faceralis

 

posvendaclick

CPR

danielDepois da ausência forçada no Azores Rally, devido à participação no Rallye Sierra Morena, Daniel Nunes está de regresso ao Campeonato de Portugal de Ralis e nos próximos dias 3 e 4 de maio alinhará no 3º round da época, o Rali de Mortágua.

Mesmo apenas com um resultado, o piloto de Sintra chega à prova em piso de terra na 3ª posição! A brilhante vitória no Serras de Fafe permitiu ao piloto uma excelente colheita de pontos e iniciar da melhor maneira a defesa do título de Campeão nas 2 Rodas Motrizes no qual é ainda o detentor. No que diz respeito aos RC4, o piloto do Peugeot 208 R2 é ainda o líder da competição.

Para Mortágua as ambições da dupla Daniel Nunes/Rui Raimundo serão manter a toada já evidenciada em Fafe e lutar novamente pela vitória, para tentar reconquistar a liderança do CPR 2 RM.

Como refere o piloto "vamos para o Rali de Mortágua motivados em recuperar a liderança do Nacional de 2 Rodas Motrizes, perdida devido à ausência nos Açores que coincidiu com a segunda prova da Peugeot Rally Cup Ibérica, o Rallye Sierra Morena.

Neste regresso ao Nacional e novamente com o Rui Raimundo, queremos entrar fortes, rápidos e ser consistentes! É um rali que gostamos, já o ganhamos e o ano passado perdemos a vitória no último troço! Toda a equipa está confiante, o trabalho realizado tem sido excelente, pelo que temos tudo para conseguir um excelente rali".

filipeFilipe Nogueira irá prosseguir o seu programa no Campeonato de Portugal de Ralis nos próximos dias 3 e 4 de maio onde estará à partida do Rali de Mortágua, prova em piso de terra da responsabilidade do Clube Automóvel do Centro.

Sendo ainda a sua segunda 'aparição' com o Peugeot 208 R2, o piloto de Baião pretende acima de tudo apostar numa rápida evolução com esta nova máquina de forma a tentar um resultado mais produtivo para amealhar o máximo de pontos para o campeonato!

Nas suas ambições para a terceira ronda do Campeonato, Filipe Nogueira salienta que – "vamos para Mortágua para tentar amealhar o máximo de pontos, mas para isso sabemos que teremos que ser um pouco mais competitivos. A 'readaptação' ao Peugeot 208 R2 terá que ser rápida para podermos explorar melhor o potencial do carro, mais competitivo que o nosso anterior C2 R2. Infelizmente não foi possível acumular mais kms em testes e só apenas no Shakedown antes do rali será possível voltar à backet do 208 R2."

Mesmo apenas com um resultado, o piloto que será navegado por Bruno Abreu, ocupa a terceira posição na competição destinada aos RC4, sendo ainda o quinto no Campeonato de Portugal de Ralis 2 Rodas Motrizes

racing4y19mortFotos: Rui Fonseca (Proíbida a reprodução de fotos sem indicação da fonte)
Evento: Testes Racing 4 You / Poiares 2019
Data: maio 2019
Site: www.ralisonline.net

 

 

netoPaulo Neto / Vitor Hugo enfrentam mais uma vez o Rali de Mortágua ao volante do Citroen DS3 R3T Max com o objetivo de se manter na luta das 2RM do Campeonato de Portugal de Ralis.

Os cinco primeiros classificados das duas rodas motrizes do Campeonato de Portugal de Ralis, onde se encontra a dupla Paulo Neto / Vitor Hugo, vão marcar presença 3ª prova do Campeonato de Portugal de Ralis, o Rali de Mortágua, que se irá realizar nos próximos dias 3 e 4 de maio na região centro de Portugal.

"Mortágua é sempre uma prova complicada, que se disputa sobre pisos de terra muito duros, onde é necessário ter sempre um compromisso entre rapidez e concentração para se evitar erros que possam comprometer um bom resultado. Aliás, as anteriores edições deste rali provam exatamente isso", refere o piloto Paulo Neto, explicando que "este ano temos todos os nossos principais adversários nesta prova, o que a torna mais interessante do ponto de vista desportivo, mas também a presença de outros pilotos que por certo procuram um bom resultado. Por isso, temos que estar muito concentrados para evitar erros que possam comprometer um bom resultado".

Desportivamente falando, Paulo Neto considera que na edição 2019 do Rali de Mortágua "o objetivo passa por lutar pelos lugares do pódio. Sabemos que os nossos principais adversários querem atacar os primeiros lugares, mas atendendo que estamos no 2º lugar das contas nas duas rodas motrizes em termos absolutos, visamos também terminar a prova nos primeiros lugares para mantermos ou melhorarmos a nossa posição no campeonato. Em termos de troços existem algumas novidades, mas as características base desta prova por certo que serão semelhantes às dos anos anteriores e, tal como nós, os nossos adversários conhecem muito bem o que poderão encontrar neste rali. Por isso, acho que vamos ter um Rali de Mortágua muito disputado e competitivo".

A Paulo Neto Sport conta com a assistência técnica da P&B Racing e dos parceiros Weber, Baxi, Dominó, Listor, Italbox, Quantinfor, Total, Vitarte, Banhoazis, Peçintra e Cision, para esta temporada no Campeonato de Portugal de Ralis.

gilmorGil Antunes e Diogo Correia prosseguem a luta pelo título de Campeões de Portugal de Ralis Duas Rodas Motrizes no Rali de Mortágua. A terceira ronda da temporada pode permitir o salto para a liderança do campeonato. "Apesar de ser difícil, matematicamente é possível e nesta prova, que costuma ser de muitas surpresas, tudo pode acontecer. Além disso, nos últimos anos, temos tido bons resultados em Mortágua", disse o piloto.

Depois da desistência em Fafe e da vitória nos Açores, na classificação de condutores, Gil Antunes tem 26,98 pontos, menos 16,05 que o líder. Com um lugar no pódio, e o infortúnio dos adversários, seria possível passar para a frente da tabela classificativa. No entanto, "o importante é assegurar resultados. Ainda temos muitas provas por discutir e o fundamental é irmos de cabeça fria, concentrados, para somar o máximo de pontos que conseguirmos", acrescentou o navegador.