faceralis

 

usados

Mundial

wrcacade10Com o fim do JWRC em 2010, a FIA em conjunto com a Nort One Sport, criaram a WRC Academy que será o primeiro passo dos pilotos mais jovens para o inicio de uma carreira WRC.

Baseado no JWRC de onde saíram pilotos como Sébastien Loeb, Daniel Sordo e Sébastien Ogier, sem esquecer o Kris Meeke, Guy Wilks e PG Andersson, o WRC Academy vai ser uma competição um pouco diferente pois, será tipo troféu mono-marca com custos muito baixos.

O carro escolhido para a competição, foi o Ford Fiesta R2 que serão preparados de igual modo pela M-Sport, estando equipados com pneus idênticos pois, a Pirelli Star Driver, também estará inserida nesta competição, em vez de utilizar os mais dispendiosos Mitsubishi, e como tal, será o fornecedor de pneus do WRC Academy.

As provas do campeonato ainda não foram mencionadas mas, será composto por 6 eventos do calendário WRC 2011 e terão uma classificação à parte e respectiva pontuação. Cada temporada terá um custo aproximado de 135.000€ mas, os pilotos terão de desembolsar todas as deslocações, estadias, carro para reconhecimentos e ainda poderão ter custos de reparação, em caso de acidente.

Os pilotos com idades entre os 17 e os 25 anos, que poderão fazer parte desta competição, terão de passar por um programa de treino, para maximizar o seu potencial em todos os aspectos numa competição FIA, cujo vencedor terá um prémio de 500.000€ no final da temporada.

Nos últimos dias em Espanha, foram já encontrados os 6 pilotos para tripular os Ford Fiesta R2 do Pirelli Star Driver que estão igualmente incluídos no WRC Academy. Os 16 pilotos provenientes de África, Ásia-Pacifico, América Latina, Europa e Médio Oriente, foram avaliados por um grupo de juízes composto por Mario Isola (Pirelli Rally Manager), Guido Rancati (Jornalista de rally) e a ex-piloto Michele Mouton.

Após uma prova teste em pisos de gravilha e asfalto, os 6 pilotos escolhidos foram: Frederik Ählin da Suécia (19 anos); Craig Breen da Irlanda (20 anos); Jan Cerný da República Checa (20 anos); Andrea Crugnola da Itália (21 anos); Brendan Reeves da Austrália (22 anos) e a jovem australiana Molly Taylor (22 anos).

Colaboração Ricardo Nascimento

leb3diespa10Como previsto, pouco ou nada mudou nos lugares pontuáveis na penúltima ronda do mundial 2010, o Rali de Espanha, estando apenas como foco de interesse, quem iria obter o título jwrc.

Sébastien Loeb não venceu nenhum troço no derradeiro dia mas, também apenas necessitou de controlar a boa vantagem que tinha sobre o segundo classificado, para obter a sétima vitória da temporada.

Petter Solberg não conseguiu a vitória que tanto ambicionava mas, no entanto, segurou a segunda posição no rally pois, Daniel Sordo voltou a atacar muito forte, sendo mesmo o piloto mais rápido do dia mas, acabou por ficar a 5,8s do norueguês.

Jari-Matti Latvala (4º) e Mikko Hirvonen (5º), limitaram-se a levar os dois Ford oficiais até ao final em mais uma prova de asfalto, onde continuam a não ter argumentos para derrotar os carros franceses neste tipo de piso.

Matthew Wilson voltou a ser o mais rápido dos outros, ao terminar em 6º na frente de Al-Qassimi que acabou por passar à frente de Henning Solberg mas, com uma diferença final de apenas 5,5s.

Ken Block conseguiu finalmente obter os primeiros pontos no wrc e Sébastien Ogier conseguiu entrar no "top 10", num rally que acabou por ser desastroso para a Citroën Júnior.

Hans Weijs Jr. conseguiu passar para a liderança do jwrc, após Lemes ter furado no primeiro troço do dia mas, o holandês perdeu mais de 12 minutos na penúltima especial e viu o sonho de se tornar campeão ir por água abaixo pois, o terceiro lugar final não servia para bater os sete pontos que tinha de desvantagem para o seu adversário alemão.

Aaron Burkart regressou no último dia com o sistema super-rally e classificou-se na quarta posição, conseguindo ser o último campeão no jwrc que tanto ambicionava pois, esta competição termina este ano.

LÍDERES DO RALLY:
Sébastien Loeb (SS1 a 16)
VENCEDORES DE TROÇOS:
Sébastien Loeb (7); Petter Solberg (4); Sébastien Ogier (1); Daniel Sordo (4)

CLASSIFICAÇÃO 1ºDIA (link)
1º Sebastien Loeb – Citroen C4 WRC 3h32m59,7s
2º Petter Solberg – Citroen C4 WRC a 35,3s
3º Daniel Sordo – Citroen C4 WRC a 41,1s
4º Jari Matti Latvala – Ford Focus WRC a 1m19,5s
5º Mikko Hirvonen – Ford Focus WRC a 6m32,9s
6º Mathew Wilson – Ford Focus WRC a 8m17,6s
8º K, Al Qassimi – Ford Focus WRC a 13m05,7s
8º Henning Solberg – Ford Fiesta S2000 a 13m11,2s
9º Ken Block – Ford Focus WRC a 16m01,2s
10º Sebastien Ogier – Citroem C4 WRC a 17m41,1s

PILOTO DO RALI
Sebastien Loeb
MOMENTO DO RALI
Dominio total de Lobe na 2ª etapa
MENOS DO RALI
Ausência de luta pela vitória

CLASSIFICAÇÃO MUNDIAL DE PILOTOS
1º Sébastien Loeb (251)
2º Sébastien Ogier (167)
3º Jari-Matti Latvala (156)
4º Petter Solberg (151)
5º Daniel Sordo (140)
6º Mikko Hirvonen (114)
...
24º Armindo Araújo (1)

CLASSIFICAÇÃO JWRC
1º Aaron Burkart (80)
2º Hans Weijs Jr. (76)
3º Todor Slavov (59)
4º Karl Kruuda (51)
5º Kevin Abbring Jr. (46)
6º Yeray Lemes (45)

Colaboração Ricardo Nascimento

leobespa10

O Rally da Catalunha foi hoje para a estrada pelo 19º ano consecutivo no calendário do wrc, onde o seu figurino regressou um pouco às edições o inicio dos anos 90 pois a prova espanhola voltou a ser em pisos mistos.

Talvez devido ao nevoeiro matinal que poderá ter humedecido os pisos de gravilha, Sébastien Loeb não perdeu tempo ao ser primeiro na estrada e até venceu o troço inaugural, tendo mesmo liderado durante todo o dia.

Ogier passou para a segunda posição na terceira especial e venceu a seguinte, permitindo-lhe secundar o campeão do mundo na classificação, com apenas 3,8s de desvantagem.

Jari-Matti Latvala está em boa forma e não perdeu muito terreno para os dois Citroën nos troços iniciais mas, nos dois últimos, o finlandês perdeu cerca de 10 segundos mas, manteve-se na terceira posição a 19,9s de Loeb.

Petter Solberg queixou-se de falta de tracção nas duas primeiras especiais mas, venceu as duas passagens em La Ribera d'Ebre e passou para a quarta posição da geral, estando a 2,5s de Latvala.

Mikko Hirvonen (5º) e Daniel Sordo (6º) ficaram uns furos abaixo daquilo que era esperado pois, se o finlandês confirmou mais uma vez estar com andamento inferior ao do seu companheiro de equipa, o espanhol era tido como um dos candidatos à vitória mas, no entanto, já se encontra a quase 1 minuto do líder.

Yeray Lemes dominou o primeiro dia no jwrc, sendo seguido pelos dois candidatos ao título, Hans Weijs Jr. (2º) e Aaron Burkart (3º).

Henning Solberg continua cada vez melhor ao volante do Fiesta S2000 pois, terminou o primeiro dia na 10ª posição da geral, na frente de Turan e Al-Qassimi com viaturas wrc.

LÍDERES DO RALI:
Sebastien Loeb (Pec 1 a 6)

VENCEDORES DE TROÇOS:
Sebastien Loeb (3); Petter Solberg (2); Sebastien Ogier (1)

CLASSIFICAÇÃO 1ºDIA (link)
1º Sebastien Loeb – Citroen C4 WRC 1h25m26,8s
2º Sebastien Ogier – Citroen C4 WRC a 3,8s
3º Jari Matti Latvala – Ford Focus WRC a 19,9s
4º Petter Solberg – Citroen C4 WRC a 22,4s
5º Mikko Hirvonen – Ford Focus WRC a 42,4
6º Daniel Sordo – Citroen C4 WRC a 54,7s
7º Mathew Wilson – Ford Focus WRC a 2m46,9s
8º Frederico Villagra – Ford Focus WRC a 3m21,2s
9º Ken Block – Ford Focus WRC a 3m42,8s
10º Henning Solberg – Ford Fiesta S2000 a 4m21,6s
Colaboração Ricardo Nascimento

loev2espaCom o segundo dia de prova a ser disputado totalmente em asfalto, os Citroën voltaram a superiorizar-se aos Ford, podendo estar praticamente tudo decidido para a derradeira etapa, no que diz respeito na luta pela vitória.

Sébastien Loeb venceu os troço matinais e ficou sem adversários na luta pela vitória pois, Ogier despistou-se no segundo troço do dia e perdeu mais de 10 minutos, terminando o dia apenas na 14ª posição.

Petter Solberg passou Latvala no primeiro troço do dia e depois aproveitou o erro de Ogier para se colocar na segunda posição mas, no entanto, já se encontra a 44,4s de Loeb.

Jari-Matti Latvala perdeu preciosos segundos esta manhã, devido a uma péssima afinação da suspensão no Ford Focus. Na parte da tarde, o finlandês melhorou os seus tempos mas, não evitou que Daniel Sordo o ultrapassasse na classificação pois, o espanhol foi um dos pilotos mais fortes na etapa ao subir de 6º para 3º da geral.

Mikko Hirvonen perdeu mais de 4 minutos com um tubo do turbo que se soltou e ainda penalizou mais 30 segundos com o sucedido, deixando que Matthew Wilson ficasse muito perto do finlandês.

Henning Solberg subiu para 8º da geral com o Fiesta e S2000 e Ken Block já se encontra nos lugares pontuáveis, atrás de Frygies Turán mas, Federico Villagra, abandonou hoje com problemas de sobreaquecimento no Focus.

Lemes continua a liderar no jwrc mas, Hans Weijs Jr. já está mais perto do piloto das Canárias pois, o holandês está à procura da vitória para obter o título. Burkart foi obrigado a abandonar quando perdeu uma roda à entrada de uma curva e saiu de estrada.

LÍDERES DO RALLY:
Sébastien Loeb (SS1 a 12)
VENCEDORES DE TROÇOS:
Sébastien Loeb (7); Petter Solberg (3); Sébastien Ogier (1); Daniel Sordo (1)

CLASSIFICAÇÃO 1ºDIA (link)
1º Sebastien Loeb – Citroen C4 WRC 2h40m01,9s
2º Petter Solberg – Citroen C4 WRC a 44,4s
3º Daniel Sordo – Citroen C4 WRC a 1m01,3s
4º Jari Matti Latvala – Ford Focus WRC a 1m11,4s
5º Mikko Hirvonen – Ford Focus WRC a 6m12,5s
6º Mathew Wilson – Ford Focus WRC a 6m28,3s
7º F. Turan – Peugeot 307 WRC a 7m48,6s
8º Henning Solberg – Ford Fiesta S2000 a 9m50,3s
9º K, Al Qassimi – Ford Focus WRC a 9m54,3s
10º Ken Block – Ford Focus WRC a 13m20,9s

Colaboração Ricardo Nascimento

logocata10A edição 2010 do Rali de Espanha - Catalunha, que vai para a estrada de 21 a 24 de Outubro, marca o regresso das provas do Mundial aos ralis mistos, isto é, com troços de terra e de asfalto ao longo dos três dias de competição.

Já no início da década de 90 o Rali da Catalunha possuía etapas em terra e em asfalto, o que volta a acontecer agora com o primeiro dia a incluir troços em terra, para no restante percurso de voltar aos pisos de asfalto das edições passados.

Por certo que a FIA não deixará de estar atenta a esta realidade, para depois a tentar promover (ou não) este tipo de provas para os próximos anos.

Desportivamente Sebastien Loeb será sempre o favorito, mas em Espanha, e com os títulos de pilotos e marcas já entregues, poderá ser o momento de Daniel Sordo.

Numa prova em que não existem pilotos portugueses, conheça no site oficial todas as informações sobre esta prova.