faceralis

 

usados

Nacional

Edit

Amount of short articles:

Amount of articles links:

You can order sections with dragging on list bellow:

  • Nacional
Guardar
Cancelar
Reset

CPR

Inscritos Rali Serras de

Image - Inscritos Rali Serras de

Inscritos Rali Serras de Fafe e Felgueiras 2020 (clica na lista para aumentar).     &nb

Terça, 25 Fevereiro 2020 Comente

Eventos

Fostos apresentação Peug

Image - Fostos apresentação Peug

Fotos: TIAGO FONSECA / MONDEGOSPORT / RALIS ONLINE (Proíbida a reprodução de fotos sem indicação da

Segunda, 9 Dezembro 2019 Comente

Open

Fotos Rali de Mortágua 2

Image - Fotos Rali de Mortágua 2

Fotos: Paulo Homem (Proíbida a reprodução de fotos sem indicação da fonte)Evento: Rali de Mortágua 2

Quarta, 2 Janeiro 2019 Comente

Nacional

bernardsou10Bernardo Sousa é o novo Campeão Nacional de Ralis. Aos 23 anos conseguiu um feito muito importante para a sua carreira e por isso nada mais tem a provar no nosso país. Aproveitou as condições que tinha e deu corpo a um título demonstrando, em momento diferentes, rapidez, frieza, calculismo e, ainda, alguma imaturiade. Sem dúvida um campeão diferente que gerou por isso muito comentários e muitas paixões.

Qual é o balanço que fazes da temporada?
O balanço não podia ser mais positivo, dado que venci os objectivos a que me propus... E ser campeão nacional de ralis aos 23 anos permite-me por um lado estar feliz por ter demonstrado que sou um piloto que cumpre e persegue os objectivos, por outro ter a capacidade de perceber que é possível melhorar rali após rali, e que isso faz parte da experiencia que se vai adquirindo ao longo de cada troço cumprido.

Para ti, quais são os momentos marcantes da temporada?
A primeira vitória no Rali Torrié e a última no Rali Casinos do Algarve, por motivos diferentes, o primeiro momento porque começava ali a minha caminhada para ganhar o Campeonato e o segundo porque já sem pressão pude conduzir como gosto, sempre rápido e sem pensar nos pontos!

Em termos globais o que esperas para 2011?
O meu objectivo passa por lutar pelo TOP3 do SWRC e é nisso que nos vamos concentrar na época 2011!

camposMiguel Campos é um nome incontornável dos ralis em Portugal. Em 2010 tentou regressar de forma mais consistente mas nem tudo correu como esperado, mesmo tendo regressado às vitórias à geral. Em 2011 quer regressar de forma regular e lutar de novo pelo título de Campeão.

Qual é o balanço que fazes de 2010?
2010 foi um ano bastante atípico, iniciamos o Campeonato com possibilidade de fazer o ano todo, depois por falta da apoios fomos obrigados a restruturar a nossa época, sendo obrigados a participar só em algumas provas.
Contudo tanto eu como o Aloísio estamos satisfeitos, foi mais um ano a trabalhar para 2011.
Tirando o Rali da Madeira e o Rali Torrie que nos penalizou bastante na pontuação do Campeonato, o restantes Ralis correram muito bem. Ganhamos um e estivemos na discussão pelas melhores posições.
A Equipa RMC esteve sempre muito bem, pois dentro das condições disponíveis para o nosso Budget, fizeram tudo para nos agradar e todos os possíveis para umas boas participações.

Qual é o momento mais marcante da temporada?
O momento mais marcante sem duvida foi a desistência no Rali Torrie e Rali Vinho Madeira, retirou-nos por completo a possibilidade de lutar pelo campeonato.

Quais as perspectivas para 2011?
2011 está na mesa, temos objectivos bem claros, faltam os apoios para validar o projeto, neste momento temos bons contactos mas infelizmente nada a 100%. Esperamos que seja possível entrar para ganhar!
Obrigado a todos que nos apoiaram na estrada, sem eles não é a mesma coisa!!

fastbrpod10O Restaurante SAPO foi mais uma vez palco da festa do encerramento da terceira edição do Troféu FastBravo.

Num ambiente de convívio e boa disposição, a Organização entregou prémios às dezasseis equipas classificadas em 2010. Depois de Óscar Coelho e Paulo Barros, foi agora a vez de Orlando Duarte escrever o seu nome no livro dos vencedores deste troféu.

Jorge Pinto aproveitou a ocasião para garantir continuidade desta competição, voltando a sublinhar que "este é meio mais equilibrado e eficaz para o início de uma carreira nos ralis, e é também uma boa forma de aperfeiçoamento na arte de pilotar, mesmo para pilotos que já utilizaram carros bem mais potentes. A prova, vem dos relatos de pilotos com palmarés, que já participaram em alguns ralis a convite da Organização."

A qualidade conseguida em 2010 faz com que as evoluções para a edição 2011 sejam poucas, até porque, uma contenção de custos nesta fase, vem em boa altura.

Reportagem em video.

Classificação final:
1º Orlando Duarte / Cristiano Queiroga
2º Hugo Queirós / Jorge Ribeiro
3º Rui Garcia / Luís Sá
4º Diogo Gago / Jorge Carvalho
5º Sérgio Vaz / Rufino Silva
6º Fábio Ribeiro / Eurico Adão
7º Óscar Coelho / Hugo Cortês
8º Eugénio Madureira / Isabel Branco
9º Luís Silva / Luís Silva
10º Valter Martins / Inês Ponte
11º António Costa / Valter Cardoso
12º Patrícia Galvão /Carina Nogueira
13º Bruno Amaral / Luís Ponte
14º Bruno Viana / Vanessa Pacheco
15º Paulo Brás / Daniel Pereira
16º Luís Delgado / André Carvalho

Fotos: DPI (www.dpi.com.pt)

hugomesquinaci10O Açoriano Hugo Mesquita disputará em 2011 o Campeonato de Portugal de Ralis ao volante de um Citroen DS3 R3T.

A carreira de Hugo Mesquita terá continuidade em 2011 nos ralis, depois de vários anos no Karting e nos fórmula, como ainda chegou a tentar troféus monomarca. Este será o passo esperado na conversão de Hugo Mesquita ao mundo dos ralis nacionais, depois da breve experiência em 2010 na Ilha de Santa Maria, por ocasião do Rali Além Mar Santa Maria, nessa altura ao volante de um Lancer Evo IX.

Um acordo foi recentemente celebrado com a ARC, que será a estrutura responsável pela assistência à máquina francesa nas prova a disputar.

Muito em breve, chegará de França o "Kit" do material encomendado pela formação de Aguiar da Beira, que procederá à montagem, para tudo esteja em condições para enfrentar este novo desafio.

brevesterr101No seu comunicado número 71, a FPAK regozija-se pelo enorme sucesso qute tem sido o Campeonato Open de Ralis.

Nesse mesmo comunicado a FPAk deixa alguns dados sobre esta competição. A saber:

- Na totalidade das provas do COR 2010 participaram efectivamente um total de 531 (quinhentos e trinta e um) diferentes condutores/navegadores, em comparação com os 430 que haviam participado em 2009, os 451 em 2008 e os 373 em 2007;

- A média geral absoluta de concorrentes inscritos em todas as provas em pisos de terra em 2010 foi de 59,25 (contra os 55,2 de 2009, os 53,2 de 2008 e os 42,2 de 2007).

- A média geral absoluta de concorrentes inscritos em todas as provas em pisos de asfalto em 2010 foi de 79,5 (contra os 67,2 de 2009, os 75,6 de 2008 e os 61,4 de 2007).

- Pelo que a média absoluta do total de concorrentes inscritos em todas as provas de 2010 foi de 71,4 (contra os 61,2 de 2009, os 64,4 de 2008 e os 51,8 de 2007).

A FPAK reconhece que a integração no COR de troféus monomarca como o "Desafio Modelstand", o "Trofeu Fastbravo" e o "Troféu Fiat (e) em nós e Acelera", bem como dos diversos Campeonatos Regionais de Ralis, do Campeonato de Portugal Júnior de Ralis e do Trofeu Nacional de Clássicos - Ralis, ajudam (e muito) a explicar o sucesso deste Campeonato. Sucesso esse que é inegável, diz a FPAK no mesmo comunicado.

Ficamos então à espera das mesmas análises da FPAK face aos restantes campeonatos de ralis que existem em Portugal, bem como as razões para a evolução dos inscritos que se têm registados nessas mesmas competições.