faceralis

 

Autocolante RALIS 100x50mm-07

Nacional

autorilcanaO Nacional de Ralis de Asfalto em Espanha começou com o Ilhas Canárias e logo envolto em polémica já que a RFEDA (Real Federación Española de Automovilismo) não autorizou a participação do novo Porsche de Sergio Vallejo, um 911 GT3 de 2010, no campeonato, que obrigou o piloto a estar presente unicamente na versão internacional da prova.

Aí se encontravam os veteranos Didier Auriol e Juha Kankkunen, com dois Citroen Xsara WRC, tendo como principais rivais Vallejo, o atual campeão Monzón (o Mini este ano não é admitido no Nacional de Espanha) e o canário Capdevila com um Ford Focus WRC.

A prova foi dominada por Auriol sem grande problemas, já que Kankkunen, Monzón e Capdvilla tiveram que retirar-se, sendo segundo (após um forte penalização) Vallejo e o terceiro foi José María Ponce com um BMW M3.

Na prova "nacional" o triunfo foi para a Enrique Cruz com um Porsche 997 GT3, que se impôs após dois dias de prova por apenas 12 segundos frente a Yeray Lemes (Ferrari 360), com Surhayen Pernia e o seu Mitsubishi Lancer Evo X no terceiro lugar, enquanto Esteban Vallín com um Opel Adam R2 ficou no 4º lugar.

Pelo caminho ficaram Miguel Fuster (Porsche 997 GT3) e os Mitsubishi Lancer Evo X do ACSM Team que eram pilotados por Xevi Pons e Joan Carchat.

Colaboración de Miguel Álvarez

 Fotos Oficias e Marcas

 

espanhaterrasuarezA Mitsubishi começou a dominar o Nacional de Espanha de Terra, já que três Lancer Evo finalizaram nas três primeiras posições o Rali Tierras Altas de Lorca, primeira prova desta competição, sendo que os sete primeiros lugares foram todos ocupados por carros Mitsubishi.

A prova foi um "mano a mano" entre José Antonio Suárez e Xevi Pons, ambos em Evo IX, com ambos a lutarem pela vitória desde o primeiro quilómetro nos nove troços da prova de Murcia.

O Asturiano "Cohete" Suárez foi o primeiro líder até ao 5º troço, sendo que a partir daí o catalão Xevi Pons a assumer o commando. A luta chegou ao ultimo troço, com Suárez a impor-se por apenas um segundo (apesar dos problemas com a cronometragem), batendo o seu colega da equipa ACSM.

O mexicano Benito Guerra, Campeão do Mundo de Produção ficou no 3º lugar com um Lancer Evo X, enquanto Alex Villanueva, que foi quarto classificado, venceu o Gr.N.

Colaboração Miguel Álvarez

riobolosfotos13Fotos: Antonio Gómez (Proíbida a reprodução de fotos sem indicação da fonte)
Evento: Rali de Riolobos (Campeonato de Espanha Terra)
Data: 2013
Site: www.ralisonline.net

 

 

cameesan13Fotos: Marcas e oficinais (Proíbida a reprodução de fotos sem indicação da fonte)
Evento: Rallye C.A. Madrid - Race
Data: 23 e 24 de novembro de 2013
Site: www.ralisonline.net

 

 

 

 

 

 

 

 

 

vitorcame13O fecho do Nacional de Ralis de Espanha teve lugar, como é tradicional, com a prova que se disputa na capital de Espanha, entre o circuito de Jarama e a Serra Madrilena.

Com o título entregue a Luís Monzon, o Rallye Comunidad Autónoma de Madrid – RACE foi aproveitado por alguns pilotos para experimentarem carros diferentes daqueles que utilizaram ao longo da temporada. Assim, Xevi Pons pilotou um Fabia S2000, José Antonio Suárez trocou o habitual Ford Fiesta por um Mitsubishi Lancer Evo X N+ e Álvaro Muñiz estreou-se ao volante de um Porsche 911 GT3.

O cantábrio Surhayem Pernia liderou no primeiro troço, mas no seguinte foi Alberto Meira, também em Mitsubishi Lancer Evo X N+, que se colocou na frente mantendo essa posição até ao final do primeiro dia. Atrás estava Pons com o Skoda, precedendo "Cohete" Suárez, enquanto Pérnia voltava a desistir com problemas técnicos no Evo.

Na segunda etapa Suárez manteve um intenso duelo com Meira, que acabou por passar no penúltimo troço para conseguir a syua primeira vitória absoluta por apenas 1,2 segundos. O terceiro lugar também mudou de mãos, já que Pons foi sueperado por Muñiz na última passagem por Jarama.

Colaboración de Miguel Álvarez

RALIS ONLINE TV

ANUÁRIO RALIS ONLINE 2020

Facebook FanBox

RALIS EM PORTUGAL RALIS EM PORTUGAL