faceralis

 

guiaaft

Eventos

207ruiferrfot10Tal como anunciamos esta semana, a equipa RF Competições está a desenvolver um Peugeot 207 R3T para os ralis nacionais.

O carro encontra-se neste momento em fase de montagem final, faltando praticamente colocar o motor no sítio, para depois se iniciar a rodagem e os testes.

O plano inicial mantém-se, estando previsto que no início de Janeiro se faça o primeiro teste, querendo a RF Competições poder fazer de Carro 0 no Rali Montelongo.

O número de interessados tem vindo a subir nos últimos dias, mas Rui Ferreinho não quer para já adiantar nomes de quem poderá vir a conduzir o carro na próxima temporada.

Fotos do Peugeot 207 R3T

armindonevebalCom uma época muito reduzida, que terminou a meio do previsto, Armindo Neves não conseguiu atingir os objectivos a que se proponha no regresso ao Campeonato de Portugal de Ralis. Mesmo assim houve ensinamentos a tirar e virar baterias para o Open, com um projecto realista.

Qual o balanço de 2010?
2010 é um ano que infelizmente me deixa um grande amargo de boca, pois até ao rali de Portugal tudo estava a ser cumprido á risca conforme tinhamos planeado, e hoje, tenho a certeza absoluta que caso não tivessemos parado por falta de verbas, teríamos lutado até ao fim pelo vice-campeonato do Gr.N, e no minimo, um lugar no pódio seria nosso com toda a certeza. Mas como de "ses" ninguém se governa, só me resta tentar apagar rapidamente este travo amargo que me ficou na boca e continuar a lutar, como aliás sempre fiz até agora, para conseguir reunir as condições necessárias para que o este projecto não pare. De momento esse é o meu grande objectivo.

Momentos mais marcantes da temporada?
Para mim, o momento mais marcante foi após o rali de Portugal, quando tomei consciência de que teriamos que parar e mandar fora tudo o que de bom tínhamos feito até então. Foi algo que me custou mesmo muito a digerir. Mas enfim, é assim a vida!

Que projectos (e/ou certezas) é que tens para 2011?
Neste momento, posso dizer que estou a lutar com todas as minhas forças para montar um projecto que possa disputar os primeiros lugares no Open, ao volante do Evo7.
Tem sido bastante duro, e nos últimos meses só me lembro daquilo que o Solberg terá passado para também montar o seu projecto. É algo muito desgastante e que só alguém com muita paixão e que se negue absolutamente a desistir, pode levar a cabo, pois existem alturas em que já não sabemos mais para onde nos poderemos virar em busca de apoios que se associem a nós nesta caminhada.

Apesar de tudo e de tantas dificuldades, até agora, cerca de 70% dos parceiros estão confirmados, mas ainda falta "um bocadinho assim...", para que possamos confirmar tudo. Espero sinceramente que os próximos dias tragam boas notícias, e que possamos avançar rapidamente com a apresentação do nosso projecto, equipa e parceiros para a próxima época.

Para terminar, aproveito uma vez mais para deixar um grande obrigado para ti e para este site por tudo o que de bom têm feito por esta modalidade, bem como um abraço a todos os adeptos dos RALIS. Bem hajam!

agradavsurpeNo dia seguinte ao final do Rally du Var, diversos pilotos portugueses tiveram oportunidade de estar a bordo do novo Citroen DS3 R3T.

A Citroen montou um programa de demonstração das potencialidades do seu novo carro, num troço usado durante o Rally Du Var e escolheu Thierry Neuvielle para fazer de piloto a mais de 50 outros pilotos (e não só) de toda a Europa.

Um dos pilotos que esteve com Thierry Neuvielle foi Frederico Gomes, tendo a vantagem de conhecer a zona do troço usada para este teste. Mesmo sem ter conduzido o carro Frederico Gomes ficou muito surpreendido com aquilo que viu e sentiu.

"O carro tem uma tracção fantástica, o motor possui um binário fabuloso e a caixa de velocidades é verdadeiramente excepcional", disse Frederico Gomes, adiantando que "fiquei muito impressionado com a eficácia do carro e com a facilidade com que aparentemente se conduz. É sem dúvida uma grande evolução face ao C2 e parece que o mesmo se adapta muito ao meu estilo de condução. Foi uma agradável surpresa".

fastbrpod10O Restaurante SAPO foi mais uma vez palco da festa do encerramento da terceira edição do Troféu FastBravo.

Num ambiente de convívio e boa disposição, a Organização entregou prémios às dezasseis equipas classificadas em 2010. Depois de Óscar Coelho e Paulo Barros, foi agora a vez de Orlando Duarte escrever o seu nome no livro dos vencedores deste troféu.

Jorge Pinto aproveitou a ocasião para garantir continuidade desta competição, voltando a sublinhar que "este é meio mais equilibrado e eficaz para o início de uma carreira nos ralis, e é também uma boa forma de aperfeiçoamento na arte de pilotar, mesmo para pilotos que já utilizaram carros bem mais potentes. A prova, vem dos relatos de pilotos com palmarés, que já participaram em alguns ralis a convite da Organização."

A qualidade conseguida em 2010 faz com que as evoluções para a edição 2011 sejam poucas, até porque, uma contenção de custos nesta fase, vem em boa altura.

Reportagem em video.

Classificação final:
1º Orlando Duarte / Cristiano Queiroga
2º Hugo Queirós / Jorge Ribeiro
3º Rui Garcia / Luís Sá
4º Diogo Gago / Jorge Carvalho
5º Sérgio Vaz / Rufino Silva
6º Fábio Ribeiro / Eurico Adão
7º Óscar Coelho / Hugo Cortês
8º Eugénio Madureira / Isabel Branco
9º Luís Silva / Luís Silva
10º Valter Martins / Inês Ponte
11º António Costa / Valter Cardoso
12º Patrícia Galvão /Carina Nogueira
13º Bruno Amaral / Luís Ponte
14º Bruno Viana / Vanessa Pacheco
15º Paulo Brás / Daniel Pereira
16º Luís Delgado / André Carvalho

Fotos: DPI (www.dpi.com.pt)

pitafesta10A RP Motorsport reuniu algumas dezenas de convidados, entre membros da equipa, patrocinadores, comunicação social, alguns convidados e amigos, para marcar o final da época desportiva de 2010.

Ao final da manhã, o ponto de reunião foi o Kartódromo de Viana do Castelo, localizado bem perto da Praia da Amorosa e a dois passos de Viana do Castelo, onde se realizou uma muito disputada corrida numa das melhores estruturas nacionais para a prática do Karting, tendo o vencedor sido Jorge Areia, também ele um nome bem conhecido dos ralis nacionais, nomeadamente nos Clássicos.

Mas os resultados finais desta corrida foram o que menos importou já que o objectivo era proporcionar momentos de convívio entre todos aqueles que de uma forma ou de outra estiveram ligados à actividade da equipa.

Depois da competição, seguiu-se um almoço onde se prolongou este convívio, e se falou da época passada que veio a consagrar o primeiro título da equipa, pois Renato Pita e Marco Macedo do Team BP Ultimate - RP Motorsport sagraram-se este ano Campeões Regionais de Ralis – Douro, e portanto, não faltaram razões para partilhar com todos este sucesso.

Renato Pita, mentor de todo o projecto encontrava-se visivelmente satisfeito...foi um excelente convívio pois é sempre bom juntar todos aqueles que de uma forma ou de outra deram ao longo deste ano o seu contributo, para que cada vez esta estrutura esteja cada vez mais forte. Este ano cumprimos os nossos objectivos, tendo pela primeira vez alcançado o meu primeiro título sagrando-me Campeão Regional de Ralis Douro. Para 2011 vamos de novo marcar presença nos ralis nacionais, mas ainda é cedo para entrarmos em pormenores sobre os planos da equipa, neste momento quero estar com todos aqueles que nos acompanharam e nos apoiaram e agradecer aos nossos patrocinadores por manterem a confiança no nosso projecto, sendo que para o ano haverá mais e espero eu, ainda melhor!"

RALIS ONLINE TV