faceralis

 

castelobranco24placa

CPR

ernesto24rcbCom uma excelente primeira metade de época nos pisos de terra, onde Ernesto Cunha e Rui Raimundo ocupam o 3º posto no Campeonato de Portugal de Ralis, chega agora o derradeiro desafio em asfalto. O Rali de Castelo Branco, disputado na categoria máxima do Campeonato será uma novidade para a dupla, que se mostra focada num bom trabalho de preparação.

Após o quinto posto no Rali de Portugal, na prova reservada ao Campeonato de Portugal de Ralis, a dupla do Skoda Fábia Rally2 Evo prepara-se para a sua primeira experiência em pisos de asfalto no novo carro. Proveniente de um bom andamento nas primeiras provas da época, Ernesto Cunha mostra-se consciente do desafio e das condições esperadas na prova de Castelo Branco e Vila Velha de Ródão: "Será a nossa primeira prova em asfalto neste carro e vamos tentar manter a dinâmica de resultados, sem cometermos loucuras mas mantendo o nível de andamento."

Sobre o trabalho que antecede a prova, o piloto refere ainda: "Espera-nos uma boa dose de preparação e para isso temos uma sessão de dois dias de testes, onde vamos procurar o nosso melhor compromisso com a afinação do Skoda. Também vamos desenvolver ao máximo a metodologia de notas em asfalto, pois a nossa experiência neste tipo de piso vem bastante vincada das Duas Rodas Motrizes."

roqueO Campeonato de Portugal de Ralis está de regresso após a transição para a fase de asfalto e o Rali de Castelo Branco é o próximo desafio das equipas. Paulo Roque e Marco Macedo estão de volta após o 5º posto no Rali de Portugal entre as equipas das Duas Rodas Motrizes do Campeonato de Portugal de Ralis e querem manter o ritmo na prova Albicastrense.

Ultrapassados os pisos de terra, chega agora a altura das equipas do Campeonato de Portugal de Ralis competirem no asfalto do Rali de Castelo Branco. Paulo Roque regressa aos comandos do Peugeot 208 Rally4 e traz um bom ritmo em mãos, após o Penafiel Racing Fest, que serviu de teste nesta fase. O piloto mostra-se motivado e promete procurar um bom resultado: "Vamos para Castelo Branco em busca dos lugares cimeiros e com uma boa expectativa, depois do Penafiel Racing Fest, que funcionou para nós como um teste em asfalto. Gostamos deste tipo de piso e sabemos que temos de dar o nosso melhor, pois a concorrência nas Duas Rodas Motrizes é muito forte."

Marco Macedo irá novamente acompanhar o piloto de Gondomar, que acrescenta ainda: "Apesar de já ter feito esta prova em 2022, este ano as Especiais serão ligeiramente diferentes, por isso, em conjunto com o Marco vamos realizar um bom trabalho de preparação antes da prova para nor mantermos confiantes."

CLICK NA IMAGEM PARA TER ACESSO AO GUIA DO RALI DE CASTELO BRANCO 2024

castelobranco24placa

hugorcb24Terminada a primeira fase do Campeonato de Portugal de Ralis, as equipas despedem-se do piso de terra e preparam as máquinas para as 4 provas de asfalto. Hugo Lopes, que volta a fazer equipa com Magda Oliveira, quer repetir o resultado do ano anterior na prova albicastrense, a primeira de asfalto do Campeonato!

A prova é pontuável para o CPR-2RM em que Hugo Lopes é 2º classificado a 1 ponto da liderança, e para a Peugeot Rally Cup Portugal, competição que conta com duas vitórias de Hugo Lopes e segue destacado na liderança. Depois da primeira vitória da carreira no CPR-2RM em 2023, Hugo Lopes parte com a ambição de repetir o resultado!

"Estamos confiantes para entrar no asfalto com o pé direito. Em 2023 fomos muito felizes com o Peugeot 208 Rally4 durante a fase de asfalto e por isso estamos bastante ansiosos para este regresso. A dedicação e empenho que eu, a Magda e toda a equipa está a fazer na preparação de todas as provas tem sido bastante importante para a nossa competitividade e acredito que esta prova não será exceção!", afirma o jovem piloto de Viseu.

Magda Oliveira acrescenta: "Pelas referências que tenho dos anos anteriores, as classificativas que nos esperam apresentam zonas bastante rápidas, sendo talvez dos ralis mais rápidos do campeonato, em que a confiança será um dos fatores mais importantes!
Esta prova distingue-se também pelo calor extremo, onde será necessária atenção redobrada ao desgaste de pneus e travões, mas também à restante mecânica e à nossa condição como atletas, para resistir da melhor maneira!".

cardeirarcb24Após a conclusão da primeira metade do Campeonato de Portugal de Ralis, onde a fase de Terra não foi livre de contratempos para Rafael Cardeira, o piloto chega confiante ao asfalto e em busca de vitórias nas Duas Rodas Motrizes. O Rali de Castelo Branco é um desafio que Cardeira conhece bem e onde irá lutar pelo lugar mais alto do pódio.

É já no próximo dia 21 e 22 de junho que o Rali de Castelo Branco vai para a estrada e a dupla Rafael Cardeira / Luís Boiça voltam aos comandos do Peugeot 208 Rally4 no regresso ao Campeonato de Portugal de Ralis 2 Rodas Motrizes, após o habitual período de transição após as provas em pisos de terra.

O piloto do Sporting Clube de Portugal mostra-se motivado para enfrentar o desafio Albicastrense, prova onde já pisou o pódio por duas vezes nas Duas Rodas Motrizes: "Queremos ganhar em Castelo Branco e vamos entrar com todas as armas que temos. É fundamental fazer uma boa segunda metade do Campeonato, sabendo que este tipo de pisos são aqueles onde por norma nos sentimos mais confiantes e com uma boa dose de consciência pois este ano temos especiais novas no rali".

"Nesta que será a sua primeira prova em asfalto com o Peugeot 208 Rally4, Cardeira refere ainda: "Vamos certamente passar por um momento de adaptação com o novo carro em asfalto, mas queremos ser competitivos e lutar por vitórias em cada rali e pelo Top 3 em cada classificativa."