faceralis

 

ANUARIO123

Eventos

rallyspirit2021placaTroços e horários RallySpirit 2021, prova tipo "Festival Motorsport" que se realiza dias 4 e 5 de junho.

 

 

 

 

 

 

 

rallysprinthorarios21

rallyspirit2021placaInscritos RallySpirit 2021.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

sipiritinscritos

306Sérgio Brás inaugura a sua temporada desportiva num evento marcante no panorama do automobilismo nacional. O piloto vai estar presente no RallySpirit Altice 2021, entre 3 e 5 de junho.

Uma prova mítica em Portugal e de renome internacional, que integra a restrito clube dos 'Slowly Sideways Europe', calendário de que fazem parte os Rally-Legend Eifel Rallye Festival, o Alsace Rallye Festival e Rallye Festival Francorchamps. "É fabuloso estar de volta à competição num evento com um figurino tão marcante e que constitui uma montra de alguns dos melhores exemplares alguma vez criados para os ralis mundiais", frisou.

Uma prova onde o piloto surge com uma máquina muito especial, um Peugeot 306 Maxi, com motor 2.0 a debitar 240 cv. "Estou muito feliz por estrear o carro nesta emblemática prova. Está aqui um ano de trabalho, com muitas horas e dedicação. Tinha apenas uma carroçaria Peugeot Sport, tudo o mais é novo. É uma réplica quase idêntica de um modelo histórico da Peugeot. Hoje em dia não é fácil conseguir peças, mas felizmente foi-nos possível fazer nascer este exemplar. O orgulho é imenso", afirmou, acrescentando: "Ao meu lado vou ter o Nuno Mota Ribeiro, a quem agradeço ter aceitado o convite para partilhar comigo esta aventura."

Uma prova que tem como centro nevrálgico Barcelos, mas que também irá passar pelas cidades de Vila Nova de Gaia e Porto. "O nosso objetivo é divertirmo-nos ao máximo em cada quilómetro, ao volante de um carro que está bem vivo na memória dos adeptos de ralis e que tenho a certeza que irá fazer vibrar o muito público presente."

Sérgio Brás deixa ainda uma palavra especial: "Agradeço a toda a minha equipa o trabalho e dedicação para tornar o Peugeot 306 Maxi uma realidade e a todos os meus patrocinadores, que são parte fundamental deste projeto."

leoneO Rali de Castelo Branco que se vai realizar nos dias 12 e 13 de junho marca o regresso da dupla da Leone Racing Team.
Pedro Leone e Bruno Ramos garantem presença no Rali de Castelo Branco, prova pontuável para o Campeonato de Portugal de Clássicos de Ralis (CPCR), que uma vez mais vão disputar.

Pedro Leone comenta: " O ano passado também iniciámos com o Rali de Castelo Branco e lembro-me que foi uma prova bastante difícil, que levou ao limite a nossa capacidade de resistência, tivemos imensos imprevistos, mas resistimos e conseguimos ficar em 2º lugar. Vamos fazê-la novamente com imenso entusiasmo, pois é uma prova de que gostamos bastante e o desafio é tentar repetir o resultado ou quem sabe conseguir até melhor...na verdade estamos mesmo é com muita vontade de iniciar a temporada e por as mãos no volante do Ford Escort RS Cosworth que está finalmente pronto e preparado para este novo arranque."

Filipe Madureira 1Filipe Madureira e Emanuel Gonçalves alinharam este fim de semana no Rali da Bairrada, ronda de abertura do Campeonato Portugal Clássicos de Ralis. Um evento em que a corrida começou ainda antes de o cronómetro estar a contar.

"Os imprevistos acontecem e não foi possível ter o Ford Sierra Cosworth pronto a tempo. Por isso, fomos 'à garagem' e improvisámos", brincou o piloto. E a escolha recaiu num Nissan Micra 1.3s ex-troféu, que contemplava uma particular curiosidade: "Este ano celebro 25 anos de carreira, precisamente a idade deste carro. Acaba por ser uma casualidade cheia de significado, pois é a primeira prova que faço nesta temporada tão especial", confessou.

O primeiro desafio do ano reservou aos concorrentes um total de seis especiais e 60.96 quilómetros ao cronómetro. Um evento onde o piloto extraiu ao máximo o potencial do seu carro: "Tirei partido dos 80 cv do nosso Micra. Obviamente que a potência colocou-nos algumas limitações, mas, ao mesmo tempo, permitiu-nos divertir e desfrutar de uma prova num registo bem diferente daquele que à partida tínhamos em mente", numa participação em que o resultado nunca esteve em equação: "Ainda assim terminámos em 7º nos Clássicos, o que acaba por ser positivo dado o contexto da nossa participação."

Para Filipe Madureira, ficou na retina um detalhe em particular: "O público. A presença de adeptos nos ralis era algo que nos deixava imensas saudades e que, felizmente, é novamente uma realidade. São eles a alma das corridas e nós pilotos sentimos isso dentro do carro. Foi muito bom e obrigado a todos pela presença", afirmou, acrescentando: "Um enorme obrigado também a todos os meus patrocinadores, foi mais uma vez um grande prazer poder voltar a representá-los ao cronómetro. Por outro lado, apesar de estar condicionado, senti-me sempre bem fisicamente, o que é também um bom indicador para futuros eventos."

A época prossegue já entre os dias 3 a 5 de junho, no RallySpirit Altice. "Aí estaremos de volta com o nosso Ford Sierra Cosworth. Vemo-nos lá", finalizou Filipe Madureira.