faceralis

 

ANUARIO123

soltassilves121Se o troço de Silves era muito rápido, já o troço da Cumeada era algo perigoso mas muito bonito. Parte do troço passava junto a uma barragem (do Arade) proporcionando grandes imagens numa paisagem fantástica.

Pedro Conde fez no Rali de Silves o seu 100º rali na carreira como navegador de ralis. A sua estreia como navegador foi no Rali de Reguengos de Monsaraz, do Regional Sul, tendo já se sentado ao lado de diversos pilotos passando pelo Regional, Open, Nacional e Mundial.

Poucas duplas se podem gabar de fazer, no conjunto piloto e navegador, 141 anos. Jaime Falcão e a sua navegadora nesta prova Nirce Araújo conseguiu totalizar essa idade. Para que todos soubessem colocaram essa inscrição bem na frente do pequeno Rover.

Por ser muito rápido o troço de Silves causou muitos calafrios aos pilotos. Porém, quase todos passaram por este troço sem problemas, menos Orlando Bule que deixou a traseira do seu Mitsubishi muito mal tratada de pois de um toque numa casa.

No parque de assistência do Regional Sul para além de todo o material que serve para dar assistência ao carros de ralis, não falta também alguns "equipamentos" para dar assistência gastronómica. Normalmente os grelhados proliferam um pouco pelas diversas tendas, mas os rissóis, os pastéis de bacalhau e os croquetes também têm muita saída. Vinho e o indispensável medronho também marcam sempre presença. Certo é que ninguém fica com fome...

Não lhe é permitido comentar.