faceralis

 

posvendaclick

Eventos

amaiaeses10De 8 a 14 de Novembro, a equipa A.MaiaSport estará presente no NorteShopping, no piso 0, junto à máquina de vapor, para que todos possam visualizar de perto os carros que habitualmente participam no Campeonato Open de Ralis.

Esta é uma oportunidade para todos os visitantes do Centro, assim como os adeptos da modalidade estarem mais perto dos carros e pilotos da equipa A.MaiaSport.

Será também apresentada ao público, a nova viatura, com que Júlio Maia e Alexandre Rodrigues lutarão pelos melhores lugares no OPEN de 2011, assim como a nova decoração que todos os carros da equipa passarão a usar no próximo ano.

Para 2011 a equipa vai apostar nos Peugeot 206. O destaque vai para o  206 S1600 Ex-Peugeot Portugal (Bruno Magalhaes), que será conduzido por Júlio Maia na fase de asfalto do Open. Manuel Martins vai continuar no Peugeot 206 GTi de troféu e Francisco Miranda conduzirá o Peugeot 206 RC (que Júlio Maia usou em algumas provas este ano).

No sábado, dia 13 de Novembro, a partir das 21h30, os pilotos estarão presentes junto aos respectivos carros, onde darão autógrafos e proporcionarão aos visitantes a possibilidade de entrarem nas viaturas da equipa.

blsporrter10A Equipa BL Sport que marcou presença no Nacional de Ralis nos úlitmos cinco anos, terá o seu final logo após o Rali Casinos do Algarve.

Numa altura em que a equipa ainda está na luta pelo Vice-Campeonato no CPR2, o projecto que colocou a correr os TDI durante 5 épocas nos ralis em Portugal chega ao final de forma natural. Segundo o piloto Francisco Barros Leite "após 5 anos consecutivos no Campeonato de Portugal de Ralis, tal como previsto, o projecto da BL Sport chega ao fim. Estes anos representam um período do qual nos orgulhamos muito. Tanto com o Ibiza como com o Leon, estivemos sempre na linha da frente. Tivemos o privilégio de ao longo destes anos ter como adversários grandes nomes do automobilismo nacional, facto que nos obrigou sempre a dar o nosso melhor e que deu sempre especial relevo tanto às vitórias como derrotas. Como piloto e responsável pela equipa, devo agradecer em especial a quem desde o início nos apoiou e contribuiu para que estes 5 anos fossem possíveis, e deixar uma palavra de agradecimento à "minha" fantástica equipa e a todos os "meus amigos" que tantas vezes nos ajudaram e deram o seu contributo. Ao meu Pai, Rui Almeida e Luís Ramalho, um muito obrigado".

A Equipa BL Spport teve o seu início no Rali Torrié de 2006, então com o Ibiza FR TDI. Nesse mesmo ano, a dupla Francisco Barros Leite e Luís Ramalho venceram a Taça Nacional de Ralis Condutores e de Marcas Diesel conquistando, em 2007, o título de Campeões Nacionas de Ralis Grupo A.

Em 2008, após a primeira fase do Campeonato ainda com o Ibiza, veio a fase de asfalto que representou mais um aliciante desafio: a estreia do Leon Fr TDI. A conquista do Campeonato Nacional de Ralis 2L /2RM 1.6 a 2.0cc foi uma realidade em 2009, repetindo-se, também, a vitória na Taça Nacional de Ralis Marcas - Diesel.

Em hora de balanço, o navegador Luís Ramalho diz que "poderei dizer que tive a sorte de ser o feliz contemplado para ser o navegador da BL Sport. Foi o projecto onde estive mais anos ao longo da minha carreira, sendo muito enriquecedor quer em termos técnicos quer em termos pessoais. O profissionalismo com que toda a equipa encara cada prova é, sem dúvida, muito motivador."

A família Barros Leite não deverá contudo afastar-se dos ralis, já que o irmão mais novo de Francisco Barros Leite poderá vir a integrar o Desafio Modelstand em 2011.

rtlogo10Crónico Vice-Campeão de Ralis no Nacional, Vítor Pascoal é um dos pilotos mais competentes e rápidos de ralis em Portugal.

Ele será um dos quatro monitores do "Rally Talent" que juntamente com Bruno Magalhães, Miguel Campos e Adruzilo Lopes terá a responsabilidade de avaliar as capacidades dos jovens pilotos que concorrerem a esta iniciativa.

"É sem dúvida uma boa iniciativa. Fazem falta iniciativas deste género em Portugal e por isso ainda bem que existe esta", começa por referir Vítor Pascoal.

Agora que já leva muitos anos de carreira nos rali, Vítor Pascoal não deixa de dizer que "se fosse no meu tempo não perderia uma oportunidade destas. Com os monitores envolvidos e com o carro que vai ser utilizado, é uma excelente oportunidade para quem participar neste evento".

netods310Já chegaram a Portugal as duas primeiras carroçarias dos Citroen DS3 R3T que em 2011 estarão a correr no Campeonato de Portugal de Ralis pelas mãos de Ivo Nogueira e Paulo Neto.

As suspensões e outro material da parte mecânica chegará ainda durante este mês de Novembro e para Dezembro deverá ser entregue o motor já montado e rodado pela Citroen Racing.

Tudo indica que estas duas primeiras unidades poderão começar a rodar em Janeiro de 2011, o que permitirá aos pilotos poderem testar convenientemente antes do início da temporada.

Para além destas duas unidades, neste momento existem mais quatro sérios candidatos a poderem vir a correr num Citroen DS3 R3T.

No caso de existirem cinco concorrentes ao volante do DS3 no Nacional de 2011, a Citroen irá organizar um Racing Trophy especifico para quem corre com estes carros.

No caso de não haver cinco carros, os DS3 e os C2 R2 MAX manter-se-ão a correr em conjunto no Racing Trophy mas com prémios mais aliciantes para os utilizadores do DS3.

olimpicoPela primeira na História do Automobilismo português, um piloto foi galardoado pelo Comité Olímpico Nacional.

Falamos de Vitor Pascoal que recebeu este galardão (Prémio Fair Play) pelos factos ocorridos no Rali Vinho Madeira.

A Gala de comemoração do 101º aniversário do Comité Olímpico Português ficou marcarda pela atribuição de um prestigiante prémio para o desporto automóvel nacional. Com a presença do Secretário de Estado do Desporto, Laurentino Dias, Vítor Pascoal recebeu o prémio mais ovacionado da noite pelas mãos de Lima Belo, membro do Comité Olímpico Internacional.

Na hora da entrega, pode ouvir-se que "O Comité Olímpico Português, atribui o prémio "Fair Play 2010" ao Vice-Campeão de Ralis 2009, Vítor Pascoal, por ter tido uma postura digna de Campeão. No decorrer da edição deste ano do Rali Vinho Madeira, ao parar em pleno troço cronometrado para apagar o fogo que consumia o carro do seu principal adversário nesta época, comprometeu o resultado no Rali, com reflexos directos no desfecho do Campeonato. Vítor Pascoal não hesitou em fazê-lo!"

Lembre-se que o prémio "Fair Play" é atribuído a atletas em que as suas atitudes ou feitos, são um grande exemplo para todos os desportistas.

Na hora de receber o Galardão, com a simplicidade habitual Pascoal disse que "evidentemente que fico satisfeito por receber um prémio que serve de exemplo a todos os desportistas e que é, pela primeira vez, entregue a um piloto nacional. Se fosse hoje, mesmo depois do desfecho que este Campeonato está a ter, voltava a fazê-lo sem hesitar. Estamos há 16 anos nas corridas e esta sempre foi a nossa forma de as encarar. É um prémio que dedico a toda a equipa e patrocinadores, em especial, ao Martim Azevedo, a quem devo grande parte da minha carreira. Não poderá ser também esquecido o Mário Castro, de quem é também este prémio, pois estava comigo dentro do carro e a decisão de parar foi de ambos."

Parabéns Pascoal.