faceralis

 

Autocolante RALIS 100x50mm-07

soltasmor121Está quase na estrada o rali de todas as decisões no Campeonato de Portugal de Ralis. No Qualifying Ricardo Teodósio mostrou ao que veio, fazendo o melhor tempo, o que lhe permitiu escolher a posição de partida para a prova (será nono a arrancar).

Menos bem esteve o seu adversário. Armindo Araújo acabou por fazer no Qualifying um pião monumental o que lhe custou a ser o último a escolher a ordem de partida, ou melhor, escolher a posição que restava que era ser o primeiro na estrada.

Porém, a escolha das posições de partida não foi muito pacifica. Pedro Meireles na sua vez escolheu o 10º lugar de partida, mas de pronto um outro piloto alertou que tal não era possível!!! O facto de Gil Antunes não ter feito o Qualifying, competia ao Diretor de Prova atribuir regulamentarmente a posição de partida ao piloto de Sintra, tendo sido dada a 10ª posição. Depois de algum burburinho e confusão no entendimento das regras, explicadas por Paulo Magalhães da FPAK na mesma ocaisão, Pedro Meireles teve que mudar de escolha partindo na 6ª posição.

Toda esta situação despertou que, de forma involuntária, Gil Antunes tenha acabado por ser beneficiado por não ter feito o Qualifying, pois ao ser-lhe atribuída a 10ª posição na estrada, acaba por ter uma excelente posição de partida. De pronto alguns pilotos manifestaram-se que para a próxima prova de terra também não irão fazer o Qualifying, pois tal situação pode ser benéfica na escolha da posição de partida. Este episódio demonstra claramente que as coisas não estão bem no CPR!!!

Um tema muito falado e Mortágua foi a recente reunião entre os prinicpais pilotos do CPR. Pouco ou nada transpirou sobre essa reunião, mas tudo indica que os pilotos votaram, entre si, sobre as provas a manter no CPR de 2021.

Outro tema quente foi o dos inscritos nesta prova. 21 concorrentes vão estar à partida o que na realiade não é um número nada mau para as contas do CPR em 2021. Provas como Serras de Fafe, Rali de Portugal e Rali da Água, tiveram menos inscritos no CPR e ninguém se preocupou, embora essas (e outras) tenham sido provas onde os troféus, os estrangeiros, os clássicos e os GT´s (por exemplo) tenham ajuda a compor a listas de participantes.

Não lhe é permitido comentar.