faceralis

 

posvendaclick

Mundial

armind2fran10Armindo Araújo continua a liderar o PWRC no Rali de França, estando a fazer um excelente rali. Bernardo Sousa conseguiu alguns registos de relevo no SWRC, mas apenas subiu um lugar, estando na 7ª posição.

"Este rali está a revelar-se muito difícil pois as especiais apresentam-se muito escorregadias devido à imensa lama que fica após as passagens dos carros. Estamos a fazer uma óptima prova e hoje conseguimos, graças ao ritmo forte que impusemos, alargar a margem para o adversário directo na luta pela vitória. O carro está perfeito e a dar mostras que é muito competitivo", começou por dizer Armindo Araújo.

"Nunca se sabe quando podemos ser vítimas de um furo ou de qualquer outro problema mecânico e por isso temos que pensar exclusivamente em terminar o rali para depois fazermos as nossas contas. Temos mais de metade do objectivo cumprido, as condições são muito favoráveis mas só amanhã teremos a certeza se venceremos", disse Armindo Araújo na chegada à assistência instalada em Estrasburgo, onde marcaram presença um grande grupo de emigrantes portugueses que não quiseram deixar de mostrar o seu apoio ao compatriota.

"Muito satisfeito", foram estas as primeiras palavras de Bernardo Sousa e Nuno Rodrigues da Silva, no final do segundo dia do Rali do França. "Hoje senti-me mais confiante, além disso senti mais seguro no acerto das afinações do carro. De ontem para hoje, fomos sempre alterando sucessivamente o set-up e o resultado foi francamente positivo", começava por adiantar o piloto madeirense. De qualquer forma, as especiais de piso de asfalto muito liso complicam, mais ainda quando as mesmas se encontrando nalgumas zonas completamente sujas devido à passagem dos pilotos da frente, impossibilitando um andamento mais forte por parte do piloto do Ford Fiesta S2000. "Esse tem sido também um problema para nós. É um rali muito complicado. Rápido e ao mesmo tempo alternando com zonas mais lentas. Aí os pilotos defendem-se mais, passando por dentro o que faz levantar terra para o asfalto. Curiosamente, numa dessas zonas não escapei de fazer um peão, o que me fez perder preciosos segundos, adiantava o actual comandante do Campeonato de Portugal de Ralis que tripula brilhantemente o Ford Fiesta 2000.

"Para amanhã a toada será a mesma de hoje, sabendo de antemão que dificilmente poderemos alcançar a sexta posição. Estamos longe e os troços marcados para a derradeira jornada são muito curtos, por isso não vamos arriscar em demasia sob pena de deitarmos tudo a perder", rematou Bernardo Sousa.

olhosloeb10

Sébastien Loeb só venceu dois troços no segundo dia mas, evitou problemas e ainda conseguiu aumentar a vantagem na liderança, faltando muito pouco para se sagrar campeão.

Daniel Sordo foi mais rápido em dois troços mas, no entanto, deixou o motor calar-se na partida da segunda especial do dia, estando já a mais de 40 segundos de Loeb.

Sébastien Ogier teve um bom inicio de etapa mas, deixou o C4 sair ligeiramente de estrada, dando um pequeno toque de frente numa árvore. Na sequência do toque, a suspensão do Citröen viria a ceder no troço seguinte e Ogier foi obrigado a parar por hoje, partindo amanhã na sexta posição a mais de 11 minutos de Loeb.

Petter Solberg passou para a frente de Latvala no inicio do dia e beneficiando dos problemas de Ogier, o norueguês subiu à terceira posição mas, no entanto, ainda não conseguiu distanciar-se muito do finlandês da Ford que apesar de ter efectuado um pião na última especial, disse que vai atacar amanhã.

Embora tenha efectuado alguns tempos de registo, Hirvonen voltou a perder terreno para os mais rápidos mas, quanto a Räikkönen, conseguiu sair de estrada duas vezes no mesmo dia.

Henning Solberg continua a ser o melhor entre as viaturas S2000 mas, no swrc, Patrik Sandell ultrapassou Brynildsen na classificação, no decorrer da última especial do dia. Sousa conseguiu terminar a etapa e subiu para sétimo do swrc.

Armindo Araújo já se encontra na décima sétima posição da geral e continua no comando do pwrc, com uma vantagem superior a 2 minutos, sobre Ott Tänak e com mais de 3 minutos para Anders Grondal.

LÍDERES DO RALI:
Sebastien Loeb (Pec 1 a 16)
VENCEDORES DE TROÇOS:
Sebastien Loeb (7); Jari Matti Latvala (3); Daniel Sordo (3); Sebastien Ogier (1); Petter Solberg (1)

CLASSIFICAÇÃO FINAL (link)
1º Sebastien Loeb – Citroen C4 WRC 2h46m39,2s
2º Daniel Sordo – Citroen C4 WRC a 42,8s
3º Petter Solberg – Citroen C4 WRC a 1m14,2s
4º Jari Matti Latvala – Ford Focus WRC a 1m34,2s
5º Mikko Hirvonen – Ford Focus WRC a 3m23,5s
6º Sebastien Ogier – Citroen C4 WRC a 11m14,1s
7º Frederico Villagra – Ford Focus WRC a 13m27,0s
8º Mathew Wilson – Ford Focus WRC a 13m29,9s
9º Hening Solberg – Ford Fiesta S2000 a 14m57,8s
10º Patrick Sandell – Skoda Fabia S2000 a 15m38,4s
...
17ª Armindo Araújo – Mitsubishi Lancer Evo X a 20m09,1s
33º Bernardo Sousa – Ford Fiesta S2000 a 33m48,1s
Nuno Barroso Pereira – Subaru Impreza WRX Abandonou

Colaboração Ricardo Nascimento

valousekO Rally Pribram, a derradeira prova na República Checa, serviu para encontrar um novo campeão neste campeonato que é sempre muito competitivo.

Jaromir Tarabus rodou a maior parte da prova em terceiro mas, com a chuva no segundo dia, o piloto do Ford acertou sempre na escolhas de pneus e acabou por vencer o seu primeiro rally do campeonato com apenas 0,9s de vantagem.

Pavel Valousek Jr. dominou desde o inicio mas, viria a ser surpreendido na derradeira especial por Tarabus e teve de contentar-se com o segundo lugar da geral. No entanto, esta posição serviu perfeitamente para se sagrar campeão checo pela primeira vez com a equipa do pai de Jan Kopecký.

Vaclav Pech Jr. bem tentou lutar contra os mais leves S2000 mas, não conseguiria melhor do que a terceira posição no rally e a segunda no campeonato.

Roman Kresta apresentou-se à partida com o Lancer EVO IX mas, não passou da quarta especial pois, acabaria por desistir com problemas de transmissão e perdeu o terceiro lugar do campeonato, com a inesperada vitória de Jaromir Tarabus.

LÍDERES DO RALLY:
Pavel Valousek Jr. (SS1 a 15); Jaromir Tarabus (SS16)
VENCEDORES DE TROÇOS:
Pavel Valousek Jr. (6); Vaclav Pech Jr. (2); Jaromir Tarabus (8)

32º HERKUL RALLY PRIBRAM
1º Jaromir Tarabus/Daniel Trunkat (CZ) Ford Fiesta S2000 1h36m04,5s
2º Pavel Valousek Jr./Zdenek Hruza (CZ) Skoda Fabia S2000 +0,9s
3º Vaclav Pech Jr./Petr Uhel (CZ) Mitsubishi Lancer Evo IX +40,2s
4º Josef Petak/Alena Benesova (CZ) Peugeot 207 S2000 +2m56,5s
5º Emil Triner/Katerina Achsova (CZ) Subaru Impreza WRX STi +3m49,2s
6º Vaclav Arazim/Julius Gal (CZ) Mitsubishi Lancer Evo IX +4m57,1s
7º Jan Sykora/Milos Hulka (CZ) Mitsubishi Lancer Evo IX +5m19,6s
8º Vojtech Stajf/Marcela Ehlova (CZ) Subaru Impreza WRX STI +5m52,4s
9º Petr Brynda/Stepan Palivec (CZ) Renault Clio R3 +7m10,5s
10º Daniel Landa/Jaroslav Novak (CZ) Mitsubishi Lancer Evo IX +7m39,6s
PONTUAÇÃO FINAL DO CAMPEONATO CHECO
1º Valousek 241, 2º Pech 209, 3º Tarabus 148, 4º Kresta 142, 5º Petak 63, 6º Arazim 56.

Colaboração Ricardo Nascimento

 

bernardiofran10Armindo Araújo terminou a primeira etapa do Rali de França na liderança do PWRC, cumprindo assim um terço do objectivo traçado para a penúltima prova do calendário.

O Campeão do Mundo sentiu algumas dificuldades nas primeiras especiais devido à afinação escolhida para a parte da manhã, mas na quarta classificativa saltou para o comando e a partir dai conseguiu construir uma interessante vantagem de 59,2 segundos sobre o segundo classificado, no caso, Anders Grondal.

"Foi uma etapa extremamente difícil pois os pisos estavam mais secos que o previsto e não fomos felizes no 'set-up' que escolhemos para a primeira ronda pelas especiais. Alteramos o carro para a segunda metade, conseguimos ser bastante mais rápidos e lideramos da forma que pretendíamos. Foi um final de etapa muito positivo pois o nosso adversário na luta pelo título atrasou-se bastante", disse Armindo Araújo.

armindfran10Com Hayden Paddon já muito distante dos primeiros lugares, o piloto tirsense promete contudo não mudar muito de estratégia. "Em termos de campeonato este cenário é muito favorável mas falta muito rali e nada está ganho. Vamos continuar a impor um ritmo que nos permita manter a primeira posição mas obviamente que o facto de o (Hayden) Paddon estar no décimo lugar permite-nos ter uma margem de segurança maior. As condições climatéricas estão muito instáveis e temos de manter a concentração a um nível muito elevado", disse Armindo Araújo.

Bernardo Sousa e Nuno Rodrigues da Silva, do Team Ford Quinta do Lorde estão na oitava posição entre os concorrentes que disputam o S-WRC no Rali de França. "Posso dizer que foi um inicio de rali de altos e baixos", explicando melhor: "Tal como os restantes pilotos desta categoria, preparamos o set-up do carro para a eventualidade de estar muita chuva, mas a verdade é que, hoje, as condições climatéricas não estavam tão adversas quanto os testes que efectuamos durante a semana. Ainda assim, optamos por decidir manter as afinações nas primeiras quatro especiais não fizemos os tempos dos pilotos da frente, fruto também do piso escorragadio e asfalto sujo e também da altura do carro que tinha".

Durante a assistência e com o piso a ficar seco o Team Ford Quinta do Lorde entendeu alterar o set-up. "Fizemo-lo com base nas indicações que tínhamos. As alterações resultaram, sendo notório o ganho em quase um segundo nas nossas segundas passagens", revelava o piloto do Ford Fiesta S2000.

De todo o modo, o azar viria a bater à porta da dupla portuguesa. "Numa curva rápida, na sétima especial, demos um toque com a roda traseira danificando a mesma não podendo terminar esta primeira etapa".
E amanhã? "Vamos entrar e fazer o Super Rally. Nesta fase do campeonato do S-WRC não temos nada a ganhar, mas também não temos nada a perder. A estratégia para amanhã será como todos os ralis que temos vindo a fazer: fazer o nosso melhor, tentando sempre com responsabilidade elevar ao máximo aqueles que apostaram em nós, divulgando o melhor possível o nome de Portugal. O resto vem por acréscimo".

loebfranca110

A competir em casa, Sébastien Loeb está a dominar o Rally de França, tendo sido mais rápido em cinco dos oito troços disputados no primeiro dia.

Daniel Sordo teve um inicio de prova com algumas cautelas pois, os troços encontravam-se muito escorregadios. Na penúltima especial do dia, o espanhol atacou forte e venceu o troço, subindo a segundo da geral e terminou a etapa a 22,7s do seu colega de equipa.

Sébastien Ogier andou envolvido numa boa luta com Petter Solberg mas, o francês acabaria por ser surpreendido por Sordo, acabando o primeiro dia em 3º a 2,9s do espanhol.

Jari-Matti Latvala está a aproveitar a muita lama que se encontra no asfalto pois, foi nas partes sinuosas e sujas em que conseguiu não perder muito tempo para os Citröen. Latvala venceu dois troços à geral e ainda conseguiu "roubar" a quarta posição a Petter Solberg, no decorrer da última especial do dia.

Mikko Hirvonen já está muito longe dos pilotos que seguem à sua frente, estando a ser novamente batido pelo seu colega de equipa mas, no entanto, só tem Räikkönen atrás de si com uma distância considerável.

Os Skoda estão a dominar o SWRC, sendo para já, o jovem norueguês Eyvind Brynildsen, o primeiro da classe, na frente de Sandell e Kosciuszko. Alguns Ford tiveram problemas, incluindo Bernardo Sousa e Prokop efectuou a etapa sem direcção assistida.

No PWRC, Armindo Araújo passou para liderança após Paddon ter furado um dos pneus do Mitsubishi, tendo agora o português 1 minuto de vantagem sobre Anders Grondal.

LÍDERES DO RALI:
Sebastien Loeb (Pec 1 a 8)
VENCEDORES DE TROÇOS:
Sebastien Loeb (5); Jari Matti Latvala (2); Daniel Sordo (1)

CLASSIFICAÇÃO 1ºDIA (link)
1º Sebastien Loeb – Citroen C4 WRC 1h18m27,8s
2º Daniel Sordo – Citroen C4 WRC a 22m7s
3º Sebastien Ogier – Citroen C4 WRC a 25,6s
4º Jari Matti Latvala – Ford Focus WRC a 41,8s
5º Petter Solberg – Citroen C4 WRC a 45,8s
6º Mikko Hirvonen – Ford Focus WRC a 1m50,8s
7º Kimi Raikkonen – Citroen C4 WRC a 3m27,4s
8º Frederico Villagra – Ford Focus WRC a 5m34,6s
9º Mathew Wilson – Ford Focus WRC a 5m58,1s
10º Ken Block – Ford Focus WRC a 7m01,4s
...
19ª Armindo Araújo – Mitsubishi Lancer Evo X a 9m37,5s
53º Bernardo Sousa – Ford Fiesta S2000 a 24m55,6s
57º Nuno Barroso Pereira – Subaru Impreza WRX a 32m18,1s

Colaboração Ricardo Nascimento

RALIS ONLINE TV

RALIS ONLINE TV 2