faceralis

 

20anos

CPR

calenda11A FPAK divulgou em comunicado as datas provisórias dos Campeonatos de Portugal de Ralis e do Campeonato Open de Ralis.

Face ao que têm sido os calendários destas competições, bem se pode dizer que não existem grandes novidades, mantendo-se o mesmo número de provas no CPR, CPR2 e Open de Ralis.

Uma política de "avestruz" reltivamente aos calendários dos principais campeonatos de ralis de Portugal, que o Ralis Online tem vindo claramente a combater, pois encontram-se totalmente desajustados face à realidade desportiva e económica do país.

 

 

pneto-centrro11O terceiro lugar do Rali Vila Verde deu um moral acrescido à equipa Paulo Neto Sport para a derradeira fase do Campeonato de Portugal de Ralis 2L/2RM, que começa já no Rali Centro de Portugal.

Contudo, os últimos dias têm sido complicados, pois “fomos testar mas apenas fizemos 20 Kms quando a caixa de velocidade do Citroen DS3 R3 teve um problema” afirma Paulo Neto, esclarecendo que tal situação “não permitiu preparar da melhor forma o Rali Centro de Portugal, tanto mais que a caixa de velocidades só será montada no carro muito em cima da prova. Espero que tudo corra pelo melhor para que esta situação tenha um final feliz”.

Numa altura em que ainda não houve reconhecimentos do Rali Centro de Portugal, Paulo Neto tem algum conhecimentos dos troços de anos anteriores, mesmo sabendo que existem muitas novidades nos troços. Contudo, “vamos para esta prova nas mesmas condições dos nossos adversários o que é positivo. Porém, desportivamente temos como objectivo não só terminar, como pretendemos fazê-lo com uma boa classificação que nos permita, se possível, continua no pódio da classificação CPR2”.

lopescento11Aos comandos do Subaru Impreza da ARC Sport, Vítor Lopes também está na corrida pelo título nacional absoluto, faltando ainda três provas para a decisão final. O rali do próximo Sábado é apenas a primeira final.

"É a primeira final que temos de vencer", diz Vitor Lopes, adiantando que "as finais são sempre para ganhar, e é esse o nosso propósito. Continuo confiante na conquista do título absoluto, pois é esse o nosso grande objectivo, que só depende de nós".

Em relação a esta prova "só conheço as especiais da zona do pinhal, o que é muito pouco. Esta é uma nova versão, e por isso uma nova experiência para mim e para todos, sem que isso nos impeça de lutar pelo nosso objectivo que é vencer o CPR", conclui Vítor Lopes.

mouracentor11Ricardo Moura, o actual líder do campeonato, Campeão Nacional de Produção e com quatro títulos açorianos consecutivos conquistados, está consciente das dificuldades que o esperam nas próximas provas do calendário nacional. O Rali Cento de Portugal é apenas a próxima apostaque o poderá lançar decididamente na rota do título nacional absoluto.

"Seria óptimo conquistar um bom resultado, mas estamos conscientes das dificuldades e exigências de uma prova como o Rali Centro de Portugal", disse Ricardo Moura, afirmando que "entramos numa fase crucial do campeonato, em que temos de ser rápidos e consistentes para poder lutar pelo título nacional. Neste momento também é fundamental esperar que a sorte nos acompanhe", refere Ricardo Moura, que irá tripular o seu Mitsubishi Lancer Evo IX.

barbosacpr11Depois de efectuadas algumas provas na caravana do regional, inserido na prova extra, Miguel Barbosa decide apostar no Campeonato Portugal de Ralis como forma de continuar a evoluir na sua (ainda) curta carreira dos ralis.

"A nossa participação nesta prova apenas se prende com a vontade de aprender e ganhar ritmo, para quem sabe no futuro, entrar com outros objectivos nos ralis. O carro apenas ficou pronto na semana passada não conseguindo assim testar como estava previsto. Assim fica tudo muito mais difícil para mim. Inclusive o carro que é totalmente novo neste tipo de pisos", disse o piloto.

Depois de tudo pronto para o rali, os objectivos para Miguel Barbosa estão muito bem definidos. "O nosso grande objectivo é chegar ao fim. É com esse espírito que vamos enfrentar todas as adversidades do rali. Se chegarmos ao fim, por consequência, vamos efectuar muitos kms e assim aprender muito do carro e de como funcionam os ralis do nacional."

Para Rui Raimundo, o mais importante é aprender junto daqueles que juntam a experiância à vontade de ganhar e, por isso "sabemos de antemão que o Campeonato Portugal de Ralis é onde encontramos os melhores carros, e os melhores pilotos, e por isso a luta pela vitória torna-se intensa. É esse ambiente que queremos viver, e retirar toda a informação possível junto de quem quer vencer para aprendermos e no futuro sermos nós. O grande objectivo passa por terminar. Essa é a nossa grande vitória, pois se o fizermos, com certeza que o resultado também não vai ser mau. Pena não termos feito kms para conhecer o carro, mas o tempo não o permitiu".

A equipa agradece o apoio de AntoAuto – preparador oficial, JB & Rodrigues, Diogo Restaurante, Raifama Automóveis, Compogal, SkySigma, NhClima, Classe A Bar, Imagens Armando Leitão e Foto DPI.