter a nossa dinâmica", disse Ernesto Cunha.

De regresso à ARC Sport vai estar Paulo Caldeira desta vez acompanhado por Ricardo Faria.

"É o regresso a uma casa onde já fui feliz. Este vai ser para mim mais um rali de adaptação, desta vez ao carro e ao navegador, com quem nunca fiz sequer qualquer teste. O Skoda é um carro em que confio e do qual espero bastante. Depois de cerca de um ano de paragem, estou feliz pelo regresso à ARC Sport que, tecnicamente e em termos pessoais, são do melhor que há", concluiu Paulo Caldeira.

Para a casa de Aguiar da Beira este é mais um desafio importante e com uma mão cheia de concorrentes cheios de legitimas aspirações.

"Estamos preparados para proporcionar todas as condições às nossas equipas. Este é um rali que conta com pilotos muito competitivos, onde esperamos contribuir para êxito que todos desejam. Estamos confiantes!", disse Augusto Ramiro.

ernestidddApós o excelente resultado no Rali Casinos do Algarve, onde Ernesto Cunha e Rui Raimundo conquistaram o 4º posto da classificação geral, a equipa volta ao Campeontato de Portugal de Ralis para disputar o Rali Terras d'Aboboreira. A abordagem prometida será semelhante, onde acima de tudo a equipa quer evoluir e conhecer a fundo o Skoda Fabia Rally2 EVO, sem uma aspiração definida na tabela classificativa.

A receita aplicada no Algarve, que trouxe sucesso à equipa do Skoda Fabia Rally2 EVO é, mais uma vez, a abordagem escolhida pelo piloto para o Rali Terras d'Aboboreira. Ernesto Cunha mostra-se confortável com os primeiros ralis ao volante do novo carro, mas prefere não fixar objetivos desportivos ao longo desta época: "Vamos manter uma abordagem de evolução, desenvolvimento e queremos continuar a aprender o carro. Acima de tudo, queremos crescer e manter um ritmo de aprendizagem ao longo da prova."

"Não fixamos ambições em termos de resultado na prova, pois o nosso compromisso para esta temporada é muito focado em realizar um bom trabalho de evolução e ganharmos confiança no Skoda sem cometer erros", acrescenta Ernesto Cunha, nesta que será a sua sexta participação na prova da região de Amarante.

A equipa, que já teve oportunidade de realizar uma sessão de testes de preparação para esta prova, cumprirá os primeiros quilómetros no Terras d'Aboboreira ao longo da manhã de sexta-feira, nas especiais de Free Practice e Qualifying. Já a partida oficial está marcada para as 16:50h em Baião.

PN2Está a ser um início de temporada muito positivo para a dupla Paulo Neto-Nuno Mota Ribeiro neste Campeonato de Portugal de Ralis 2024. Quartos classificados da Geral ao final de dois ralis, a dupla tem comprovado que a regularidade e um ritmo mais elevado do que o demonstrado em épocas anteriores são um bom elixir para estar na luta pelos lugares cimeiros da tabela classificativa. No Rali Terras de Aboboreira, que se realiza no próximo fim-de-semana, Paulo Neto quer manter esta toada, dando assim continuidade ao bom início de época que tem vindo a realizar.

"Estamos motivados para mais um rali onde, em conjunto com o Nuno e a ARC Sport tudo vamos fazer para continuar a demonstrar que estamos num bom momento de forma. É muito bom olhar para a tabela classificativa e ver o nosso nome no quarto lugar da geral, num pelotão recheado de campeões e talentos. Sabemos que manter este registo não será fácil, principalmente num rali tão exigente como este, mas vamos dar o nosso melhor para o conseguir, prometendo lutar de igual para igual com os nossos mais diretos adversários", explicou Neto, antes de agradecer a entrada de um novo parceiro no seu projeto desportivo: "é com orgulho que recebemos a Bruma, uma marca de referência de eficiência e design de torneiras. De hoje em diante passam a estar associados ao nosso projeto, facto do qual nos orgulhamos."