faceralis

 

posvendaclick

Norte

logocapitaldomovel10O Clube Automóvel do Minho vai encerrar o Campeonato Regional de Ralis Norte, organizando no dia 6 de Novembro, a primeira edição do Rali Capital do Móvel.

Trata-se de uma prova também aberta a outros concorrentes como extra-campeonato e onde se espera que a competitividade esteja presente, apesar de Luis Mota já ter conseguido o titulo na jornada anterior.

Seja como for, há ainda algumas posições a definir em alguns lugares imediatamente a seguir. Assim, Gil Antunes está no segundo posto com dez pontos de avanço sobre Júlio Bastos, isto sem deitar os três piores resultados fora como prevê o regulamento. Nestas circunstâncias, Antunes tem já o segundo posto assegurado.

Pelo contrário, Bastos poderá ainda perder o terceiro posto para Tiago Almeida, apesar dos oito pontos que tem a mais. De resto, Paulo Silva e Renato Cunha também podem ter algo a discutir neste fecho de temporada.

O prazo para as inscrições foi prolongado até ao dia 3 de Novembro.

apresencapya10A Câmara Municipal de Paços de Ferreira foi palco ao final da tarde de ontem, da apresentação da 1ª Edição do Rali Capital do Móvel, prova agendada para o dia 6 de Novembro com organização do Clube Automóvel do Minho.

Na ocasião foram dados a conhecer todos os pormenores desta estreia em termos de Campeonato Regional de Ralis Norte, sendo neste caso a derradeira etapa da temporada, estando ainda aberta, como extra-campeonato, a viaturas de outras competições de estrada.

Barbosa Ferreira, começou por agradecer: "À Câmara Municipal por ter acolhido este projecto, bem como à Associação Empresarial, que também está connosco, pois sem eles era impossível organizar este rali". O presidente do CAM não esqueceu também: "Os nossos patrocinadores que estão connosco". Por outro lado, e como se trata de uma prova totalmente nova: "Não quisemos deixar nada ao acaso e, naturalmente, com maior incidência no capítulo da segurança, onde nos empenhámos para que tudo corra bem e em ambiente de festa", disse ainda Barbosa Ferreira, que depois explicou em detalhe as classificativas a percorrer pelos concorrentes.

Pelo lado da edilidade local, António Coelho explicou que esta prova: "Insere-se numa política que vem sendo seguida este ano no apoio a uma série de iniciativas que tragam notoriedade a Paços de Ferreira". O vereador do desporto, sublinhou ainda que o: "Comércio local exige que haja actividade desportiva e sabemos que o automobilismo movimenta muita gente. Ora, este facto é muito positivo para afirmação do nome da nossa terra".

Por fim, Rui Carneiro, vice-presidente da Associação Empresarial de Paços de Ferreira, onde vai ficar instalada toda a organização do Rali Capital do Móvel, afirmou: "Todo o apoio ao CAM, fazendo votos para que seja uma grande prova e com o maior sucesso".

Acrescente-se ainda que o CAM vai efectuar um desconto de cerca de 30 por cento na inscrição para todos os concorrentes de Paços de Ferreira, havendo ainda prémios para os primeiros classificados

Em termos de estrutura, os concorrentes vão ter pela frente duas provas especiais em piso de asfalto percorridas por duas vezes, a que se junta uma Super-Especial disputada ao princípio da noite de sábado e que vai encerrar a prova. Seroa, com 14 quilómetros, e Raimonda/Freamunde, com 7,45, são as classificativas, a que se junta os 1,5 quilómetros da Super-Especial Paços de Ferreira. No total serão percorridos 86,97 quilómetros, dos quais 44,72 cronometrados.

As inscrições estão abertas e decorrem até 29 de Outubro

Comunicado CAM

movemnor10O Clube Automóvel do Minho organiza no dia 6 de Novembro a 1ª Edição do Rali Capital do Móvel, jornada totalmente nova e que vai encerrar o Regional Norte da modalidade, estando ainda aberta, como extra-campeonato, a viaturas de outras competições de estrada.

Como se trata de uma estreia, foi necessário montar uma estrutura nova e esta já está pronta com os concorrentes a terem pela frente duas provas especiais em piso de asfalto percorridas por duas vezes, a que se junta uma Super-Especial disputada ao princípio da noite de sábado e que vai encerrar a prova.

Seroa, com 14 quilómetros, e Raimonda/Freamunde, com 7,45, são as classificativas da prova, a que se junta os 1,5 quilómetros da Super-Especial Paços de Ferreira.

No total serão percorridos 86,97 quilómetros, dos quais 44,72 cronometrados. Acrescente-se ainda que o centro organizacional da prova será na Associação Empresarial de Paços de Ferreira, onde estará instalada também a Sala de Imprensa.

As inscrições já estão abertas e decorrem até 29 de Outubro

logocapitaldomovel10Paços de Ferreira vai receber uma nova prova, que integra do Campeonato Regional de Ralis Norte, sendo organizada pelo Clube Automóvel do Minho.

O Rali Capital do Móvel, em primeira edição, irá para a estrada dia 6 de Novembro, com cinco provas especiais de classificação, sendo que a última é uma super-especial nocturna.

 

 

 

PROVA: Rali Capital do Móvel
ELEGIBILIDADE: Regional Norte, Extra e Troféu Fiat(e)
DATA: 6 de Novembro de 2010
ORGANIZADOR: Clube Automóvel do Minho
CONTACTOS: (t:) 253 300 450 / Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar / www.camminho.com
PERCURSO: 83,86 Kms / Troços – 42,62 Kms
NOVIDADES: Prova completamente nova
CENTRO OPERACIONAL: Associação Empresarial de Paços de Ferreira
INSCRITOS / MAPA DOS TROÇOS / ACESSOS AOS TROÇOS

HORÁRIOS
1ª ETAPA – 1ª SESSÃO SÁBADO, 6/11/2010
Paços de Ferreira / Paços de Ferreira
Assistência 13h50m
1ª Pec – Seroa 1 (14,16 Kms) 14h15m
2ª Pec – Raimonda / Freamunde 1 (6,35 Kms) 14h47m
Assistência 15h01m
1ª ETAPA – 2ª SESSÃO
3ª Pec – Seroa 2 (14,16 Kms) 16h26m
4ª Pec – Raimonda / Freamunde 2 (6,35 Kms) 16h58m
Assistência 17h12m
1ª ETAPA – 3ª SESSÃO
5ª Pec – Prova Especial Paços de Ferreira (1,60 Kms) 20h00m
Assistência 20h05m
Pódio 20h30m

 

capiatmo10mapa

motafaladoti10Para Luís Mota já não é novidade ser Campeão Regional de Ralis, pois já o conseguiu em anos anteriores em diversas competições.

Em 2010 Luís Mota renovou o título de 2009 no regional Norte, após ter disputado no passado fim-de-semana o Rali de Monção, que não ganhou, mas no qual obteve a pontuação máxima.

"Não arriscamos mesmo nada e controlamos da melhor forma a nossa prova. O carro esteve muito bem, não tivemos qualquer percalço e atingimos em pleno os nosso objectivos. Com este resultado conseguimos já garantir o título, o que nos deixa muito satisfeitos e com a sensação de dever cumprido", disse Luís Mota.

Uma época de aposta forte para a equipa, que face à nova regulamentação dos Regionais, sabiam que o essencial seriam fazer 6 bons resultados. Segundo Luís Mota "em todas as provas tentamos sempre vencer, e dar o nosso melhor. Nem tudo correu bem ao longo da época, mas tínhamos a noção que este ano ia premiar o piloto com melhores resultados e não o mais regular por assim dizer. Das seis pontuações que podemos aproveitar, temos já quatro vitórias o que à partida nos garante já o título, pois apenas falta disputar uma prova".

Para além do Regional Norte "este ano estamos a disputar três campeonatos, sendo que ficamos muito contentes por garantir já este campeonato. No Open a tarefa está mais complicada e os objectivos no momento são assegurar o vice-campeonato. No regional centro tudo está em aberto e tudo vamos fazer para também triunfar", salientou o piloto do Mitsubishi EVO IV.

RALIS ONLINE TV

RALIS ONLINE TV 2