faceralis

 

posvendaclick

Eventos

fernandes18O brilhante palmarés de Carlos Fernandes recebeu mais um título após o Rali de Viana do Castelo do passado fim de semana. O piloto do Mitsubishi Lancer Evo VI, navegado por Valter Cardoso, assegurou a conquista do Desafio Kumho Portugal – Asfalto, no final de uma prova atribulada.

Se dúvidas existissem sobre o talento de Carlos Fernandes, basta olhar para a galeria de títulos do piloto de Sintra: Desafio Modelstand (2011), Campeonato Regional Centro (2014), Taça de Portugal de Ralis (2014), Campeonato FPAK Centro (2015), Campeonato FPAK de Ralis (2016), Taça FPAK de Asfalto (2016), Taça FPAK de Terra (2016) e Desafio Kumho Portugal – Asfalto (2018).

Foi no Rali de Viana do Castelo que Carlos Fernandes e o navegador Valter Cardoso confirmaram a vitória no troféu de asfalto da marca sul-coreana, apesar do fim de semana complicado para a equipa do 'velhinho' Lancer Evo VI e para toda a caravana dos ralis nacionais.

Tudo começou no segundo troço do rali, quando a caixa de transferências do Mitsubishi cedeu, obrigando a equipa a fazer uma viagem inesperada para encontrar uma peça de substituição, concluindo a reparação do carro já de madrugada. Regressados à prova em Super Rali, Carlos Fernandes e Valter Cardoso sofreram um toque na PEC9, danificando a traseira do Mitsubishi mas ainda assim ganhando quatro dos últimos cinco troços do rali, sendo a dupla que mais especiais venceu na prova minhota.
Em paralelo, o quarto lugar obtido no Desafio Kumho Portugal – Asfalto foi suficiente para Carlos Fernandes confirmar a conquista do título, depois de já ter ganho as rondas nos ralis de Ourém, Santo Tirso e Vidreiro – Centro de Portugal.

"A quebra da caixa de transferências logo no segundo troço do rali impediu-nos de lutar pela vitória à geral, como era nossa intenção", refere Carlos Fernandes. "Tenho de agradecer ao João Oliveira e João Vinha, pela cedência de uma caixa de transferências que nos permitiu continuar em prova. No domingo, queríamos vencer o máximo de troços mas aquele toque fez-nos perder tempo, apesar de só termos danificado chapa na traseira do carro. Na fase final, confirmámos que tínhamos hipótese de lutar pela vitória à geral mas foi importante garantir os pontos necessários para ganharmos o Desafio Kumho Portugal – Asfalto. É mais um momento importante na nossa carreira, sobretudo porque somos uma equipa pequena e onde eu próprio tenho de trocar o fato de piloto pelo fato de mecânico, como foi o caso este fim de semana. Quero destacar aqui a importância da Eni, da Dental+ e de todos os nossos patrocinadores. Um obrigado muito especial também ao Luís Ferreira e ao Valter Cardoso. Vamos agora tentar garantir os dois títulos que nos faltam no troféu", apontou o piloto do Lancer Evo VI, aludindo às classificações absoluta (Master) e de Terra, que Carlos Fernandes também lidera.

legendsConsulte aqui o Guia do Rally Legends de 2018, prova que se realiza dias 14 e 15 de julho, no Luso.

VER AQUI O GUIA.

 

 

 

 

 

 

 

 

PenafielRacingFest2018Informações Rali Taça Joaquim Santos, prova extra rali, que se disputa em Penafiel dias 15 e 16 de junho.

 

 

 

 

 

 

 

 

ralitacjoa18

PenafielRacingFest2018Inscritos Rali Taça Joaquim Santos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

penafielinscrito

penafilO português João Barros, no seu Ford Fiesta R5, o belga Frederic Bouvy, no seu Porsche 997 GT3, o português Diogo Gago e o Inglês Cameron Davies, são alguns dos nomes confirmados no Penafiel Racing Fest 2018, nos dias 15, 16 e 17 de junho, numa organização conjunta da Câmara Municipal de Penafiel e da CDDC-Cooperativa para o Desenvolvimento Desportivo e Cultural, com a parceria de vários clubes e instituições do Concelho.

No Rali, João Barros, vencedor da Taça Joaquim Santos na primeira edição do Penafiel Racing Fest, volta a competir no sue Ford Fiesta R5 com o objetivo de renovar o título de vencedor do troféu.

O campão belga Frederic Bouvy, vencedor de várias edições das 24 h de SPA – Francochamps, vai competir em Penafiel no seu Porsche 997 GT3.

Também o português Diogo Gago travará uma interessante luta com o inglês Cameron Davies. Os dois ex participantes do Campeonato Europeu estão agora em luta direta na Copa Ibérica Peugeot 208.

Em prova, estarão ainda António Dias no seu Skoda Fábia R5, Vítor Ribeiro no seu Citroen C3 R5 e Nuno Cardoso ao volante do seu Ford Fiesta R5. O penafidelense Paulo Barros tentará, no seu Opel Astra, renovar o trófeu de melhor penafidelense, conquistado na edição de 2017 do evento.

O Penafiel Racing Fest 2018 apresenta várias novidades. A sua prova rainha, o Rali da Taça Joaquim Santos, sofreu várias alterações. Novas especiais de classificação, percorridas nas desafiadoras estradas de asfalto das freguesias de Rio de Moinhos, Boelhe e Luzim e Vila Cova, que se juntam aos já tradicionais troços de Guilhufe-Irivo e de Rans-Milhundos.

A prova de Trial 4×4, que acontece no sábado, dia 16 contará com a presença dos vencedores do ano anterior, e ainda do Campeão Europeu Emanuel Costa, a estrear o seu novo Crawler.

Na sexta-feira, dia 15, haverá ainda corridas de Super Enduro com a presença de nomes sonantes do Campeonato Nacional da modalidade e Drag Race com os carros mais rápidos numa pista de arranques de 300m de aceleração no sábado à noite, dia 16.

No domingo, dia 17, estarão em prova as 50cc no Circuito do Sameiro. Terá ainda lugar neste dia o Rally de Clássicos no centro da cidade, com convidados surpresa vindos de Inglaterra e vários campeões do desporto motorizado penafidelense e nacional ao volante das suas viaturas clássicas.

Este ano a organização vai criar uma Fun Zone com uma praça de alimentação, zona de expositores das especialidades e ecrã gigante com transmissão do Jogo do Mundial: Portugal-Espanha, às 19h00, no Largo Conde Torres Novas (Campo da Feira). Este espaço terá ainda uma Zona de Assistência das viaturas em competição, com o objetivo de aproximar o público dos pilotos e de todo o "backstage".

Para Óscar Coelho, do Racing Fest, “O Penafiel Racing Fest, no seguimento da primeira edição, vai continuar a homenagear todos os praticantes das diferentes modalidades das duas e quatro rodas, a começar pelos pilotos naturais do Concelho de Penafiel, como é o caso do Rali da Taça Joaquim Santos que continua a ser a prova rainha deste festival. Nenhuma modalidade foi descurada no processo de melhoramento da edição deste ano. Elevamos os padrões de segurança, de competição, de espectáculo e de conforto, quer para os participantes em competição quer para o muito público que nos visita. Para tal, tem sido imprescindível o alto empenho e dedicação da Câmara Municipal de Penafiel na organização do evento.