Share
ptmcuria11O PORTUGAL MOTORSPORT AWARDS realizado este fim de semana na Curia, foi um acontecimento inédito em termos de Desporto Automóvel Nacional, reunindo á mesa, quase 400 participantes, de alguma forma ligados a esta paixão comum, o automobilismo... Momentos fantásticos de convívio e emoção, que tornaram o segundo encontro do PMT, verdadeiramente GRANDIOSO!

A expectativa era enorme, por parte de organizadores e participantes; os primeiros esperavam que o segundo evento do Portugal Motorsport Team, fosse um verdadeiro "upgrade" relativamente ao almoço de 2010 no Pedro dos Leitões e os segundos porque tinham a certeza de que, uma vez mais, iriam fazer parte de um evento que ficará para sempre nos anais do motorsport nacional.

Para além da escolha cuidada do Palace Hotel da Curia, garantir desde logo um ambiente "requintadamente descontraído" as propostas da dupla Artur Lemos e Luís Caramelo, apontavam ainda para uma aguardada distinção de personalidades, cuja vida estivesse de alguma forma ligada ao progresso do Desporto Automóvel em Portugal, num critério pessoal, mas garantidamente isento, que por isso seria antecipadamente aprovado por todos.

Os primeiros "Awards" ficaram reservados a 12 personalidades, verdadeiramente marcantes para o nosso país, em termos de Motorsport; Os bi-campeões do Mundo de Grupo N, Armindo Araújo e Miguel Ramalho, o primeiro português a conduzir um Fórmula 1, Mário Araújo Cabral, o ex-patrão da Ford, Udo Kruse e o seu particular amigo Miguel Oliveira, que construiu a Diabolique Motorsport e um dos primeiros pilotos de ralis integrados numa equipa oficial, Francisco Romãozinho.

A juntar a estes foram ainda distinguidos, João Barbosa, cuja vitória nas 24 horas de Daytona, permanece até ao momento como um dos maiores feitos conseguido pelo desporto automóvel nacional, além fronteiras, o fantástico preparador nortenho "Mestre Eduardo Santos", o ex-piloto e agora organizador, Fernando Batista, António Catarino, uma referencia no jornalismo nacional de automobilismo, o Campeão dos Campeões Filipe Albuquerque e finalmente, Afonso e André Couto, cuja corrida pela vida, demonstrou uma tenacidade e determinação, conseguida apenas por verdadeiros campeões.

Distinções recebidas de forma emocionada por parte de todos os agraciados, todos surpreendidos pelas elogiosas referencias feitas por parte de Pedro Castelo, que de alguma forma "justificou" as escolhas, afinal acolhidas por todos, sem qualquer contestação, mas sim com fortes e longos aplausos, dedicados de pé a todos eles.

Um evento como já dissemos muito participado – cerca de 400 pessoas, todas a pagar do seu bolso uma presença num evento muito ansiado, desde o primeiro encontro – com a organização a contar com o necessário e lógico patrocínio da FORD e os apoios da TSM, Electro-Audio, Fórmula G, Marabuto e ainda a QF, que produziu os fantásticos troféus com que os distinguidos foram agraciados.

As imagens dizem tudo, assim como os comentários que os interessados podem seguir a par e passo na página do FaceBook – PORTUGAL MOTORSPORT TEAM – e para o próximo ano fica a promessa de um ainda melhor e maior evento, que foi afinal o que todos os presentes pediram aos organizadores.

Comunicado PTM