faceralis

 

posvendaclick

Eventos

netoA dupla Paulo Neto / Vitor Hugo decidiu encerrar a temporada no Rali das Camélias, uma prova que regressa ao calendário nacional mais de duas décadas depois da última edição.

Passadas as emoções do Campeonato de Portugal de Ralis de 2018, Paulo Neto / Vitor Hugo vão voltar ao volante do Citroen DS3 R3T Max, no próximo dia 1 de dezembro, para disputarem o Rali das Camélias, uma prova extra que encerra uma série de particularidades. Há 23 anos que não se realiza, sendo um momento único para voltar a disputar os célebres troços da Serra de Sintra, como por exemplo a Lagoa Azul e a Peninha, caminhando o rali até Mafra, região onde Paulo Neto reside.

"Não podia faltar a este rali. Muitas das pessoas que me conhecem e me apoiam nos ralis nunca me viram ao volante de um carro de ralis, sendo agora uma oportunidade única de o fazerem, já que esta prova é disputada nas regiões onde resido e onde desenvolvo a minha profissão", explica Paulo Neto, dizendo que "para além de ser uma prova na minha região, é também uma excelente oportunidade de fazer os famosos troços de Sintra, Estoril e de Mafra que tanta tradição e história têm nos ralis em Portugal. No fundo é o regresso dos ralis à zona de Lisboa, o que é muito positivo para esta modalidade".

Sendo uma prova extra, não existem propriamente objetivos desportivos de Paulo Neto para este Rali da Camélias, mas mesmo assim "queremos fazer o melhor rali possível proporcionando um bom espetáculo, andando rápido apesar de ser uma prova com troços traiçoeiros, algo estreitos, sinuosos e por vezes com piso irregular. Aproveito ainda a oportunidade para agradecer a entrada da Peçintra, peças para automóveis em Sintra, que se associou ao projeto de ralis da Paulo Neto Sport".

A Paulo Neto Sport conta com a assistência técnica da P&B Racing e dos parceiros Roca, Weber, Baxi, Dominó, Italbox, Quantinfor, Total, Caras Decoração, Vitarte, Banhoazis, Peçintra e Cision, para o Rali das Camélias.

logoralisA partir de hoje o site ralis online vai passar a publicar apenas as informações relativamente às provas de ralis que se disputam em Portugal, fazendo apenas as reportagens das provas do Nacional de Ralis em 2019.

Para além disso, irá também publicar fotos de ralis, videos de ralis e uma ou outra informação que considere relevante, como é o caso do Rali de Portugal. Talvez aqui sejam colocados alguns artigos de opinião do editor, retomando uma tradição antiga.

Será uma versão ainda mais reduzida do site Ralis Online que assim não será mais atualizado diariamente como foi nos últimos 15 anos, dos quase 18 que leva de história.

Obrigado a todos que em quase 18 anos nos continuam a acompanhar, que podem continuar a ler toda a atualidade na página do Grupo Ralis em Portugal, que mais não é do que a página do facebook do site www.ralisonline.net.

manaiacarNo próximo fim-de-semana (16 e 17 de Novembro) a "caravana" dos ralis Nacionais ruma a Portimão para a disputa da última jornada do Campeonato "principal" da modalidade, uma prova que será também palco da final do European Rally Trophy e pontuável para o Campeonato de Portugal Clássicos de Ralis, competição na qual o Team MANAIACAR irá continuar a lutar pelo título.

O Rallye Casinos do Algarve, organizado pelo Clube Automóvel do Algarve, também pontuável para a Peugeot Rally Cup Ibérica e para o Campeonato Sul de Ralis, terá o seu Centro Operacional e pódio localizados no Hotel Algarve Casino na Praia da Rocha.

"Estamos preparados para o nosso regresso ao Algarve, onde iremos dar o nosso melhor para entrar na luta pela vitória entre os Clássicos, pois é essa a nossa 'guerra'. O Golf foi totalmente revisto para estar nas melhores condições possíveis e a nossa motivação está em alta, pelo que, vamos agora tentar treinar e conhecer as 'especiais' da prova, para que possamos lutar com os nossos adversários com o menor handicap possível." começou por referir Joaquim Bernardes.

"As contas pelo 'título absoluto' estão ao rubro e só a vitória nos serve para que assim continue. Para que isso possa ser possível contamos com a fiabilidade da máquina e com o apoio da nossa equipa de assistência, bem como com o apoio dos nossos familiares, patrocinadores e, claro está, como o apoio de todos os amigos e fãs da modalidade. Como já referi, vamos dar o melhor de nós, tal como sempre acontece, e depois logo se vê como termina esta vinda até ao Sul de Portugal." concluiu o líder do Team Manaiacar.

A prova iniciar-se-á às 13h30 da próxima sexta-feira (16), com os concorrentes a rumarem à Serra de Monchique para aí disputarem quatro Especiais Cronometradas, numa dupla passagem por "Alferce" e "Fóia". O centro da Cidade de Lagos será palco da derradeira prova do dia, a Super-Especial nocturna. No dia de sábado a prova prossegue com uma dupla passagem pelas Especiais de "Nave Redonda", "Monchique" e "Chilrão", estando o pódio final agendado para cerca das 16h00.

O Team MANAIACAR conta com os apoios da MANAIACAR Peças Reutilizáveis Camiões; CFO; CINCA; Cartonagem CARDOSO; Câmara Municipal de Santa Maria da Feira e jornal CORREIO da FEIRA.

appaCOMUNICADO APPA, que tomou a decisão de recorrer aos tribunais, accionando judicialmente a FPAK. Aqui fica o comunicado.

Há já muitos anos que se vem questionando a distribuição da representatividade dos associados da FPAK na sua Assembleia Geral.

Desde sempre tem sido dito que a actual situação decorre do facto de as leis desportivas terem sido pensadas para o futebol e meramente adaptadas às outras modalidades desportivas – FPAK naturalmente incluída.

Porém, desde o início deste ano que a APPA tem vindo a desenvolver uma análise e um estudo deste assunto, que nos conduziu à forte convicção, assente em sólidas bases legais, de que a Lei não se encontra devidamente aplicada nos estatutos e nos diversos regulamentos da FPAK.

Na verdade, a Lei obriga a que 70% dos delegados com assento na Assembleia Geral da FPAK sejam eleitos por clubes desportivos. Mas – e aqui um dos fulcros da questão – estes clubes desportivos têm obrigatoriamente que ter por escopo (finalidade) o fomento e a prática directa e efectiva de modalidades desportivas.

Ora, todos sabemos que as entidades que actualmente têm assento na AG da FPAK não são "clubes desportivos" na acepção que a lei expressamente exige: são entidades que não se dedicam directamente à prática da modalidade, mas sim à organização de provas, numa vertente pura de prestação de serviços (como um normal fornecedor).

Assim, na prática são esses fornecedores de serviços que, objectivamente controlam a FPAK, fazendo-o na defesa de interesses que não são propriamente coincidentes com os que fundamentam a existência da Federação.

Neste contexto, a APPA tomou a decisão de recorrer aos tribunais, accionando judicialmente a FPAK, com vista a provocar a alteração da sua estrutura e dos seus regulamentos, por forma a os adequar às regras que são impostas por Lei.

Nos próximos dias prestaremos esclarecimentos adicionais, ficando à disposição de todos para responder a questões que pretendam ver clarificadas.

estorilEntre os dias 1 e 7 de outubro realiza-se o Estoril Classics Week, evento que contará com diversos outros eventos.

Para lém do Rali de Portugal Histórico, que se realiza de 1 a 6 de outubro, a novidade (entre outras, como a passagem por Braha, Lousa e Fafe) é que a prova termina com um Slalom no Autódromo do Estoril, dia 6 de outubro.

Este Slalom contará com a presença de alguns dos carros participantes no Rali de Portugal Histórico, mas o destaque irá para um Audi Quatro de Grupo B conduzido por Stig Blomqvist e para um Lancia Delta conduzido por Miki Biason.

RALIS ONLINE TV

RALIS ONLINE TV 2