faceralis

 

posvendaclick

Mundial

Edit

Amount of short articles:

Amount of articles links:

You can order sections with dragging on list bellow:

  • Mundial
Guardar
Cancelar
Reset

ERC

Aloísio Monteiro estreia

Image - Aloísio Monteiro estreia

Se já não é novidade para ninguém o potencial do novo Skoda Fabia R5 Evo, a partir do próximo fim-de

Quarta, 14 Agosto 2019 Comente

Eventos

Fotos Alpine A110 Rally

Image - Fotos Alpine A110 Rally

Fotos: Oficiais Alpine / Frédéric LE FLOC'H/DPPI (Proíbida a reprodução de fotos sem indicação

Quinta, 5 Setembro 2019 Comente

Nacional

Fotos Rallye Südliche We

Image - Fotos Rallye Südliche We

Fotos: MARC HILGER (Proíbida a reprodução de fotos sem indicação da fonte)Evento: Rallye Südliche We

Segunda, 26 Fevereiro 2018 Comente

WRC

"Os pilotos do WRC são m

Image -

A Hyundai Motorsport revela filmagens do campeão de WTCR Gabriele Tarquini na sua primeira experiênc

Segunda, 15 Julho 2019 Comente

Mundial

ALPINEFotos: Oficiais Alpine / Frédéric LE FLOC'H/DPPI (Proíbida a reprodução de fotos sem indicação da fonte)
Evento: Apresentação Alpine A110 Rally
Data: Setembro 2019
Site: www.ralisonline.net

 

opelecorsaA Opel é o primeiro fabricante automóvel no mundo a criar um modelo elétrico a bateria para provas de rali. Trata-se de um automóvel baseado no Opel Corsa-e, que já está disponível para encomenda e tem estreia marcada para o Salão de Frankfurt (12 a 22 de setembro). Com o Corsa-e Rally, a Opel e o ADAC, o automóvel clube alemão, vão colocar na estrada, já em 2020, o ADAC Opel e-Rally Cup, aquela que é a primeiríssima competição de marca para automóveis elétricos.

Neste troféu, a Opel e o ADAC dão continuidade a uma parceria de sucesso. Nos anos mais recentes, o ADAC Opel Rally Cup serviu de trampolim a cerca de 100 jovens pilotos oriundos de 18 países. Os mais rápidos tiveram oportunidade de mostrar o seu talento a nível internacional integrando o ADAC Opel Junior Rally Team. Estes jovens venceram por quatro vezes consecutivas o Campeonato Europeu de Ralis na classe R2, nos anos de 2015 a 2018, ao volante dos Opel ADAM da equipa oficial da marca. Em 2020, o novo Corsa-e substitui o ADAM nas provas. O novo automóvel elétrico de competição debita 136 cv de potência e 260 Nm de binário imediato.

«O Corsa-e é o elétrico para todos, totalmente ajustado a uma utilização diária e completamente acessível, atributos que também se aplicam à competição automóvel. O novo Corsa é igualmente dinâmico e divertido de conduzir. Tomando o modelo de produção como base, somos o primeiro fabricante a desenvolver um carro de ralis elétrico», afirmou o CEO da Opel, Michael Lohscheller, na apresentação do novo automóvel, em vésperas do Rali da Alemanha.

O Presidente do ADAC Sport, Hermann Tomczyk, acrescentou: «O ADAC Opel e-Rally Cup vai trazer pela primeira vez a motorização elétrica ao desporto automóvel 'mainstream', sendo especialmente dedicado a jovens. O conceito inovador e a colaboração com o Groupe PSA abre novas possibilidades para nós, nomeadamente no apoio a jovens pilotos. Estou seguro de que o ADAC Opel e-Rally Cup mostrará a direção certa a seguir em matéria de desporto automóvel, muito para além das fronteiras da Alemanha.»

Numa fase inicial, o troféu será disputado nas provas do Campeonato Alemão de Ralis e noutros eventos selecionados. O início está agendado para o verão de 2020, numa série que será composta de pelo menos 10 provas, até 2021, dando forma a uma 'Super Época'. O apoio a jovens pilotos faz parte do conceito da competição, estando prevista uma nova edição do ADAC Opel Rally Academy, estabelecida em 2016, como um primeiro nível. No arranque, esta iniciativa de 'casting' cativou mais de mil jovens, permitindo a seleção dos participantes mais talentosos para disputarem o ADAC Opel Rally Cup. Este conceito bem sucedido terá continuação e alargar-se-á ao escalão internacional de topo do desporto automóvel.

Depois da participação nas provas da academia e do troféu ADAC Opel e-Rally Cup, os jovens pilotos que obtiverem as melhores classificações sobem de categoria para competir no Campeonato Europeu Junior de Ralis ao volante do novo Opel Corsa R2. A integração da Opel no Groupe PSA abre novas possibilidades a jovens pilotos talentosos: a marca-irmã Peugeot compete com máquinas potentes na categoria FIA R5 e a Citroën até na classe de topo WRC - excelentes oportunidades para chegar ao nível mais alto da competição internacional de ralis.

«A Opel tem, por tradição, ligações fortes com as provas de rali», relembrou Michael Lohscheller. «Podemos olhar para trás com orgulho e recordar numerosos sucessos, incluindo sete títulos de Campeão Europeu e o título mundial em 1982 com Walter Röhrl e Christian Geistdörfer. Agora avançamos com motorização elétrica e o público vai ficar admirado com a 'performance' do nosso novo carro do troféu.»

O desenvolvimento do novo Opel Corsa-e Rally prossegue a bom ritmo na sede da Opel em Rüsselsheim, Alemanha. O preço de venda estabelecido pela Opel Motorsport situar-se-á bastante abaixo de 50.000 euros.

Opel Corsa-e Rally - Principais características técnicas

Motor elétrico

Síncrono

Potência

100 kW (136 cv)

Binário

260 Nm

Bateria

Iões de lítio, 50 kWh

Transmissão

Tração às rodas dianteiras, com diferencial Torsen

Suspensão

McPherson à frente; molas e amortecedores de competição

Rodas

Jantes 7x17; ET20

Direção

Assistência elétrica

Travões

Pinças de quatro pistões; discos ventilados, 232x28 mm à frente, 264x12 mm atrás;

Sistema de travagem com recuperação de energia;

Pressão hidráulica de travagem ajustável nas rodas traseiras;

Travão de mão hidráulico, de tipo 'fly-off'

Chassis / Carroçaria

Construção de baixo peso, com estrutura de segurança 'roll-cage' integrada;

Proteções inferiores para motor e transmissão;

Sistema de extinção de incêndio; abertura rápida de capô do motor e tampa da mala

Sistema elétrico

ESP, controlo de tração e ABS desativados;

Painel de instrumentos específico de competição;

Sistema especial de alerta de segurança para alta voltagem;

Opcional: 'Tripmaster' e faróis adicionais

Dimensões

Comprimento: 4,060 m; Largura: 1,770 m (mais 5 mm do que na versão de produção); Altura: 1,440 m (mais 5 mm); Distância entre eixos: 2,540 mm (mais 2 mm)

Peso

Aprox. 1400 kg

ruiO RallySpirit Altronix vai marcar presença num dos mais destacados Rally-Legends europeus da atualidade – o Vosges Rallye Festival -, promovendo a sua "marca" com a presença de "embaixadores" muito especiais: o ex-Campeão do Mundo de Ralis, Rui Madeira, e a mundialmente famosa Renault 4L, guiada por Pinto dos Santos!

Entre 22 e 24 de agosto, as emoções do RallySpirit Altronix 2019 vão passar também pelo... Vosges Rallye Festival! Dois ralis disputados em países diferentes e com percursos evolutivos distintos, mas que reúnem as mesmas ambições, ou seja, representar o que de melhor se faz na Europa em termos de Rally-Legends. Um conceito muito específico de prova, que reúne os melhores carros de ralis de todos os tempos e que desperta o interesse de cada vez mais adeptos do desporto automóvel.

Nascido em 2015, o RallySpirit Altronix (que este ano se disputa entre 8 e 10 de novembro), tem denotado forte crescimento em termos de equipas e aficionados, algo que a prova pretende agora potencializar, ainda mais, com a presença no Vosges Rallye Festival. Este é um dos mais prestigiados Rally-Legends europeus da atualidade, que integra, juntamente como o Eifel Rally Festival, Rallye Festival Transmiera e Austrian Rallye Legends (outros pesos-pesados desta variante dos ralis), o denominado "Slowly Sideways Series".

Aliás, a este conceituado quarteto de emblemáticas provas, poderá juntar-se, em breve, o RallySpirit Altronix, sendo essa, de resto, uma das ambições que leva os organizadores da prova portuguesa a dar resposta positiva ao convite efetuado pela organização francesa para marcar presença na prova.

Mais do que levar uma simples delegação portuguesa que irá promover o RallySpirit Altronix além-fronteiras, duas emblemáticas equipas portuguesas participarão na prova francesa, elevando assim a projeção do rali português a outro nível. Os nomes (quase) dispensam apresentações: Rui Madeira, ex-Campeão do Mundo de Ralis de Produção, com o famoso Mitsubishi Lancer Evo III (equivalente ao que lhe permitiu assegurar o título em 1995), e Pinto dos Santos, com a não menos famosa e respeitável Renault 4 L, que muita animação emprestou a diversas provas do Campeonato do Mundo dos Ralis, entre 1997 e 2000.

Embaixadores de luxo

Vestindo a pele de "embaixador" da prova portuguesa durante o Vosges Rallye Festival (figura acentuada pelo facto de levar ao seu lado, como navegador, Pedro Ortigão, um dos principais responsáveis pelo RallySpirit Altronix), Rui Madeira mostra-se entusiasmado pela participação na prova francesa: "Depois da participação no Rally Festival Transmiera é com muito agrado que encaro agora a presença no Vosges Rallye Festival, que disputaremos com o mesmo espírito de diversão. É mais uma oportunidade para reviver os velhos tempos de competição ao volante do Mitsubishi Lancer Evo III que me diz muito, e de estar com outros pilotos e equipas da minha geração, num ambiente de descontração, próprio deste tipo de provas. Com o Pedro Ortigão como navegador, estão reunidas as condições para darmos um bom espetáculo e ajudar a promover o RallySpirit Altronix, a prova portuguesa que já começa a ter também visibilidade internacional".

Para Pedro Ortigão, que ocupará a "bacquet" do lado direito do Mitsubishi Lancer Evo III, distribuindo o seu tempo entre a navegação a Rui Madeira e a promoção do RallySpirit Altronix, "foi com grande satisfação que acolhemos o convite da organização do Vosges Rallye Festival para representarmos o RallySpirit Altronix, da mesma maneira que, em termos pessoais, poder fazê-lo forma ativa ao lado de um piloto como o Rui Madeira, só pode ser um motivo de grande honra. No fundo, é juntar o útil ao agradável e aproveitar uma oportunidade soberana para o RallySpirit Altronix dar mais um passo positivo para a internacionalização, dando-se a conhecer a equipas que integram a 'Slowly Sideways Series', uma Série que muito gostaríamos de poder integrar a curto/médio prazo".

A esta "task force" para promover o RallySpirit Altronix além-fronteiras, também se associa António Pinto dos Santos e a carismática Renault 4 L, bem conhecida dos adeptos do "Mundial" de Ralis e dos Rally-Legends europeus. Para o piloto de Arganil, "é com enorme honra que encaro a figura de 'embaixador' do RallySpirit Altronix neste Vosges Rallye Festival, pois gosto muito da prova portuguesa e penso que tem tudo para se tornar uma das melhores europeias do género, devido à evolução sustentável que tem vindo a fazer. Em relação à prova francesa, também a encaro, como é habitual, com enorme otimismo, naquela que será mais uma fantástica oportunidade para que a Renault 4 L enriqueça o palmarés e logo a "jogar em casa", com o apoio dos adeptos franceses e numa altura em que o modelo está prestes a comemorar 60 anos".

Estão, portanto, reunidas todas as condições para que o RallySpirit Altronix veja a imagem internacional reforçada já em 2019, agora que a presença no Vosges Rallye Festival 2019 está assegurada.

r5Se já não é novidade para ninguém o potencial do novo Skoda Fabia R5 Evo, a partir do próximo fim-de-semana desportivo, os portugueses poderão ficar ainda mais familiarizados com a nova máquina da marca checa, uma vez que Aloísio Monteiro será o primeiro piloto português a competir oficialmente na mais recente viatura preparada pela Skoda para competição.

O Barum Czech Rally Zlín, sexta prova do Campeonato da Europa de Ralis, marca uma mudança significativa nas ambições e objetivos de Aloísio Monteiro no ERC. Com a chegada recente do Skoda Fabia R5 Evo à The Racing Factory, o piloto português mostra-se muito satisfeito e com vontade de dar o máximo na prova checa de forma a tirar o melhor proveito possível das capacidades do carro. "É um orgulho para mim e para a The Racing Factory termos sido uma das primeiras equipas cliente a receber unidades do novo Skoda Fabia R5 Evo. Demonstra toda a confiança que a marca viu no nosso trabalho recente. Em termos desportivos, e como não poderia deixar de ser, vamos tentar dar o melhor neste evento e demonstrar que merecemos esta confiança. Mais do que pensar num bom resultado, que não deixa de ser objetivo, temos de encontrar o melhor Setup para esta viatura. Um compromisso que nos permita ser rápidos e fiáveis ao longo do evento", começou por explicar o piloto do Porto.

As dificuldades esperadas na adaptação do piloto e equipa à nova viatura estão, desde logo, a ser superadas com o suporte da Skoda Motorsport. "Há uma ligação muito forte da The Racing Factory com a Skoda Motorsport e isso deixa-nos mais tranquilos e confiantes. Estamos certos que este trabalho será recompensado no final da prova, no domingo", disse Aloísio Monteiro que hoje e amanhã sentirá pela primeira vez as emoções de conduzir o Skoda Fabia R5 Evo da The Racing Factory nos testes pré-evento.

O Barum Czech Rally Zlín, que decorre sobre pisos de asfalto, tem início na próxima sexta-feira pelas 16h00 e final agendado para Zlín, no Domingo. A prova checa que conta com 138 inscritos, levará os pilotos a percorrer mais de 765km, 219,63 ao cronómetro, divididos por 15 especiais.

tarquiniA Hyundai Motorsport revela filmagens do campeão de WTCR Gabriele Tarquini na sua primeira experiência no Hyundai i20 Coupé WRC.

No vídeo onde vemos Tarquini a viver uma experiê ncia de co drive com o piloto da Hyundai Motorsport, Andreas Mikkelsen. As filmagens foram feitas após a vitória e duplo pódio no Rally da Sardenh a em Itália, onde vemos o piloto italiano longe do ambiente normal do WTCR

O WRC apresenta desafios muito diferentes das corridas em circuito, pelo que o fim de semana na Sardenha, proporcionou a Tarquini uma visão única sobre o estilo de condução e características do carro.

Tarquini também viveu a experiência de condução do Hyundai i20 Coupé WRC com o amigo de longa data e Diretor de equipa da Hyundai Motorsport, Andrea Adamo, como co-piloto.

Andrea Adamo, Diretor da Equipa afirmou “receber o Gabriele no Rally da Sardenha foi uma fantástic a oportunidade para unirmos as duas áreas do negócio da Hyundai Motorsport. Além de ser o Campeão de WTCR e de ter tido uma importante participação n o desenvolvimento do i30N TCR, nesta experiência Gabriele teve a oportunidade de conhecer, no terreno, os desafios dos pilotos do WRC. Digamos que Tarquini deveria manter se nas corridas de circuito e eu no meu emprego atual! D ivertimo no s muito e foi uma maneira perfeita de cruzar as diferentes áreas e m que estamos envolvidos

Gabriele Tarquini acrescentou. "Estou grato a Andrea, a Andre as e à Hyundai Motorsport pela oportunidade que me proporcionaram no Rally da Sardenha . Foi a primeira vez que conduzi em terra e foi realmente fantástico. A aceleração, estabilidade, mudanças na direção, travagem, estilo na condução, é tudo muito diferente do que estou habituado e muito impressionante. Os pilotos do WRC são malucos, mas muito talentosos. Não compreendo como é que o Adamo permanece tão calmo. No lugar do passageiro, mesmo com um profissional como o Andreas, eu fico assustado. É um mundo completamente diferente do WTCR mas ao mesmo tempo fantástico. Espero que regressem um dia!”