faceralis

 

ANUARIO123

CPR

madeiralogo2021Inscritos Rali Vinho Madeira 2021, com apenas 13 inscritos para o Campeonato de Portugal de Ralis, num total de 5o equipas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

madeirainscritos21

yarisSeguindo o lema de Akio Toyoda, Presidente e CEO da Toyota Motor Corporation (TMC), a competição é a melhor forma para desenvolver melhores automóveis para a estrada. A Toyota Caetano Portugal em parceria com Toyota Espanha e o Motor & Sport Institute (MSi), vai lançar no próximo ano 2022 o melhor trofeu monomarca da Europa: TOYOTA GAZOO Racing Iberian Cup.

Esta nova competição da marca nipónica, cujas três primeiras temporadas estão confirmadas —2022, 2023 e 2024— e que terá uma excelente relação preço/desempenho, marcará o regresso da Toyota ao mundo dos trofeus e ralis promocionais como marca oficial.

E para isso, nada melhor do que ter o novo Toyota GR Yaris como protagonista, um dos modelos que mais expectativa tem gerado entre clientes, fãs e imprensa especializada nos últimos anos no mundo automóvel.

Com apenas pequenas alterações, ao modelo de série que qualquer cliente pode adquirir na Rede de Concessionários Toyota em Portugal, o GR Yaris vai competir em 2022 numa época composta por oito ralis, quatro em Espanha e quatro em Portugal. As inscrições estão abertas a partir de 16 de julho em ( Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar ) para uma competição que irá atribuir mais de 250.000 Euros em prémios.

Usando como base o modelo de estrada, com uma carroçaria leve e rígida, um motor 1.6 litros Turbo, de três cilindros e o novo sistema GR-FOUR de tração às quatro rodas, para um peso de apenas 1.280 kg, os técnicos da MSi desenvolveram uma preparação específica que se focaliza principalmente na segurança.

Assim, os protagonistas da Taça Ibérica TOYOTA GAZOO Racing, contam com barras de segurança, extintores, suspensão Technoshock, LSD fabricados pela especialista Cusco, pneus de rali - asfalto e gravilha, entrada de ar no teto, peças internas de carbono, sistema de elevação e sistema de exaustão específico.

A Toyota Caetano Portugal e Toyota Espanha escolheram a MSi como parceiro técnico, por ser uma referência mundial em termos profissionais e o seu centro de desenvolvimento único, 100% ligado ao desporto motorizado em Espanha. Através da Universidade Francisco de Victoria, a MSi incentiva estudantes de engenharia industrial, apaixonados por tecnologia, a estudarem numa das melhores instalações da Europa.

 

ralidagauraMuito em breve, a água, substância química cujas moléculas são formadas por dois átomos de hidrogénio e um de oxigénio, também sinónimo de vida na natureza, vai ser o pano de fundo de uma estratégia de promoção no CPR (Campeonato de Portugal de Ralis). O Rali da Água - CIM Alto Tâmega, nos dias 4 e 5 de setembro próximo, com a chancela do CAMI Motorsport, dará não apenas continuidade a um evento mítico e com uma história de sucesso, mas também a um novo e diferente despertar para tudo aquilo que a região onde ele decorre pode oferecer.

"A região recebeu-nos, a nível de rali, como Alto Tâmega, agora quer afirmar-se como território de água e bem-estar e nós cá estamos para um novo desafio", enfatiza Nuno Loureiro, presidente do CAMI Motorsport.

O Alto Tâmega, território de água e bem-estar, surge como palco do rali número 5 do CPR, marcando a segunda metade da temporada, num evento que combinará a competição com um ambiente natural e paisagístico único em termos de biodiversidade. Mas não só...

O Rali da Água, impulsionado pela Comunidade Intermunicipal (CIM) do Alto Tâmega, enaltece o único mineral que é encontrado no planeta Terra em três estados: líquido, gasoso e sólido. Nesta região transmontana, rica em fontes termais, foi na época do período romano que este povo invasor da Península Ibérica, movido pela curiosidade da água em ebulição a brotar misteriosamente do solo, descobriu as suas propriedades terapêuticas e medicinais.

Desportivamente, o Rali da Água-CIM Alto Tâmega apresentará, com as suas nove PEC (Provas Especiais de Classificação) em pisos de asfalto, uma estrutura simples e compacta, reunindo todos os ingredientes para proporcionar uma prova equilibrada... e para ser discutida ao segundo. Os detalhes do rali vão ser revelados brevemente.

madeiralogo2021A próxima edição do Rali Vinho da Madeira irá contar com 50 inscritos, dos quais 31 são madeirenses e 19 de fora do arquipélago.

Desses, o maior contingente provém de Portugal continental, dois são estrangeiros e um é açoriano. O rol de inscritos inclui dois campeões mundiais de escalão, um vice-campeão europeu e vários campeões nacionais e regionais, juntando nomes como os do espanhol Jan Solans, dos continentais Adruzilo Lopes, Armindo Araújo, Bernardo Sousa, Bruno Magalhães, José Pedro Fontes, Pedro Meireles e Ricardo Teodósio, do açoriano Luis Miguel Rego e dos madeirenses Alexandre Camacho, Filipe Freitas, José Camacho ou Miguel Nunes.

A lista de inscritos, a ser revelada no dia 28 de julho, incluirá ainda nomes, como os de Miguel Correia, Paulo Mendes e Pedro Paixão, de pilotos que costumam disputar as primeiras posições nos campeonatos em que militam num painel de viaturas composto, entre outros, por 16 viaturas Rally2, 1 WRC, 3 RGT, 4 Rally3 e 7 Rally4. O Rali Vinho da Madeira será palco da estreia nacional, pelas mãos de João Silva, do Renault Clio Rally4 e ainda da estreia na ilha de modelos como o Ford Fiesta R5 MkII, Subaru Impreza WRC S14, Ford Fiesta Rally3 e Renault Clio Rally5.

bernardesFoi na passado sábado de tarde, que a dupla do Team Manaia constituída por Joaquim Bernardes e Laurinda Alves foram galardoados com o Prémio Manuel Laranjeira .Este prémio é atribuído a habitantes de Mozelos, isso pelo desempenho que tem para com esta localidade, e onde esta dupla de ralis, tem levado o nome da localidade a todo o país, onde hajam ralis. Esta distinção é atribuída pelo Grupo de Dinamização Cultural de Mozelos, tendo ainda o apoio por parte da Junta de Freguesia de Mozelos, Câmara Municipal de Santa Maria da Feira e do IPDJ.A razão de tudo isto, e pela primeira vez na história deste galardão, foram duas pessoas que o receberam, neste caso Joaquim Bernardes e Laurinda Alves sua co-piloto e navegadora , é que esta dupla de Mozelos te evidenciado há mais de duas décadas uma grande capacidade desportiva, criatividade, determinação, para além de grande desportivismo.

Depois de estar na posse, Joaquim Bernardes começou logo por dizer " como todos sabem não sou uma pessoa de muitas palavras, mas sinto-me muito honrado por recebermos este galardão, pois no seio das pessoas galardoadas com o Prémio Manuel Laranjeira, pelos vistos somos os primeiros provenientes dos ralis, uma modalidade que não é tão popular como o futebol, mas que nós praticamos há muito tempo, que culminou com uma série de títulos de Campeão. Sinto-me muito honrado, o meu muito obrigado".

Já Laurinda Alves acrescentava " tal como disse o Joaquim Bernardes para mim ´ é uma honra termos este prémio, que mostra o valor que os mozelenses dão a quem leva o nome a todos os cantos deste Portugal, onde hajam provas em que estamos presentes",. conclui a conceituada navegadora.

De referir que esta cerimónia contou coma presença do Presidente da Câmara de Santa Maria da Feira, que entregou o galardão à equipa do Team Manaia constituída por Joaquim Bernardes e Laurinda Alves, para além da presença do Presidente da Junta de Freguesia de Mozelos, e outras personalidades locais. De referir também a presença de alguns familiares dos Galardoados, assim como uma série de personalidades ligadas à história do team Manaia, que fora do local onde decorreu a cerimónia contou com a presença do camião da equipa, assim como do Volkswagen Golf, que muitos títulos tem dado a esta dupla de Mozelos.

Mesmo no final da cerimónia Jorge Paulo Teixeira, conceituado preparador, fez a entrega duma placa especial dedicada a esta dupla de pilotos, assim como um bonito ramo de flores para a navegador Laurinda Alves.