faceralis

 

posvendaclick

Nacional

madeiralogo19Troços e horários Rali Vinho da Madeira 19

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

madeiratorcos19

barbosacbDepois de cumpridas as provas em piso de terra, o Campeonato de Portugal de Ralis entra agora e já no próximo fim-de-semana na fase de asfalto. Miguel Barbosa, piloto do BP Ultimate Vodafone Skoda Team vai disputar o Rali de Castelo Branco, competição que vai reunir na capital da Beira Baixa mais de 80 equipas. Sendo navegado por Jorge Carvalho, apresenta-se aos comandos de um Skoda Fabia R5 e assume-se como candidato à vitória.

"Apesar de continuar a preferir as provas em pisos de terra sinto-me cada vez mais à vontade no asfalto e o meu objetivo neste Rali de Castelo Branco será o de lutar pela vitória. Estou ciente de que estarei a competir com adversários muito fortes, alguns deles, ao contrário de mim, estarão mais fortes neste tipo de troços, mas temos trabalhado afincadamente por estar ao melhor nível e vamos seguramente estar na luta pelas primeiras posições", salienta Miguel Barbosa.

ricadoteocbRicardo Teodósio e José Teixeira abrem a fase de asfalto do Campeonato de Portugal de Ralis como líderes absolutos da competição. Dupla do Skoda Fabia R5 venceu em Castelo Branco em 2018 e volta a apostar na luta pela vitória no próximo fim de semana.

Quinta prova da temporada, o Rali de Castelo Branco é um evento que traz boas recordações a Ricardo Teodósio, que venceu a prova albicastrense em 2018 ao volante do Skoda Fabia R5. Uma performance que abre boas perspetivas ao atual líder do CPR, embora o percurso do rali tenha sido completamente reformulado para este ano.

"Estamos muito motivados para o início da fase de asfalto e o Rali de Castelo Branco pode ser um ponto importante na nossa época", afirmou o piloto da Guia. "Depois da fase de terra, vamos testar esta segunda-feira no asfalto e tentar encontrar um bom set up, já que o campeonato deste ano está muito competitivo e é importante estarmos confiantes no carro para atacar. Estou convencido que estaremos novamente na luta pela vitória", concluiu Ricardo Teodósio, que este ano já venceu o Rali Serras de Fafe e o Rali de Mortágua, além de ter obtido mais dois pódios do CPR nos Açores e no Rali de Portugal.

José Teixeira explicou que "este Rali de Castelo Branco deverá ter um percurso completamente diferente do de 2018, embora deva ser o rali mais rápido da época. Vamos fazer um teste na segunda-feira e depois é importante fazer um bom trabalho nos reconhecimentos da prova, para chegarmos ao rali confiantes e bem preparados. O nosso grande objetivo é reforçar o comando do CPR em Castelo Branco", referiu o navegador algarvio.

fontescbA seguir ao Rali de Portugal, o Citroën Vodafone Team encetou uma nova fase em termos da sua participação no "Nacional" de Ralis 2019, preparando o seu regresso à competição com a participação no Rali de Castelo Branco, prova que se realiza já este fim de semana (21 e 22 de junho) numa zona com fortíssimas tradições no desporto motorizado nacional.

Em vésperas do rali albicastrense, José Pedro Fontes refere que "Este primeiro rali em asfalto da temporada é abordado com grande expetativa. Temos trabalhado a fundo na preparação do carro para as especificidades deste piso. Realizámos uma sessão de testes e o resultado foi positivo com o carro a corresponder sem reservas às exigências em asfalto. Por outro lado, sabemos que o trajeto é novo e isso coloca alguns desafios adicionais. Mas, neste aspeto, estaremos em pé de igualdade com os outros pilotos. Por outro lado, já venci em Castelo Branco por três vezes – a última em 2017 - sei que o meu estilo de condução, e o nosso rendimento como equipa, funciona bem neste tipo de condições. E, também, não é menos verdade que as características do C3 R5 são muito válidas para esta prova; temos um carro sólido e fiável, que se adapta bem ao asfalto, pelo que vamos estar à partida em boa forma e totalmente confiantes. A nossa aposta é mesmo lutar pela vitória, mesmo sabendo que o Rali de Castelo Branco é exigente e que, mais uma vez, vamos contar com um excelente lote de rivais".

Em termos da preparação do C3 R5, o set-up específico do carro para o Rali de Castelo Branco assenta nas soluções desenvolvidas Citroën Racing apuradas pelos técnicos da Sports & You e especificamente desenhadas para o asfalto. A boa experiência do ano passado tem também um forte peso na preparação para o rali deste ano. Enquanto que em 2018 a equipa estava ainda a adaptar-se ao carro, a realidade de 2019 é diferente, existindo já um caminho feito que confere maior solidez ao trabalho de toda a equipa.

almeidacb19O piloto famalicense Pedro Almeida e o navegador Nuno almeida vão estar no Rali de Castelo Branco, prova do Campeonato de Portugal de Ralis, a realizar nos dias 22 e 23 de junho.

Esta é a primeira prova do campeonato em asfalto e a equipa está a preparar com afinco a nova fase da temporada. "Há um conjunto de alterações a fazer no Skoda Fabia R5 para a nova fase de asfalto, nomeadamente na suspensão, travões, pneus ou diferencial, e vamos procurar encontrar a melhor combinação para este rali. Além das mudanças no carro temos de mudar um pouco o estilo de condição, mas trazemos os indicadores da temporada passa em que nos adaptamos bem ao andamento e os resultados conseguidos trazem-nos expectativas positivas", começou por salientar o piloto, que esta semana vai realizar os testes de adaptação ao carro.

"Terminamos a fase de terra com o nosso melhor resultado, um quarto lugar no campeonato no Rally de Portugal, sinal de que fizemos um percurso em evolução. Queremos manter este registo para a fase de asfalto que temos pela frente para manter a competitividade demonstrada desde o início do ano".

O Rali de Castelo Branco começa no sábado, 22 de junho, com as primeiras cinco das dez especiais de classificação que compõe a prova. No total são quase 129 quilómetros cronometrados.

"Iremos fazer os necessários reconhecimentos nos dias que antecedem o rali, é uma prova com especiais de classificação novas, percebemos da apresentação feita que o rali vai ser muito rápido, exigente na condução, e estamos convictos de muita disputa ao segundo. Vamos procurar preparar-nos para a exigência e somar pontos para o campeonato" rematou o piloto.

Pedro Almeida e Nuno Almeida ocupam nesta altura o sexto lugar do Campeonato de Portugal de Ralis com 32 pontos.