faceralis

 

usados

CPR

rali_mort_cartaz_10O Rali de Mortágua é provavelmente a prova mais fácil de acompanhar na estrada, com acessos aos troços muitos simples.

Mesmo assim, a organização decidiu elaborar um "Guia do Espectador" que está muito completo, facilitando assim o acesso aos troços de todos aqueles que pretendam acompanhar a prova na estrada.

Aqui fica o Guia do Espactador.

breves4mortDevido ao curto espaço de tempo entre os Ralis de França, em que a dupla da BPSport desistiu devido à quebra do diferencial traseiro, e Mortágua, não foi possível ter o Subaru pronto a tempo de alinhar na sétima prova pontuável para o CPR. Visivelmente desanimado, Barroso Pereira lamentou não estar presente à partida desta prova: " Tenho muita pena de não ir a Mortágua. È um Rali de que gosto bastante. Todavia os danos causados pela quebra do diferencial traseiro, em França, foram mais extensos do que inicialmente prevíamos. Só ao desmontar nos apercebemos disso e, apesar de todos os esforços não conseguimos quem nos entregasse em tempo útil o material necessário. Paciência! Estaremos, com toda a certeza, na máxima força no Rali Casinos do Algarve".

Devido ao falecimento do Pai, Luís Cavaleiro (a quem mandamos os nossos sentimentos) não estará ao ladp de Frederico Gomes em Mortágua. Esta situação de última hora levou Frederico Gomes a ter que procurar um novo navegador recorrendo aos serviços de Pedro Lopes, habitual navegador de Bruno Sá.

Com vista à preparação do Campeonato Regional Centro do proximo ano, a equipa ''Identica/Auto João e Jorge'' Rally Team vai efectuar o Rali de Mortágua nos proximos dias 16 e 17 de Outubro. João Soares e João Barata vão estar ao volante do seu habitual Citroen Saxo, que em 2011 perde homologação.

Para o piloto de Vieira do Minho Ricardo Marques este é um rali com ambições renovadas, pois espera regressar aos bons resultados. A época começou bem, mas as duas últimas provas foram marcadas por um problema no C2 R2 Max que comprometeram o resultado final da equipa. Como nos salientou o piloto "vamos contar com um carro que foi totalmente revisto e assim sendo espero voltar aos bons resultados sendo que o principal objectivo será lutar também pela vitória entre os Citroen's. Vai ser a primeira vez que vou alinhar nesta prova, mas vamos tentar contrariar essa desvantagem com um bom andamento, fazendo um rali ao ataque e sem erros. No troféu tudo ainda está em aberto e não vamos baixar os braços até ao final da época para lutar por um lugar no pódio."

Francisco Barros Leite e Luís Ramalho encaram este fim-de-semana o 5º desafio da temporada de 2010, o Rali de Mortágua. Como habitualmente, os pilotos do SEAT Leon FR Tdi partem determinados em lutar pela vitória de mais uma prova do CPR 2L / 2RM. Numa altura em que o Campeonato se aproxima da recta final, o co-piloto Luís Ramalho diz que "partimos para Mortágua com a confiança habitual e, mais uma vez, dispostos a lutar pela vitória. Os resultados que temos conseguido têm dado um ânimo suplementar a toda a equipa, pelo que estamos muito motivados para dar trabalho aos nossos adversários!" Francisco Barros Leite acrescenta que "o Rali de Mortágua tem classificativas muito interessantes mas, ao mesmo tempo, muito traiçoeiras. Pela sua rapidez e porque normalmente o asfalto fica muito sujo, não é uma prova nada fácil."

tirulomort10O Rali de Mortágua pode ser decisivo na atribuição de diversos títulos nacionais e regionais de ralis em 2010.

No Campeonato de Portugal de Ralis as contas a fazer na atribuição de ceptro máximo são simples de fazer.

A Bernardo Sousa basta um terceiro lugar no Rali de Mortágua para ser campeão, isto mesmo se Vítor Pascoal vencer. De resto, para o piloto madeirense ser campeão basta ficar sempre dois lugares atrás de Vítor Pascoal na classificação até ao 7º lugar. A partir dessa situação o título só será entregue no Algarve.

No CPR2 as contas são ainda mais simples de fazer. Só Adruzilo Lopes tem hipóteses de chegar nesta prova ao título, mas João Ruivo ainda pode esperar que a decisão vá para o Rali Casinos do Algarve. Se Adruzilo Lopes vencer e João Ruivo não ficar logo atrás então o piloto da Renault é Campeão. Basta também a Adruzilo somar mais 3 pontos do que Ruivo para se sagrar campeão.

No Regional Centro, que disputa a derradeira prova em Mortágua, Luís Mota precisa de somar de somar seis pontos dos oito máximos que poderá garantir nesta prova. Quer isto dizer que uma vitória lhe dava garantidamente o título,mas o segundo lugar pode não ser suficiente se for Gil Antunes ou Paulo Correia a vencer. Pelo meio surgem mais alguns cenários, pelo que se prevê um rali interessante de seguir também nos VSH.

Video da Edição de 2009

pascoalmor10Vitor Pascoal vai a Mortágua novamente na posição de candidiato ao título. Ocupando actualmemente a 2ª posição do CPR a 4 pontos da liderança, Vitor Pascoal e Mário Castro garantem que darão o melhor para adiar a decisão do título.

Segundo o piloto de Amarante "temos noção que as contas não estão a nosso favor! De qualquer forma, orgulhamonos de estar mais um ano na luta pelo Campeonato até à sua fase final. Este ano estamos a ter grandes dificuldades em manter este projecto activo, o que só tem sido possível graças ao forte empenho de toda a equipa."

Sobre o Rali organizado pelo Clube Automóvel do Centro, Pascoal diz ainda que "será mais uma prova onde os grupo N também terão uma palava a dizer. As velocidades atingidas nestas especiais são elevadas, pelo que serão vários os candidatos às posições cimeiras."

camposEsteve perto de a conseguir no passado Rali Centro de Portugal, pelo que agora no Rali de Mortágua, que se disputa no próximo fim-de-semana, Miguel campos quer mesmo vencer à geral.

"Mais uma vez vou disputar um rali que no último ano me deu uma grande alegria. Os tipos de troços são mais encadeados o que nos leva a pensar que podemos tirar mais partido do nosso carro, em comparação com o ultimo rali onde os troços rápidos nos penalizaram. Estou convicto que desta vez podemos lutar pela vitória, mesmo sabendo que a concorrência será muito forte e com muita experiências e muitos quilómetros feito.", afirma Miguel Campos.

Já Aloíso Monteiro, refere que uma vitória em Mortágua poderá ser importante para o futuro. "Conforme tenho referido nas últimas declarações, esperemos que desta seja de vez. Só uma vitória interessa não só para moralizar a equipa mas relançar 2011 e vamos para Mortágua na busca dela. Penso que temos executado um excelente trabalho com a RMC, e aproveito para agradecer ao Roberto Mendez a sua enorme dedicação", refere Aloisio Monteiro.

Roberto Mendez, da RMC diz que "iremos para o Rali de Mortágua na busca da vitória que nos escapou no último rali. Espero que o Miguel Campos consiga chegar a um bom resultado, se possível a vitória a geral. Em relação ao Fiesta penso que o carro tem demonstrado a sua competitividade, obviamente que necessitamos de mais alguns ralis com carros iguais ou idênticos para termos mais comparação do potencial do carro".