faceralis

 

posvendaclick

WRC

barrosmundi10É já na próxima semana que a BPSport, com Nuno Barroso Pereira / Pedro Conde ao volante do Subaru Impreza, vai dar o primeiro passo rumo à internacionalização, alinhando na edição de 2010 do Rali da Finlândia.

Barroso Pereira vai integra o restrito lote dos concorrentes ao P-WRC integrado na estrutura da Tommi Makkinen Racing, embora esteja consciente das dificuldades que vai enfrentar.

O único Português presente à partida desta étapa do mundial afirma: “ Fazer ralis fora de portas era algo que estava na minha mente. Possivelmente para o próximo ano. Julgo que só andando com os melhores podemos evoluir, e o meu objectivo foi sempre esse. Andar mais depressa, ser mais competitivo e ganhar consistência e «endurance». Como disse ía tentar em 2011. O convite do Tommi para alinhar sob as suas cores no P-WRC já este ano, foi irrecusável. Com muito sacrificio, nosso e dos patrocinadores, conseguimos montar um mini projecto para o mundial, tendo como horizonte a disputa da totalidade do campeonato no próximo ano. Assim as provas nos corram de feição.”

Relativamente à prova de estreia, Barroso Pereira mostra-se cauteloso: “O nosso objectivo para a Finlândia é 100 % realista. É provavelmemte a prova mais dificíl do mundo. Muito rápida e técnica, em que só quem conhece a fundo o terreno que pisa,  anda na luta pelos lugares cimeiros. Como não é o nosso caso, vamos ter uma atitude de contenção. Apesar de podermos contar com as preciosas «dicas» do Makkinen, vamos andar o que pudermos e soubermos,  sem cometer loucuras, com um grande obejctivo: terminar a prova e levar ao palanque final a bandeira de Portugal e as cores dos nossos patrocinadores!”

sciroscwrc10Prossegue a novela da Volkswagen relativamente ao possível regresso da marca ao Mundial de Ralis.

Segundo o Autosport Inglês, teria existido algum desinteresse por parte dos responsáveis da Volkswagen devido ao pouco retorno mediático do WRC, mas fontes citadas pelo esse semanário dezem que a discussão voltou a estar em cima da mesa.

A ideia passa pelo regresso da marca em 2012, depois desse tema estar a ser debatido internamente na marca.

Segundo o Autosport britânico e após alguns meses de especulação, a Mini em conjunto com a Prodrive, vão anunciar brevemente, o seu programa para o WRC.

O primeiro Mini WRC, com base no modelo Countryman, tem estado em preparação nos últimos meses nas instalações da Prodrive em Banbury e o novo motor 1600cc da BMW, está a ser finalizado para se poder iniciar os testes que deverão começar antes do fim do verão.

David Lapworth: "Quando começarmos a testar no programa de desenvolvimento do nosso carro, vai ser intenso. Nós ainda temos um prazo bom para trabalhar no sentido de testar e estamos felizes no ponto de situação em que estamos."

Algumas fontes do autosport, indicaram que a Mini deverá lançar o carro formalmente, em Roma mesmo antes do Rally da Sardenha que se disputa no mês de Maio. Não é esperado que o novo Mini possa competir nas primeiras quatro provas iniciais da temporada WRC 2011, incluindo o nosso Rally de Portugal.

Colaboração Ricardo Nascimento