facebook

 

volvo

Eventos

cameliaslogo18Desde 1991 que o Campeonato Nacional de Ralis, deixou de ter uma prova na região da grande Lisboa, mas mais do que isso, as provas de estrada há muito que não acontecem entre Beja e Leiria, criando um vazio que muitos querem preencher; Pilotos, equipas, marcas, patrocinadores e público, precisam de aproximar os ralis da capital do país, onde se centram os poderes de decisão e a visibilidade de qualquer aposta é mais conseguida. O Rali das Camélias vem preencher esta lacuna, contando com o patrocínio das autarquias de Cascais, Sintra e Mafra e o apoio expresso da FPAK.

Trata-se de um projeto pensado durante mais de três anos, relancado no final de 2018, a pedido de todas as forças decisoras das regiões envolvidas no esquema da prova, agora concretizado e escolhido de acordo com todos os padrões da fórmula tradicional, mas com as inovações necessárias para transformar as o Rali das Camélias 2018, numa prova moderna e aliciante para as equipas nacionais, cada vez melhor equipadas, competitivas e por isso certamente interessadas em disputar ao cronómetro, um rali que tem tudo para encerrar de forma brilhante e em festa, um ano de competições que se afigura um dos mais interessantes de sempre.

A escolha do tracado não foi fácil; existem muitas variantes, dentro de um conjunto de tracados, sempre competitivos, nas regiões de Cascais, Sintra e Mafra, que permitem cumprir a regulamentacão de um rali "tipo" Regional e atendendo à época do ano em que a prova está marcada, foi escolhido um traçado que começa por uma prova "diferente" desenhada no Autódromo do Estoril, rumando depois às míticas, Lagoa Azul, Peninha e Sintra, para terminar num cenário completamente diferente na zona de Mafra, com os trocos do Livramento, Codeçal e Monte Godel, a marcarem presença igualmente importante.

O Rali das Camélias 2018, vai partir da Baía de Cascais e chegar aos Jardins do Casino Estoril. Depois da consagracão dos vencedores – e todos os participantes – todos teremos o nosso momento de descontração, num magnífico jantar de distribuição de prémios, no Salão Preto e Prata do Casino Estoril!

Está garantida a qualidade da organizacão desportiva, o rigor da cronometragem, a atencão na rececão, no acolhimento e acompanhamento, a qualidade dos prémios e toda a visibilidade e divulgacão da participacão dos pilotos e equipas que, a partir de dia 1 de Setembro, solicitem a sua inscricão aos organizadores.

Inscricões que estão limitadas a 60 equipas, com o critério a ser determinado pela ordem de receção do Boletim de Inscrição – com a taxa devidamente regularizada. São admitidos todos os veículos que se enquadrem na listagem de categorias, grupos e classes, atualmente constantes da regulamentação nacional de ralis – passaporte técnico atualizado, com todos os elementos de seguranca - todos os condutores e navegadores, possuidores no mínimo, de licença Nacional "C".

TROÇOS E HORÁRIOS DO RALI DAS CAMÉLIAS

6F - 30 NOV. (1a Etapa - 1a Seccão)

18h00 - Verif. administra vas e técnicas (Autódromo)
21h00 - PEC 1 - Autódromo do Estoril (09,50 Km)
22h00 - Parque Fechado Baía de Cascais

SÁB - 1 DEZ- (1a Etapa - 2a / 3a Secções)
8h00 - Par da da 2a Seccão - Baía de Cascais Assistencia - Praca da Maratona
9h00 - PEC 2 - Cascais - 12,40 Km
9h30 - PEC 3 - Serra de Sintra - 10,50 Km
10h30 - PEC 4 - Mafra - 10,60 Km
Assistencia - Parque Intermodal de Mafra
11h30 - Fim da 2a Seccão - Palácio N. de Mafra

13h30 - Saída da 3a Seccão - Palácio N. de Mafra Assistencia - Parque Intermodal de Mafra
14h15 - PEC 5 - Codeçal 1 - 9,80 Km
15h00 - PEC 6 - Livramento 1 - 8,50 Km
15h45 - PEC 7 - Codeçal 2 - 9,80 Km
16h30 - PEC 8 - Livramento 2 - 8,50 Km
Assistencia - Parque Intermodal de Mafra
18h00 - Fim da 3a Seccão - (Pódio) Casino Estoril
20h30 - Jantar de Consagracão no Casino Estoril

 

Total Km PEC do Rali: 79,60 Km

 

mendesApostando nas provas de terra do novo Desafio Kumho Portugal, José Mendes / Nuno Alves, que tripulam um Mitsubishi Lancer Evo IX, preparado e assistido pela Peres Competições, marcaram presença no Rali Serras de Fafe, tendo alcançado o quinto lugar final.

"Foi um rali muito complicado e cheio de peripécias. Os troços estavam muito difíceis, não sendo fácil manter o carro na estrada, o que motivou uma saída dos trilhos e quase um despiste, tendo o carro ficado parado quase seis minutos, até voltar a trabalhar", refere José Mendes, explicando "com o tempo perdido no primeiro dia decidimos no segundo dia não arriscar nada, para pelo menos podermos terminar pontuados entre o concorrentes do Desafio Kumho. Conseguimos rodar bastante com o carro o que será útil para as próximas provas".

O piloto do Porto voltará a marcar presença na próxima prova do Desafio Kumho Terra, em meados do mês de abril, com a disputa do Rali Vila do Bispo.

baiaA Biblioteca Municipal de Vila Nova de Famalicão foi o palco escolhido para a apresentação do plano de actividades de 2018 por parte da Associação Team Baia. De entre os vários pontos de destaque neste evento, o foco central foi mais uma vez a apresentação do Troféu CIN 2018, que vai já na sua 11ª edição e no qual serão centradas todas as atenções do promotor.

O Troféu CIN 2018 inicia-se já no próximo dia 9 e 10 de Março em Gondomar, passando depois pelos municípios de Ourém, Mondim de Basto, Santo Tirso, Fafe, Viana do Castelo, Famalicão, Mesão Frio e encerrará em Valença. Uma a uma, estas provas foram apresentadas pelos representantes dos seus clubes organizadores presentes na cerimónia, que aproveitaram esta ocasião para revelar muitos dos ingredientes que irão ser os seus ralis para este ano.

Presente nesta apresentação formal, o Vereador do Desporto da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Dr. Mário Passos enalteceu todo o esforço e o trabalho quer dos clubes organizadores, quer da Associação Team Baia na realização destas manifestações desportivas realçando o enorme impacto que os ralis trazem em beneficio da promoção dos territórios onde decorrem, lembrando que o desporto automóvel em Portugal e em particular no norte do país é um fenómeno que atrai invariavelmente um muito significativo numero de pessoas.

Pelo mesmo discurso alinhou Francisco Mora que, em representação da Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting, não deixou de marcar presença neste evento. O dirigente federativo realçou as palavras de agradecimento ao Team Baia e aos demais clubes que, através das suas organizações, dão vida ao Troféu CIN provando a vitalidade dos ralis e a sua viabilidade para o desenvolvimento das regiões.

TROFÉU CIN 2018

9 e 10 de Março – Rali de Gondomar – Gondomar Automóvel Sport

24 e 25 de Março – Rali Vila Medieval de Ourém – Olival Motorizado

8 de Abril – Rali de Mondim de Basto – Clube Aventura do Minho

4 e 5 de Maio – Rali de Santo Tirso – Clube Automóvel de Santo Tirso

16 de Junho – Rali Montelongo – Demoporto

6 e 7 de Julho – Rali de Viana do Castelo – Clube Automóvel de Santo Tirso

20 e 21 de Julho – Rali de Famalicão – Team Baia

25 e 26 de Agosto – Rali de Mesão Frio – Clube Automóvel da Régua

13 de Outubro – Rali Eurocidade

Enquanto promotor, o Team Baia não se limitará à realização do Troféu CIN 2018 na presente época. Do plano de actividades constam ainda as participações através do apoio a diversos outros eventos como são as super especiais de Famalicão, Vizela, Vila das Aves, Barcelos e Riba de Ave.

Além destes, o Team Baia irá igualmente prestar apoio organizativo a outros eventos de reconhecida importância como são a Super Especial de Fafe, englobada no Rali Serras de Fafe, que abre o Campeonato Nacional de Ralis, ou mesmo o "Porto Street Stage", uma super classificativa espetáculo que fará parte do Rali de Portugal, pontuável para o Campeonato do Mundo.

AGENDA DE ACTIVIDADES

Especial Sprint BVF – V.N. Famalicão

17 de Fevereiro – Rali Serras de Fafe – Super Especial de Fafe

21 e 22 de Abril – Festas do Associativismo "Cavalões em Festa"

21 e 22 de Abril – Rali do CAMI

17 a 20 de Maio – 52ª Vodafone Rali de Portugal

2 de Junho – Especial Sprint Vila das Aves

22 de Julho – 4ª Especial de Riba de Ave

4 de Agosto – Especial Sprint Cidade de Barcelos

16 de Setembro – Vizela Racing Festival

1 de Dezembro – Gala do Desporto Motorizado/Entrega de prémios

A encerrar este participado evento, a Associação Team Baia deixou uma palavra de agradecimento aos clubes, aos municípios e às equipas pelo apoio dado, bem como aos patrocinadores e parceiros que acreditam no trabalho desenvolvido ao longo da época por toda a equipa: ao Município de Famalicão, Junta de Freguesia de Cavalões, AMOB, Carfoto, Pastelaria Valor Favorito, Mobilub, VLB, Aquecinox Industries, Frutas Ramalho, Dom Villas, Transfradelos, Pina Ferreira, Physitep, BL Sport, Pastelaria S.Jorge, Mobilub, NH Clima, Passamar, Seraical, Century 21 – D' Ouro, Teia Brilho, Toma lá Morangos, Rainha Doce, MFA SA, Focuscrible, L3W, Porminho, Real Hamburgueria, Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco e Pastelaria Doce D'Antas, um muito obrigado em nome de toda a equipa Team Baia.

 

cameliasNos dia 30 de novembro e 1 de dezembro estará na estrada a 30ª edição do Rali das Camélias.

Segundo notícia avnaçado no facebook oficial desta prova, a mesma terá oito especiais de classificação com um  total de 79.5 quilómetros ao cronómetro, num percurso (todo em asfalto) desenhado nos concelhos de Cascais, Sintra e Mafra, em que apenas duas especiais serão repetidas.

A prova deverá passar em locais de grande tradição dos ralis em Portugal, como os míticos troços de Sintra, porém, a organização deverá em breve dar mais detalhes desta prova que deverá ser candidata ao Campeonato de Portugal de Ralis de 2019.

1000A diversão é o garante para destemidas corridas, cabendo à destreza de pilotos e navegadores introduzirem o estilo singular em que a robustez e a maneabilidade são distintivos do Challenge 1000cc. A prova inaugural está marcada para o Rali de Santo Tirso, na estrada a 5 e 6 de Maio, sob a organização do Clube Automóvel de Santo Tirso.

A apresentação das primeiras viaturas que vão conceder cor e adrenalina ao Challenge 1000cc revelou-se um sucesso. Um Peugeot 107 e um Citroën C1, que tiveram o condão de serem o "corpo e alma" de uma competição que se pretende firmada e sucedida no plano dos ralis em Portugal, "exibiram" as suas performances nas instalações do Clube Automóvel do Centro.

Foi com este pressuposição que a Art of Speed apostou e ostentou os dois primeiros exemplares, embora pilotos e navegadores inseridos na competição tenham comparecido em maior número para fazer as honras da iniciativa. Todos, sem excepção, revelaram que vão estar envolvidos num conjunto de provas com viaturas de enorme potencial e que vão ajudar a animar e a colorir as estradas de asfalto em sete provas dos campeonatos de Ralis Norte e Centro.

A diversão é o ponto de partida para aguerridas provas, cabendo à destreza dos pilotos e ao "freio" dos navegadores dotar um andamento uniforme para introduzir o estilo singular em que a robustez e a maneabilidade são distintivos do Challenge 1000cc.

Frederico Luís, mentor do projecto e responsável pela Art of Speed, destacou que «o Challenge 1000cc vai surgir num quadro muito, graças aos Peugeot 107, Citroën C1 e Toyota Aygo, três modelos de referência no contexto da fiabilidade, admitindo o divertimento a um custo bastante controlado. Para além disso, o Challenge 1000cc nasceu para ajudar na evolução de novos valores para esta disciplina automóvel, garantindo, ao mesmo tempo, o sucesso sem precedentes.

Os dados estão lançados e, a julgar pelo que é possível verificar em alguns países europeus com viaturas da mesma plataforma, o Challenge 1000cc promete arrebatar corações. Perante o arrojo das viaturas em questão, os pilotos vão responder com ousadia, até pela facilidade de adaptação, pelo que um pequeno erro pode ditar dificuldades na discussão pelo triunfo.

Na apresentação do Challenge 1000cc, pilotos, navegadores, representantes de clubes organizadores e parceiros no projecto renderam-se aos pequenos modelos nascidos a partir de uma parceria entre o grupo PSA Peugeot Citroen e a Toyota, marca que produziu a partir deste projecto o Aygo, as duas propostas francesas que ambicionam agarrar a nova geração de pilotos.

Calendário de provas para 2018

A primeira prova da temporada, que se espera divertida e entusiasmante, está agendada para o Rali de Santo Tirso, na estrada a 5 e 6 de Maio, sob a organização do Clube Automóvel de Santo Tirso, seguindo-se, a 8 e 9 de Junho, o Rali Vidreiro Centro de Portugal, organizado pelo Clube Automóvel da Marinha Grande.
O Rali de Castelo Branco, a 30 de Junho e 1 de Julho, levado a cabo pela Escuderia Castelo Branco, marca a terceira ronda do Chalhenge 1000cc, prosseguindo a 20 e 21 de Julho com o Rali Aguiar da Beira/Sernancelhe, sob a estrutura organizativa do Clube Automóvel da Marinha Grande.
Depois do tradicional mês de férias, a discussão pelos triunfos regressa em finais de Agosto, nos dias 25 e 26, com o Rali Município de Mesão Frio, prova do Clube Automóvel da Régua, prosseguindo, duas semanas depois, nas estradas asfaltadas de Lafões, a 7 e 8 de Setembro, com o carismático Constálica Rali de Vouzela, promovido pelo Gondomar Automóvel Sport. A derradeira jornada ficará a cargo do Clube Automóvel de Amarante, a 22 e 23 de Setembro, com a realização do Rali Amarante Baião.