faceralis

 

apoiaro

Mundial

citroends3A Citroen desvendou hoje, oficialmente, a sua nova máquina para o Mundial de Ralis de 2011.

Já com as cores oficiais da equipa, o novo Citroen DS3 WRC, apresenta-se já na sua versão praticamente definitiva, depois de milhares de quilómetros de testes de desenvolvimento.

Mais compacto do que o seu antecessor, o CITROËN DS3 WRC aproveita as linhas dinâmicas do modelo de série,
exacerbadas pelas aberturas de arrefecimento e apêndices aerodinâmicos destinados a melhorar a ligação à estrada a alta velocidade. Sob o « capot », um motor de 1.6 litros turbo, de injecção directa, com 300 cv, inteiramente concebido pela CITROËN RACING. A transmissão, adequada às quatro rodas motrizes, integra uma caixa de velocidades sequencial de seus relações e diferenciais mecânicos, à frente e atrás.

Com o objectivo de controlar os orçamentos necessários a um programa no WRC, a nova regulamentação torna interdita a utilização de materiais mais caros (titânio, fibra de carbono...), ao mesmo tempo que estandardiza determinadas peças como sejam o turbo e limita as possibilidades de evolução durante o período de vida útil da viatura. Os ralis não são mais do que um formidável laboratório de ideias e um impressionante banco de ensaios, que contribui para o progresso do automóvel.

Após ter conquistado cinco títulos de Campeã do Mundo de Construtores e seis ceptros de Pilotos e Navegadores com Sébastien Loeb e Daniel Elena, a CITROËN não tem outra ambição do que dar continuidade à série com o DS3 WRC. Para o efeito, confirmou já as suas formações para o Campeonato do Mundo de 2011 : Sébastien Loeb/Daniel Elena e Sébastien Ogier/Julien Ingrassia.

Mais do que as palavras aqui ficam as fotos.

citroends32

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

francalogo10O Rali de França, que vai para a estrada no próximo fim-de-semana, mudou-se este ano de armas e bagagens da Córsega para a região da Alsácia, apresentando uma prova totalmente nova no Mundial de Ralis.

A maior concindência desta situação está no facto de Sebastien Loeb ser originário desta região, chegando o francês a este rali com a possibilidade e arrecadar o sétimo título mundial à porta de casa.

Para tal suceder basta a Loeb ganhar apenas 7 pontos a Sebastien Ogier, mas face ao domínio que tem demonstrado nas provas de asfalto é bem provável que o francês junte uma vitória à conquista do título.

Destaque ainda a presença de Armindo Araújo, Nuno Barroso Pereira (que nesta prova será navegado por Luís Ramalho) e de Bernardo Sousa que irão integrar as competições de suporte (PWRC e SWRC).

Mais informações do Rali de França estão disponíveis no site oficial da prova.

arauhofrancaArmindo Araújo e Miguel Ramalho vão estar presentes no Rali de França, para disputar a penúltima prova do PWRC 2010, uma prova que poderá ser decisiva na atribuição do título deste ano nesta competição.

Por isso, a dupla portuguesa está fortemente motivada para conseguir um bom resultado, apesar de ser uma prova desconhecida (para todos os pilotos) sendo o grande objectivo repetir o triunfo alcançado na Alemanha.

"Tal como na Alemanha vamos imprimir um ritmo forte de princípio a fim. Sabemos que o rali vai ser longo e duro mas uma vitória em França permite-nos chegar à última prova com uma margem na liderança muito importante. O nosso objectivo é revalidar o título e por isso vamos lutar nesse sentido", começa por dizer o piloto tirsense.

Disputado numa região onde as condições meteorológicas estão nesta altura instáveis, a dupla portuguesa tem consciência que as estratégias delineadas à partida poderão sofrer rápidas alterações. "Preparamo-nos para todos os cenários possíveis, testamos em pisos molhados e o Mitsubishi Lancer Evo X deixou óptimas indicações. Estamos confiantes mas também sabemos que nessas circunstâncias precisamos sempre de uma ponta de sorte", disse ainda o piloto apoiado pela Galp, TMN, MCA, Lusitania Seguros e Mitsubishi Motors.

O Rali de França disputa-se entre sexta-feira e domingo, de 1 a 3 de Outubro, sendo Estrasburgo a cidade escolhida para o centro operacional de toda a caravana do WRC. A equipa portuguesa terá pela frente 351,80 quilómetros cronometrados, divididos por 20 provas especiais, num total de três etapas.

irccalend10O Eurosport Events deu a conhecer o calendário de provas para o IRC de 2011, competição que começa com o Rali de Monte Carlo e que apresenta dois novos países (França e Hungria), num total de 12 eventos.

Composto por os tais 12 eventos, o calendário do IRC inclui como novidades o Rali de los Alerces (Argentina), o Rali da Córsega e o Mecsek Rali (prova mista asfalto / terra) na Hungria.

Para além destas novas provas, o calendário do IRC apresenta ainda as duas provas portugueses (Açores e Madeira), sendo as mesmas disputadas em Julho e Agosto, tal como este ano.

Trata-se de um longo e dispendioso calendário para 2011, numa altura em que pouco se sabe dos projectos que as diversas equipas que disputam esta competição têm para o próximo ano.

CALENDÁRIO IRC 2011
01 19-22 Janeiro (Mónaco): Rallye Monte-Carlo (Asfalto) 
02 04-06 Março (Argentina): Rally de los Alerces (Terra) 
03 14-16 Abril (Espanha): Rally Islas Canarias Trofeo El Corte Ingles (Asfalto) 
04 06-08 Maio (França): Tour de Corse (Asfalto) 
05 23-25 Junho (Bélgica): Geko Ypres Rally (Asfalto) 
06 14-16 Julho (Portugal): Sata Rallye Acores (Terra) 
07 04-06 Agosto (Portugal): Rali Vinho Madeira (Asfalto) 
08 26-28 Agosto (Republica Checa): Barum Czech Rally Zlin (Asfalto) 
09 09-11 Setembro (Hungria): Mecsek Rallye (Asfalto/Terra) 
10 22-24 Setembro (Itália): Rallye Sanremo (Asfalto) 
11 14-16 Outubro (Escócia): RACMSA Rally of Scotland (Terra) 
12 03-05 Novembro (Chipre): Cyprus Rally (Terra)

portuhhistlogo10Já está disponível a lista do Rali de Portugal Histórico, prova que irá para a estrada de 11 a 16 de Outubro, numa organização do ACP.

Ao todo são 111 inscritos, de diversas nacionalidades que irão percorrer em diversos sectores selectivos grande parte do país.

Aqui fica a lista de inscritos.

 

 

 

portuhhistinsc10