faceralis

 

banner curso Prancheta-1

CPR

daciaA dupla Gil Antunes e Diogo Correia decidiram subir de categoria no campeonato nacional de Ralis, após terem conquistado o lugar mais alto do pódio na categoria RC3 e Nacional de duas rodas motrizes na época de 2019.

Este ano, a dupla Aruilense junta-se à Domingos Sport e ao Dacia Sandero R4, que é o automóvel com que irão "atacar" as especiais do Campeonato Português de Ralis.

O KIT R4 desenvolvido pela Oreca, foi concebido para poder ser aplicado numa maior diversidade de marcas, e ao mesmo tempo usufruir de uma viatura competitiva com uma manutenção mais económica quando comparado com um R5.

De acordo com Gil Antunes, esta é a evolução natural para quem sai das duas rodas motrizes e pretende guiar um automóvel competitivo, numa classe que é uma novidade e que se torna muito atrativa para marcas e patrocinadores.

O ano de 2020 será um ano de adaptação e aprendizagem, onde o piloto pretende ganhar experiência nas 4 rodas motrizes e andar o mais próximo possível dos automóveis da categoria R5.

Para a Domingos Sport Competição este projeto é uma mais-valia, por ser pioneiro em Portugal e por se estrear com o campeão nacional das duas rodas motrizes.

O Gil Antunes e o Diogo Correia não estarão presentes no Rali Serras de Fafe, mas estão a trabalhar arduamente para realizar 8 provas do campeonato português de Ralis.

 

 

 

 

mexUm nome que dispensa apresentações no panorama dos ralis nacionais e um carro idolatrado pelos fãs dos ralis e do desporto automóvel em geral... Uma combinação perfeita! O piloto "Mex" Machado dos Santos e o carismático Porsche 911 GT3 vão unir forças em prol do espetáculo e participar no "Rallye Serras de Fafe e Felgueiras", estreando o carro germânico em ralis com pisos de terra, em Portugal. Simplesmente, a não perder...

Depois de há 11 anos ter revolucionado o panorama dos ralis nacionais, ao participar com um inédito e espetacular Porsche 911 GT3 no Campeonato Nacional de Ralis, Mex Machado dos Santos prepara-se para voltar a escrever história no Campeonato Portugal de Ralis!

Desta vez, o Bicampeão de Ralis de GT (2008 e 2009) promete voltar a causar sensação, com um regresso esporádico à mais importante competição de ralis disputada em Portugal, novamente ao volante de um Porsche 911 GT3, mas agora numa prova disputada em piso de terra!

O "Rallye Serras de Fafe e Felgueiras", na estrada entre 27 e 29 de fevereiro, foi a prova escolhida para esta inédita participação, onde um Porsche 911 GT3, tradicionalmente mais adaptado às pistas e circuitos, fará uma incursão em classificativas de terra, bastante mais exigentes para mecânica, mas decididamente também, mais espetaculares para o público.

É, aliás, essa espetacularidade, uma das grandes motivações para o regresso ocasional do piloto portuense, que confessa: "A participação no Rally Serras de Fafe e Felgueiras deve-se ao convite feito pelo Bicampeão espanhol de ralis, Sergio Vallejo, que me desafiou a regressar, como forma também de internacionalizar o seu projeto e equipa, mas também de mantermos a tradição de ambos corrermos de Porsche, que já vem do passado".

Quanto a objetivos, "Mex" Machado Santos admite que "passam pela diversão pessoal e, claro, o entretenimento do público, deixando o resultado desportivo para segundo plano".

Para o piloto apoiado pela Prio, Glassdrive e Supreme, que terá como navegador Luís Sá, "esta será uma oportunidade única para o público de ver um carro tão emblemático como o Porsche 911 GT3 a fazer um rali de terra em Portugal, onde as suas características de elevada potência, tração traseira e som inebriante, aliadas ao estilo de condução que queremos adotar, proporcionarão sensações fortes e inesquecíveis a quem o vir passar na estrada".

Uma postura descontraída, mas também profissional, como nos habituou nos seus projetos, que, de resto, não poderia estar mais de acordo com o nome escolhido para a equipa - "Live the Moment" (em português, "Vive o Momento") -, que terá o apoio técnico da estrutura de Sergio Vallejo Racing e da formação Extreme Raid.

Disputando-se na "Catedral" dos ralis nacionais, o "Rallye Serras de Fafe e Felgueiras" é a prova de abertura do Campeonato Portugal de Ralis 2020, contando com um esquema competitivo de 13 Provas Especiais (num total de 132,95 km disputados ao cronómetro), que se dividem pelos concelhos de Fafe, Felgueiras e Vieira do Minho.

armindoArmindo Araújo apresentou hoje o seu projeto para o Campeonato de Portugal de Ralis de 2020, para o qual irá contar com Luís Ramalho como navegador, divulgando como novidades a integração na estrutura da The Racing Factory e o facto de passar a correr de Skoda Fabia R5 Evo.

Depois de dois anos bem sucedidos como piloto oficial da Hyundai, onde conquistou um título de campeão, Armindo Araújo vai manter-se no Campeonato de Portugal de Ralis, mas num projeto privado e fora das marcas.

A época vai começar no Rali Serras de Fafe, sendo que mais tarde serão comunicadas as restantes provas em que a equipa estará presente, mas já com a certeza de que irá dispor de três Skoda Fabia R5 Evo, para tripular esta temporada.

A unidade hoje divulgada na apresentação, servirá para viatura de testes, tendo uma segunda unidade para disputar os ralis de terra e dentro de dois meses chegará uma terceira unidade especificamente para as provas de asfalto.

Os objetos de Armindo Araújo / Luís Ramalho passam pelo discussão das vitórias e do título, tendo a equipa um plano de testes de preparação das provas, que passam por dois dias de testes antes de cada fase do campeonato (terra e asfalto) e mais um dia de testes na semana que antecede cada prova que o piloto irá disputar.

Quanto à The Racing Factory apostou forte na conquista do Campenato, numa parceria que no papel tem tudo para resultar com Armindo Araújo.

Refira-se que a The Racing Factory estará ainda presente no Campeonato da Madeira de Ralis com Miguel Nunes, que está ao volante de um Skoda Fabia R5 Evo, enquanto que Aloíso Monteiro fará pelo menos quatro provas no Europeu de Ralis, com um carro semelhante, estando ainda a ser desenvolvidos outros projetos nos ralis, nomeadamente com pilotos internacionais.

 

kiaavenaDepois de dois anos em que vincou, de forma categórica, o seu enorme valor em três disciplinas do automobilismo (Velocidade, Montanha e Ralis), o Kia Picanto GT Cup inicia um novo capítulo na sua história de sucesso com o lançamento, em 2020, de um troféu monomarca de ralis — o Kia Picanto Rally Cup!

Criada com o objetivo de facilitar a iniciação à modalidade e de trazer para a ribalta novos talentos do desporto, a nova competição distingue-se pelos reduzidos custos de participação e por oferecer aos participantes todos os pneus que irão utilizar nas quatro provas do calendário — mais um sinal de que as competições promovidas pela CRM Motorsport, em conjunto com a Kia Portugal, traduzem-se numa mais-valia para os participantes.

Igualmente a marcar a diferença encontra-se a diversidade do calendário, distribuído de forma equitativa pelo território nacional, e o facto de as primeiras três das quatro provas delineadas (Rali do Alto Tâmega, Rali do Vidreiro, Rali do Algarve e Rali das Camélias) pontuarem, simultaneamente, para o Campeonato de Portugal de Ralis (CPR) — uma situação que permitirá aos participantes sagrarem-se duplamente campeões do novo Troféu monomarca e da categoria RC5 em que o Kia Picanto GT Cup se encontra homologado.

ÚNICO NOS RALIS EM PORTUGAL

A estes fortes argumentos junta-se o preço de 250€ + IVA relativo à inscrição no Troféu e os 385€ + IVA (a que se juntam o valor do seguro obrigatório e do aluguer do sistema de GPS) relativos à inscrição em cada prova — números indiscutivelmente baixos capazes de atrair novos pilotos para o Kia Picanto GT Cup e que garantem também a atuais proprietários do carro mais uma forma de ativarem os seus projetos.

"Trata-se de uma competição inclusiva, motivada pela busca de atrair novos talentos para o desporto. Mas também pelo desejo da CRM Motorsport em criar as condições necessárias para que os apaixonados pela modalidade possam ter uma primeira experiência nos ralis, não só ao volante de um carro fiável e divertido, como num enquadramento que lhes garanta igualdade de condições. Algo que, fruto da nossa experiência, apenas é possível num Troféu monomarca devidamente controlado e com regras claras para todos", afirma Tiago Raposo Magalhães.

Destacando o caráter "aglutinador" do novo Troféu, o responsável da CRM Motorsport revela que "haverá um pódio final para os 3 primeiros classificados e o 1º Júnior, algo que apenas vem reforçar a vontade do Kia Picanto Rally Cup em se tornar na rampa preferencial para o lançamento de novos valores do desporto".

"Quero ainda agradecer à FPAK pela forma entusiástica como esta ideia foi acolhida e ainda à Kia Portugal por continuar a apoiar os projetos desportivos da CRM Motorsport. Estou certo de que, em conjunto, conseguiremos criar uma fórmula para que os ralis possam continuar a crescer em Portugal", conclui.

Com lotação limitada a 10 equipas participantes, os interessados no Troféu Kia Picanto Rally Cup devem formalizar o seu interesse através do e-mail Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar , enviando, para o efeito, o formulário de inscrição devidamente preenchido e o comprovativo de transferência bancária da inscrição no Troféu, no valor de 250 euros + IVA, para o IBAN PT50 0035 0396 0022 3705 3305.

Todas as informações a respeito do Kia Picanto Rally Cup, incluindo o formulário de inscrição e o flyer da competição, podem ser consultadas em https://www.crm-motorsport.com/kia-picanto-rally-cup

CALENDÁRIO KIA PICANTO RALLY CUP

Rali do Alto Tâmega (11-12 Setembro)

Rali do Vidreiro (9-10 Outubro)

Rali do Algarve (13-14 Novembro)

Rali das Camélias (28-29 Novembro)

 

RALIS ONLINE TV