faceralis

 

guiaaft

Eventos

rvmsefotos17Fotos: Paulo Homem (Proíbida a reprodução de fotos sem indicação da fonte)
Evento: Rali Vinho Madeira 2017 - Shakedown
Data: Agosto 2017
Site: www.ralisonline.net

 

 

bassoNo início do Rali Vinho Madeira, Giandomenico Basso já demonstrou ao que veio, vencendo a super-especial e sendo já o primeiro líder do rali.

Nesta primeira especial do rali houve já algumas incidências. Stephane Lefebvre furou a meio da super-especial e perdeu quase cinco segundos, a surpresa foi Miguel Barbosa com o segundo tempo absoluto e primeiro entre os concorrentes do Nacionald e Ralis, enquanto Aelxandre Camacho e João Silva, foram prudentes, pelo que o mais rápido dos madeirenses foi Miguel Nunes no Hyundai.

Artur Quintal também foi protagonista, infelizmente pelas piores razões, ao capotar o seu Citroen C2 R2, que levou ao atraso da super-especial.

 

rvmlogoInscritos Rali Vinho Madeira.

 

 

 

 

 

 

 

 

rvminscritos17

soaresAo vencerem pela quarta vez em quatro provas do Challenge DS3 R1, Diogo Soares / Luís Rodrigues deram um importante passo na conquista do título, embora o Rali de Sernancelhe Aguiar da Beira tenha sido dos mais disputados de sempre nesta competição.

Ao contrário do que deixa transparecer a vitória de Diogo Soares / Luís Rodrigues, o Rali de Sernancelhe Aguiar da Beira foi tudo menos fácil para esta dupla, pois os seus opositores discutiram ao segundo a vitória nesta prova, que é a quarta do Challenge DS3 R1 desta temporada.

Miguel J. Barbosa / Alberto Silva começaram por ser os líderes do rali, depois da dupla passagem pela super-especial de abertura, mas logo na segunda especial do rali, no início do segundo dia de prova, Diogo Soares / Luís Rodrigues passaram para a liderança, mas apenas por um troço.

Ricardo Sousa / Luís Marques, ao vencerem a 3ª especial, assumiram o comando da prova, que só viriam a largar no penúltimo troço, depois de várias classificativas disputadas ao segundo com Diogo Soares e com Miguel J. Barbosa, que tinha entretanto perdido algum tempo.

O vencedor das três primeiras provas atacou forte na penúltima especial, que venceu pela maior margem em todos os troços disputados neste rali, subindo à liderança que viria a gerir no derradeiro troço para obter mais uma vitória, a mais difícil de todas até ao momento.

"Esta foi muito suada. Entramos a forçar demasiado nos primeiros troços e não vimos os tempos sair como queríamos. Tentamos mudar o "chip" para a segunda volta e os tempos melhoraram consideravelmente. A partir daí, foi tentar andar o mais rápido que conseguíssemos sem arriscar demasiado. Nunca pensei somar 4 vitórias consecutivas. Tenho de agradecer a toda a gente que tem tornado isto possível", referiu no final Diogo Soares.

Na sua melhor prova da temporada, Ricardo Sousa ficou no segundo lugar a 8s de Diogo Soares, enquanto Miguel J. Barbosa foi terceiro a 29,2 do líder. Ainda em ritmo de aprendizagem dos ralis, Sérgio Brás / Rui Raimundo ficaram no 4º lugar a 4m50s do vencedor.

Tempos online do Rali de Sernancelhe: http://www.temposonline.camg.pt/PC/

 

ds3sernancelheO Challenge DS3 R1 vai entrar na segunda metade da temporada de 2017, com a realização do Rali de Sernancelhe / Aguiar da Beira, mantendo-se a expectativa sobre quem poderá derrotar Diogo Soares.

Três provas, três vitórias. É este um excelente "score" da dupla Diogo Soares / Luís Rodrigues na edição 2017 do Challenge DS3 R1, antes de partir para a quarta prova da temporada o rali de Sernancelhe / Aguiar da Beira, que estará na estrada nos próximos dias 21 e 22 de julho.

No entender de Victor Calisto, responsável pelo Challenge DS3 R1, apesar das três vitórias da dupla Diogo Soares / Luís Rodrigues "ainda nada está decidido em termos de contas finais. Para além da excelente prestação do Diogo Soares até ao momento, nota-se que os pilotos estão com andamentos cada vez mais semelhantes, o que perspetiva um Rali de Sernancelhe / Aguiar da Beira emocionante e de desfecho imprevisível".

O líder absoluto do Challenge DS3 R1, Diogo Soares, diz que "vamos tentar manter o ritmo e tentar andar na frente do pelotão. Já mostramos alguma evolução desde o início do ano, em Castelo Branco, e vamos continuar a trabalhar para continuar a evoluir no sentido certo. Temos plena noção que os nossos adversários também estão cada vez mais fortes, e sabemos que a luta vai ser muito renhida até ao fim, tal como aconteceu no último rali".

Miguel J. Barbosa tem vindo a subir de forma prova após prova, dizendo que "depois de efetuarmos um teste de preparação para este rali estamos mais confiantes. Prevemos mais uma vez uma disputa interessante pelo primeiro lugar".

Ricardo Sousa quer regressar às boas exibições em Sernancelhe, tentando nesta prova recuperar algum dos pontos perdidos nas provas anteriores.

Hugo Lopes quer em Sernancelhe manter a subida de forma registada desde o início da época, pelo que "mais uma vez vamos dar o nosso melhor, vamos tentar acompanhar os tempos da frente e lutar por um lugar no pódio. É um rali longo mas vamos preparar bem o rali e por isso estamos confiantes de que podemos atingir os nossos objetivos".

Depois dos quilómetros feitos na prova anterior, Sérgio Brás refere que "o principal objetivo para está prova será o mesmo da anterior, terminar, acumular quilómetros e experiência, tentando sempre que der andar rápido, mas sempre com o pensamento de terminar na melhor posição possível".

O Rali Sernancelhe / Aguiar da Beira estará na estrada nos próximos dias 21 e 22 de julho.

Mais informações do Rali Sernancelhe / Aguiar da Beira em http://camg.pt/

Toda a informação do "Challenge" está em constante atualização no website www.challengeds3r1.com e em www.facebook.com.

RALIS ONLINE TV