faceralis

 

posvendaclick

Mundial

loebfranca110

A competir em casa, Sébastien Loeb está a dominar o Rally de França, tendo sido mais rápido em cinco dos oito troços disputados no primeiro dia.

Daniel Sordo teve um inicio de prova com algumas cautelas pois, os troços encontravam-se muito escorregadios. Na penúltima especial do dia, o espanhol atacou forte e venceu o troço, subindo a segundo da geral e terminou a etapa a 22,7s do seu colega de equipa.

Sébastien Ogier andou envolvido numa boa luta com Petter Solberg mas, o francês acabaria por ser surpreendido por Sordo, acabando o primeiro dia em 3º a 2,9s do espanhol.

Jari-Matti Latvala está a aproveitar a muita lama que se encontra no asfalto pois, foi nas partes sinuosas e sujas em que conseguiu não perder muito tempo para os Citröen. Latvala venceu dois troços à geral e ainda conseguiu "roubar" a quarta posição a Petter Solberg, no decorrer da última especial do dia.

Mikko Hirvonen já está muito longe dos pilotos que seguem à sua frente, estando a ser novamente batido pelo seu colega de equipa mas, no entanto, só tem Räikkönen atrás de si com uma distância considerável.

Os Skoda estão a dominar o SWRC, sendo para já, o jovem norueguês Eyvind Brynildsen, o primeiro da classe, na frente de Sandell e Kosciuszko. Alguns Ford tiveram problemas, incluindo Bernardo Sousa e Prokop efectuou a etapa sem direcção assistida.

No PWRC, Armindo Araújo passou para liderança após Paddon ter furado um dos pneus do Mitsubishi, tendo agora o português 1 minuto de vantagem sobre Anders Grondal.

LÍDERES DO RALI:
Sebastien Loeb (Pec 1 a 8)
VENCEDORES DE TROÇOS:
Sebastien Loeb (5); Jari Matti Latvala (2); Daniel Sordo (1)

CLASSIFICAÇÃO 1ºDIA (link)
1º Sebastien Loeb – Citroen C4 WRC 1h18m27,8s
2º Daniel Sordo – Citroen C4 WRC a 22m7s
3º Sebastien Ogier – Citroen C4 WRC a 25,6s
4º Jari Matti Latvala – Ford Focus WRC a 41,8s
5º Petter Solberg – Citroen C4 WRC a 45,8s
6º Mikko Hirvonen – Ford Focus WRC a 1m50,8s
7º Kimi Raikkonen – Citroen C4 WRC a 3m27,4s
8º Frederico Villagra – Ford Focus WRC a 5m34,6s
9º Mathew Wilson – Ford Focus WRC a 5m58,1s
10º Ken Block – Ford Focus WRC a 7m01,4s
...
19ª Armindo Araújo – Mitsubishi Lancer Evo X a 9m37,5s
53º Bernardo Sousa – Ford Fiesta S2000 a 24m55,6s
57º Nuno Barroso Pereira – Subaru Impreza WRX a 32m18,1s

Colaboração Ricardo Nascimento

baum10Raimund Baumshlager voltou a vencer pela sexta vez consecutiva o campeonato austríaco, sendo já campeão pelo segundo ano consecutivo, depois de novo título em 2010. Baumshlager liderou o Rallye Steiermark desde o início até ao fim mas, acabaria por ter apenas uma magra vantagem de 1,8s no final.

A grande oposição veio por parte de Beppo Harrach pois, nos pisos em que se encontravam extremamente escorregadios e embora tenha beneficiado de um pequeno azar do campeão, Harrach foi quem venceu mais troços e por muito pouco não venceu.

Andreas Waldherr terminou em terceiro mas, o seu Volkswagen Polo S2000 parece já não ter argumentos para algumas viaturas de produção pois, ficou algo distante de Harrach.

Manfred Stohl teve uma forte saída de estrada e acabou por provocar ferimentos na sua navegadora, Ilka Minor que acabou por fracturar uma costela. Devido ao infeliz acidente, Henning Solberg viu-se obrigado a convidar Stephane Prevot para ditar as suas notas, no Rally de França.

LÍDERES DO RALLY:
Raimund Baumshlager (SS1 a 13)
VENCEDORES DE TROÇOS:
Raimund Baumshlager (5); Beppo Harrach (7)

37º ARBÖ RALLYE STEIERMARK
1º Raimund Baumschlager/Thomas Zeltner (A) Skoda Fabia S2000 1h23m12,0s
2º Beppo Harrach/Andreas Schindelbacher (A) Mitsubishi Lancer Evo IX +1,8s
3º Andreas Waldherr/Bernhard Ettel (A) Volkswagen Polo 5 S2000-R +1m03.8s
4º Mario Saibel/Ursula Mayrhofer (A) Mitsubishi Lancer Evo X +2m30,2s
5º Franz Sonnleitner/Peter Müller (A) Mitsubishi Lancer Evo IX +4m09,5s
6º Walter Kovar/Stephan Hofbauer (A) Mitsubishi Lancer Evo IX +5m11,9s
7º Gerwald Grössing/Barbara Watzl (A) Mitsubishi Lancer Evo IX +5m37,6s
8º Hannes Danzinger/Pia Maria Schirnhofer (A) Ford Fiesta R2 +6m04,9s (1º A6)
9º Attila Rongits/Zsolt Toth (H) Mitsubishi Lancer Evo IX +6m07,7s
10º Alexander Tazreiter/Elke Aigner (A) Mitsubishi Lancer Evo IX +6m07,8s

PONTUAÇÃO DO CAMPEONATO
1º Baumschlager 120, 2º Waldherr 77, 3º Saibel 72, 4º Harrach 71, 5º Grössing 50, 6º Stohl 34.

 

videosapr10Bem se poderá dizer que o Mundial de Ralis de 2011 começou hoje em Paris, com a apresentação dos três WRC com motor 1.6 Turbo da Ford, Citroen e Mini.

Ao longo do dia foram sendo apresentados diversos videos sobre estes três carros, que nos permitem perceber um pouco mais sobre os mesmos.

Aqui ficam os videos.

 

 

 

 

 

 

 

salofin10Ott Tänak foi o primeiro líder do Rali Finnsco na Finlândia, com o Ford Fiesta S2000 de Marko Kakko mas, viria a ter uma saída de estrada num troço que acabaria por ser cancelado devido a um acidente. A organização acabou por penalizar o jovem estónio em 10 minutos e este, preferiu nem terminar o primeiro dia de prova.

Com Tänak de fora, Juha Salo passou para a liderança e venceu pela segunda vez esta temporada em que foi campeão. Salo foi mais rápido em 10 troços e terminou com uma vantagem muito confortável sobre o segundo classificado.

Jarkko Miettinen perdeu uma das rodas dianteiras do Skoda e Joonas Lindros furou um dos pneus no penúltimo troço, permitindo que Kosti Katajamäki terminasse na segunda posição, na sua prova de despedida.

Ari Vihavainen venceu um troço e com os azares de Miettinen e Lindroos, acabou por terminar no último lugar do pódio a 10,2s de Katajmäki.

LÍDERES DO RALLY:
Ott Tänak (SS1 a 5); Juha Salo (SS6 a 16)
VENCEDORES DE TROÇOS:
Ott Tänak (4); Juha Salo (10); Jarkko Miettinen (1); Ari Vihavainen (1)

FINNSCO RALLI
1º Juha Salo/Tomi Tuominen (FIN) Mitsubishi Lancer Evo X 1h45m23,4s
2º Kosti Katajamäki/Marko Sallinen (FIN) Mitsubishi Lancer Evo X +2m35,1s
3º Ari Vihavainen/Antti Piira (FIN) Mitsubishi Lancer Evo X +2m45,3s
4º Tommi Luostarinen/Risto Pietiläinen (FIN) Mitsubishi Lancer Evo IX +4m10,1s
5º Joonas Lindroos/Jouni Lampinen (FIN) Subaru Impreza WRX STI +4m21,1s
6º Jani Salomaa/Toni Näsman (FIN) Subaru Impreza WRX STI +5m41,9s
7º Mattias Therman/Jarno Ottman (FIN) Mitsubishi Lancer Evo X +5m53,5s
8º Radik Szajmijew/Maksim Cwietkow (RUS) Peugeot 207 S2000 +9m58,3s
9º Kees Burger/Miika Teiskonen (NL/FIN) Subaru Impreza WRX STI +10m21,9s
10º Jouni Virtanen/Teemu Arminen (FIN) Subaru Impreza WRX STI +13m25,4s

PONTUAÇÃO FINAL DO CAMPEONATO1º Salo 119, 2º Katajamäki 78, 3º Lindroos 70, 4º Miettinen 60, 5º Vihavainen 59, 6º Kakko 38, 7º Luostarinen 35, 8º Nikko 29, 9º Sohlberg 27, 10º Tahko 22.

Colaboração Ricardo Nascimento

nunoluis10Nuno Barroso Pereira vai disputar a sua terceira prova no PWRC esta temporada, desta feita o Rali de França, que começa já amanhã.

Para além da novidade que é a prova, para Barroso Pereira existe outra novidade, pois será Luís Ramalho a sentar-se a seu lado nesta prova.

“A vontade de fazer ralis com o Luís já vem de algum tempo. Na impossibilidade de contar com o contributo do Pedro Conde para esta prova, fiz o convite ao Luís a que ele prontamente acedeu”, disse Barroso Pereira.

Por sua vez, Luis Ramalho afirmou que ”é uma experiência nova, uma vez que é a primeira prova do Campeonato do Mundo que faço fora de Portugal. Vai ser engraçado ser "adversário", no mundial, do meu irmão Miguel. Quanto ao Nuno é um amigo que aprendi a respeitar enquanto homem e desportista. Também por isso, não poderia recusar este convite”.

Quanto à prova em si, Barroso Pereira diz-se entusiasmado com as estradas embora apreensivo com a instabilidade climatérica.“Gosto particularmente dos troços deste rali, que são muito mais rápidos do que julgávamos. Para um bom resultado, considerando que a nossa concorrência em termos de P-WRC é feroz, é fundamental conseguirmos um bom acerto para o carro. Sem isso é impossível realizar bons tempos, pois como já referi os troços são rápidos e sem margem para erro. Estamos também preocupados com a instabilidade climatérica, este chove não chove complica em muito a tarefa da escolha de pneus. Penso que em termos de classificação, não só para o PWRC como em termos absolutos, quem conseguir uma boa afinação e «acertar» na escolha de pneus, tem meio caminho andado para um bom lugar. Excelente tem sido a adaptação ao Luís (Ramalho), sendo a nossa primeira prova juntos parece que formamos equipa desde sempre. Sem duvida um grande profissional”.

RALIS ONLINE TV

RALIS ONLINE TV 2