faceralis

 

WEBINAR Prancheta-1-copia-6

Eventos

logofpakLuiz Pinto de Freitas, Presidente da FPAK, comentou no Ralis Online a presença de armindo Araújo no Mundial de Ralis. Aqui fica a sua opinião.

A recente contratação do bicampeão mundial de ralis (Produção). Armindo Araújo, para conduzir um Mini WRC no Mundial de Ralis 2011, integrado na equipa “satélite” da MINI, encherá certamente de orgulho todos os Portugueses sem excepção.

Não sendo uma estreia no WRC, já que a dupla Armindo Araújo/Miguel Ramalho nele participou nas três últimas épocas, essa bem sucedida experiência destes  três anos e o conhecimento de praticamente todos os ralis que integrarão o WRC 2011, dar-lhes-á certamente uma vantagem acrescida para poderem competir ao mais alto nível nos ralis do mundial.

Mas deveremos todos evitar criar já grandes expectativas no que se refere a resultados imediatos. Já que por um lado, eles vão competir integrados na “equipa satélite” da MINI e não na equipa “oficial”, desconhecendo-se por agora, se toda a tecnologia da equipa principal irá (ou não) ser “passada” em termos imediatos à equipa “satélite”. Ou mesmo se esta não será um “laboratório de testes” para a equipa principal.

Por outro lado, e não menos importante, o carro estará ainda em fase de desenvolvimento, prevendo-se que só em meados de 2011, o MINI WRC se possa vir a apresentar já ao nível técnico-competitivo elevadíssimo que um WRC exige.

A próxima estreia do MINI e da dupla portuguesa, no nosso Rali de Portugal, serão certamente um dos grandes cartazes promocionais da prova, já que tal estreia absoluta atrairá certamente as atenções de toda a imprensa desportiva internacional.

Mas orgulhosos que devemos estar todos desta “1ª vitória” da dupla Armindo Araújo/Miguel Ramalho ao integrarem uma equipa semi-oficial no Mundial de Ralis, não entremos em euforias e não lhes exijamos resultados imediatos.

Vamos todos apoiá-los com fervor, mas com os pés bem assentes no chão. Os bons resultados hão-de chegar dada a alta qualidade da dupla nacional.

Mas não "embandeiremos já em arco". Para que logo nas primeiras provas e à "boa maneira" portuguesa, não se entre em desilusão.

Luiz Pinto de Freitas

miniproganov11Depois de sete anos de uma ligação muito vitoriosa com a Mistubishi, Armindo Araújo vai agora defender as cores de uma nova marca. A Mini passa assim a ter em Portugal um excelente argumento de comunicação, chamado Armindo Araújo.

João Trincheiras, Corporate Communications Manager da BMW Group em Portugal, falou para o Ralis Online sobre o acordo de Armindo Araújo com a Mini.

O que representa para vocês o Armindo correr de Mini no WRC?
Foi com muita satisfação que a MINI Portugal recebeu o interesse manifestado pelo piloto Armindo Araújo em iniciar um novo passo da sua carreira com a MINI. O Armindo é um piloto com um palmarés invejável e este seria o passo lógico após ter conquistado nos dois últimos anos o campeonato do mundo de ralis de produção (P-WRC). No fundo são 3 estreias com um enorme potencial. O primeiro ano do  piloto e do MINI Countryman no Campeonato do Mundo de Ralis; e a primeira vez que Portugal vai estar representado na categoria máxima dos ralis mundiais. Acreditamos que será uma estreia positiva para todos – marca, piloto e país.

A associação da marca aos ralis é importante para um país como o nosso?
Sim, claro. É reconhecido o valor do Campeonato do Mundo de Ralis e a sua importância e visibilidade em solo nacional. Este campeonato é, sem dúvida, uma excelente plataforma de comunicação e de reforço da imagem desportiva da marca que, quase meio século depois, regressa ao mundial de ralis.

De que forma é que a Mini Portugal contribui para este projecto?
Ficámos bastante entusiasmados quando o Armindo nos manifestou interesse em dar o salto para a categoria máxima dos ralis mundiais, tendo-o apoiado desde o início, nomeadamente em questões logísticas.

barcebres111A organização do Rali de Bracelos, a cargo do CAM, decidiu e bem cortar os quase 3 Km finais da sexta especial de classificação que eram feitos …em terra. A chuva que caiu na zona de Barcelos levou a organização a tomar essa decisão, mas continua por explicar porque razão foi aprovado um regulamento de um rali de asfalto com 3 quilómetros de um troço em terra?

Ricardo Teodósio vai correr em Barcelos com um Mitsubishi Lancer Evo VII, deixando em casa o Citroen Saxo Kit-Car. Curiosamente o piloto algarvio vai tripular em Barcelos um carro que nunca viu e que apenas foi revisto em cima da hora para esta prova.

Jorge Santos vai estar presente em Barcelos, com o mesmo Saxo Kit-Car que tripulou em Fafe. O carro foi terminado mesmo em cima da hora, e Jorge Santos teve autorização dos médicos a estar presente nesta prova, mas com algumas cautelas.

O Rally Bar Competições, do também piloto Agostinho Oliveira, estreou em Barcelos um novo petisco na seu “tenda”. Uma carna assada com molho de leitão, bastante boa por sinal, que assim permite a esta “tenda” diversificar a oferta e diferenciar da concorrência.

dsnet1111Decorre já em bom ritmo a fase final de montagem dos Citroen DS3 R3T, tendo o site dos Campeões vindo a acompanhar mas de próximo o veículo que Paulo Neto irá utilizar no Rali Torrié.

Tudo indica que os três carros em construção possam ter agendado um teste comum, que registará a presença de um técnico da Citroen Sport, que irá fazer os acertos finais em cada uma das unidades.

No caso do carro de Paulo Neto, já estão montados todos os principais orgãos mecânicas (motor, caixa, suspensões, travões, etc) contudo faltam alguns elementos importantes como a electrónica, e diversos pequenos componentes essenciais para o funcionamento do carro.

VER FOTOS DA MONTAGEM

mis11segurosA empresa MIS racing insurance, líder de mercado e reconhecida internacionalmente, tem agora representante em Portugal e Espanha.

Esta empresa britânica (das poucas certificadas para o efeito) especializa-se em seguros para o ramo de motorsport, seja para rally ou velocidade e vem desenvolver um produto sempre útil para todos aqueles envolvidos nas mais diversas modalidades do automobilismo.

A MIS racing insurance tem a particularidade de poder fazer seguros talhados à medida de cada piloto ou equipa, dando ao mesmo tempo aconselhamento especializado.

Para todos os contactos em Portugal e Espanha relacionados com a MIS racing insurance  Luis Filipe Carvalho – + 351 960204735  email: Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar