Share

vallejo14O campeonato de Espanha despediu-se da Galiza com o Rali de Ferrol, uma prova muito complicado pela dificuldade dos troços sujos e cheiros de armadilhas. Um terreno pouco favorável aos Porsche para poderem exprimir a sua potência, mas no final foi mesmo favorável aos irmãos Vallejo que somaram nova vitória que lhes garante a liderança do campeonato.

Se bem que que por vezes a sorte não tem estado do lado de Vallejo, sofrendo muitos furos o ano passado, nesta edição ocorreu tudo ao contrário. Depois de um início de igual para igual nos primeiros troços de 6ª feira, Miguel Fuster favorito indiscutível à vitória com o seu Fiesta R5, sofria uma ligeira saída de estrada no terceiro troço que o levava a perder algum tempo, deixando Vallejo no seu Porsche 997 GT3 Cup R 2010 comodamente na liderança.

No Sábado, o piloto de Alicante empenhou-se duramente e a pouco e pouco foi reduzindo a sua desvantagem para o líder. Mas na continuação deste ataque, o Fiesta R5 viria a furar ficando assim a vitória entregue a Vallejo, sendo passado também por Pedro Burgo que conduzia outro Porsche 997 GT3 Cup R 2010.

No quarto lugar ficou Gorka Antxustegi (Suziki Swift s1600) impondo-se por escassa diferença a Joan Carchat (Mitsubishi Lancer Evo X), completando o top ten Álvaro Muñiz (Renault Clio Cup III), Esteban Vallín (Opel Adam R2) e os três primeiros da Copa Suzuki Swift com Fernando Rico na frente de Adrián Díaz e do português Diogo Gago.

Entre os abandonos destaque para o de novo azarado Surhayen Pernia, por averia no seu Mitsubishi Lancer Evo X N+, Joan Vinyes que saiu de estrada no primerio troços com o Suzuki Swift S1600 e que no dia seguinte em super rally não passou da fase inicial.

Colaboración de Miguel Álvarez