faceralis

 

posvendaclick

Eventos

stouffO Rally Legend Boucles de Spa, voltou a ser um evento exatamente como nos últimos anos, ou seja, um pedaço sólido de espectáculo. Durante e após o evento, foi muito confuso para espectadores e pilotos pois, houve muitos problemas com os resultados.

Alguns jornais de Wallon falam de uma competição sem um vencedor, tão bizarro quanto um país sem governo ... O problema com os pontos começaram no momento em que todos os tempos de sexta-feira do RT1 foram excluídos. Infelizmente, isso também significou o fim do jogo já para alguns tenores. O motor do Mazda RX7 de Henning Solberg partiu-se e Freddy Loix despistou-se com o Skoda 130 RS.

No sábado, foi uma situação muito difícil para os espectadores e, provavelmente, para os pilotos. As medições dos tempos foram um fracasso e a classificação geral provisória foi feita, mas o ranking definitivo ainda é esperado. De acordo com a classificação preliminar Stefaan Stouf terá vencido o rally pois, ficou com um ponto de diferença para Patrick Snijers e Marc Duez.

Robert Droogmans, François Duval, Bruno Thiry, Thierry Neuville e muitos outros não conseguiram ver a linha de chegada mas, o espectáculo foi mais que suficiente, embora tenha havido desvios no asfalto seco e não pode ser comparada com o passado (em parte) com as edições de neve.

Colaboração Ricardo Nascimento

 

 

logonos11A North One Sport, promotor do WRC, assegurou o seu futuro após uma injecção maciça de dinheiro, proveniente do bilionário russo Vladimir Antonov.

A revista Autosport britânica, deu a conhecer esta notícia à poucos dias atrás e falou com Olivier Quesnel a respeito deste assunto, no qual, o francês elogiou este acordo e o seu potencial para garantir o futuro da promoção do WRC.

Olivier Quesnel: "O meu pressentimento em relação à North One TV, era de não estarmos muito perto do fim, porque eles não tinham dinheiro para investir. Temos estado a falar nos últimos três anos para nada mas, agora chegaram os russos. Parece que ele (Vladimir Antonov) tem algum dinheiro e um plano. Ele vai investir e eu tenho a certeza de que o Presidente da FIA, Jean Todt, perguntou por garantias do investidor. Eu penso que poderemos estar bem nos próximos três anos."

Vladimir Antonov é apontado por ter fortes ligações com a Saab e o seu investimento no WRC, poderá ter algo a ver com o regresso da marca aos rallies que agora é propriedade da Spiker.

Colaboração Ricardo Nascimento

armindtestmi11Armindo Araújo já teve o primeiro contacto com o MINI WRC, carro com que disputará o Campeonato do Mundo de Ralis em 2011. O piloto de Santo Tirso integrou os testes oficiais da equipa, que decorreram em Chateau Lastours (sul de França), regressando a casa visivelmente satisfeito e motivado com esta sua primeira sessão de trabalho.

Inteirar-se de todos os detalhes do novo Mini WRC e conhecer ao pormenor a equipa que está a construir e desenvolver o carro, foram os principais objectivos de Armindo Araújo que no final do dia considerou, este primeiro contacto "muito produtivo e útil". Sempre acompanhado de perto por David Lapworth, director técnico da Prodrive, o bicampeão do PWRC começou a sessão de trabalho ao lado de Kris Meeke e logo ai tirou as primeiras ilações. "Mesmo antes de guiar, fiquei com a sensação que o Mini tem uma base muito interessante e que mostra muito potencial. O Kris Meeke já fez muitos quilómetros e isso notou-se de imediato pela forma como conduzia", começou por dizer o piloto português, que poucas horas depois se sentou, pela primeira vez, ao volante do Mini WRC.

"Apesar de ter feito apenas cerca de 60 quilómetros fiquei agradado com as reacções do Mini, que me pareceram muito neutras e previsíveis, o que o torna fácil de guiar. Estes novos WRC exigem mais esforço por parte do piloto e no meu caso concreto sei que há ainda muito para fazer. Vamos trabalhar com calma, com muita determinação e ao longo do ano poderemos já ter resolvido todos os pequenos detalhes de juventude que um projecto destes acarreta à nascença", afirmou ainda o piloto tirsense.

Para já, Armindo Araújo acha verdadeiramente importante "testar o mais possível e conhecer ao milímetro o MINI WRC". Resultados rápidos não passam pela cabeça do piloto. "Em termos gerais pareceu-me que o Mini será um carro fiável e com muito potencial. Todos sabemos que há muito trabalho a fazer e por isso não vamos pensar em nada que não seja o de evoluir gradualmente para no futuro poder chegar a bons resultados. Foi assim que encarei a minha entrada no PWRC e é com essa ideia que vou agora começar este grande projecto", concluiu.

Armindo Araújo voltará a testar com a equipa oficial no inicio do mês de Março, em Espanha, não estando ainda definida a data exacta para a realização dos testes.

miniaramin11testes

testealgare11Após a presença da Ford no final do ano passado em Tavira, ficou desde logo prometido o regresso a solo luso para continuar o desenvolvimento do Fiesta WRC, que teve uma estreia brilhante no Rali da Suécia.

Aliás, ainda antes do Rali da Suécia, já a M-Sport anunciava em comunicado que iria estar em Portugal logo a seguir à prova nórdica, dando informações que Latvala cumpriria os dois primeiros dias e Hirvonen os três restantes.

Estes testes a decorrer no Algarve, servem, segundo a M-Sport (que os tornou públicos sem qualquer segredo) de preparação para o Rali do México.

Sem qualquer confirmação oficial, Bernardo Sousa poderá conduzir o Fiesta WRC no derradeiro dia destes testes.

hyundai11Num processo em tudo semelhante ao que se passou com Ken Block e a Ford em 2010, a filial americana da Hyundai vai estar presente em 2011 nos XGames (e também no USA Ralicross Championship) com um carro totalmente novo.

O modelo será o Veloster, que só será comercialmente vendido em 2012, sendo uma excelente base para um futuro WRC. Contudo, o Veloster Rally Car agora apresentado terá um motor de 2.6 litros, com 500 cv, caixa de 6 velocidades e quatro rodas motrizes.

Para além desta potente versão, a Hyundai America vai também colocar a correr uma versão de apenas duas rodas motrizes e com uma base mecânica proveniente de série.

A Red Bull suporta este projecto, estando o desenvolvimento do carro a carga da empresa americana RMR (Rhys Millen Racing).

Sem dúvida um projecto a acompanhar com atenção.

RALIS ONLINE TV

ANUÁRIO RALIS ONLINE 2020

Facebook FanBox

RALIS EM PORTUGAL RALIS EM PORTUGAL