faceralis

 

posvendaclick

Eventos

ds3viana17O Challenge DS3 R1 regressa em 2017 a Viana do Castelo, para um dos ralis mais animados desta competição, numa prova que poderá já definir o campeão.

Diogo Soares / Luís Rodrigues estão imparáveis no Challenge DS3 R1 em 2017. Em quatro provas venceram as quatro e, por isso, são obviamente os principais favoritos a novo triunfo no Rali de Viana do Castelo, que a acontecer lhes dará a renovação do título nesta competição. Porém, Miguel J. Barbosa, Ricardo Sousa e Hugo Lopes estão cada vez mais próximo de Diogo Soares, pelo que quererão certamente alcançar a vitória no Rali Viana do Castelo, prova que estará na estrada dias 8 e 9 de setembro.

Para Victor Calisto, responsável pelo Challenge DS3 R1, o Rali de Viana do Castelo "é sempre uma prova imprevisível pelo que tudo pode acontecer. O domínio do Diogo Soares tem sido evidente, mas também tem sido evidente que todos os seus adversários estão mais rápidos de prova para prova, pelo que a oportunidade deles também está para chegar. Por certo que vai ser uma grande prova".

O QUE DIZEM OS PROTAGONISTAS

Depois de quatro vitórias, Diogo Soares chega a Viana do Castelo com francas possibilidades de conquistar novamente o título no Challenge DS3 R1 e pretende fechar já, se possível, essas contas. "Como desde o primeiro rali do ano, os nossos objetivos para Viana serão tentar rodar nos lugares da frente e lutar pela vitória. Teremos que nos adaptar ao Citroen novamente, depois do Vinho Madeira de R2, mas esperamos fazer um bom rali e tentar fechar já as contas para o título", afirma Diogo Soares.

Miguel J. Barbosa não se quer comprometer com a vitória em Viana do Castelo, mas o piloto de Famalicão diz que "vamos entrar neste rali como entramos nos anteriores. Como sempre vamos dar o nosso melhor tentando alcançar o melhor resultado possível".

Para Ricardo Sousa, que corre pela terceira vez em Viana do Castelo, este poderá ser finalmente o seu rali. Contudo, o piloto diz que "o objetivo para Viana passa por tentar rodar no ritmo que conseguimos alcançar em Aguiar da Beira. A estratégia será tentar impor um ritmo forte desde o primeiro quilómetro de modo a que possamos estar na luta pelos lugares da frente".

Hugo Lopes tem feito uma excelente evolução nesta temporada, com exibições mais rápidas e consistentes, apesar de alguns azares. O piloto de Viseu diz que "as ambições passam por lutar pelos primeiros lugares, depois de duas desistências já não é possível lutar por um bom lugar no campeonato, mas agora o objetivo é preparar o próximo ano e tentar lutar pelas vitórias nas provas. Vamos fazer o nosso melhor".

Sérgio Brás vai continuar o seu processo de evolução, pelo que para Viana do Castelo o piloto refere que "para esta prova os objetivos são continuar a evoluir fazer quilómetros com o objetivo de tentar chagar o mais acima possível na classificação tentando imprimir um andamento em crescendo, sempre com o pensamento em terminar a prova nesta que é a minha quarta participação".

O Rali de Viana do Castelo estará na estrada nos próximos dias 8 e 9 de setembro.

Mais informações do Rali do Rali de Viana do Castelo em www.cast.online.pt

Toda a informação do "Challenge" está em constante atualização no website www.challengeds3r1.com e em www.facebook.com.

navegadoresNuma organização da Filipe Sport, vai decorrer em Leiria, no dia 2 de setembro o 1º curso de navegadores.

As inscrições encontram-se abertas até ao dia 26 de agosto.

Para mais informações AQUI

ralisemportugalO grupo Ralis em Portugal, atingiu os 30.000 membros.

É um grupo onde todos os que gostam de ralis podem colocar as suas informações e notícias sobre ralis, bem como partilhar tudo o que de bom os ralis têm.

Apenas temos que vos dizer obrigado.

https://www.facebook.com/groups/ralisemportugal/

camposrvmfim17Miguel Campos / António Costa terminaram no quarto lugar a edição de 2017 do Rali Vinho Madeira, um resultado fora do pódio muito por culpa da chuva que caiu no primeiro dia prova.

Legitimamente esperançado em lutar pelo pódio, Miguel Campos, que teve seu lado António Costa, foram vitimas da chuva que inundou grande parte dos troços que constituíam o primeiro dia do Rali Vinho Madeira. Sem quaisquer testes em chuva com o Skoda Fabia R5, viatura que estava com o set-up ideal para pisos secos, Miguel Campos teve muitas dificuldades em acompanhar o ritmo dos primeiros, hipotecando logo na primeira etapa quaisquer hipóteses de lutar pelos lugares do pódio.

"A chuva não estava mesmo nas nossas previsões para esta prova. Tínhamos a certeza que estávamos com um bom "set-up" para pisos secos, o que nos alimentou a esperança de obter um grande resultado nesta prova. Contudo, com a maioria dos troços da primeira etapa completamento molhados, e sem ter o carro afinado para tal, tentamos acima de tudo não perder muito tempo e evitar uma saída de estrada", explica Miguel Campos, argumentando que "no segundo dia, já com pisos secos, que estavam mais a nosso gosto, não valia a pena arriscar muito, pois a nossa classificação estava encontrada. Ainda subimos ao quatro lugar, mas ficou a sensação de que se estivesse sempre piso seco poderíamos ter alcançado um melhor resultado. Quero agradecer o apoio de todos os madeirenses ao longo da prova, que dão a esta prova um ambiente fantástico".

Refira-se que a MIC Sport esteve presente no Rali Vinho Madeira com o apoio dos seguintes patrocinadores: Porminho, Socicorreia, Sampaio & Sampaio, TIMM, Luís Sampaio Morais, Leracsoft, Campos & Campos e GOE.

fotosrvm2dia17Fotos: Paulo Homem (Proíbida a reprodução de fotos sem indicação da fonte)
Evento: Rali Vinho Madeira 2017 - 1ºDia
Data: Agosto 2017
Site: www.ralisonline.net