facebook

posvendaclick

WRC

tanakvence(POR RICARDO NASCIMENTO)

Com apenas quatro troços sem assistência pelo meio e com as posições no top 10 praticamente definidas, a maioria dos pilotos optaram por poupar os pneus para a Power Stage, excepto o líder do rally.

Ott Tänak falhou uma travagem num cruzamento na primeira especial do dia e teve muito pó dentro do carro, mas estónio conseguiu segurar o primeiro lugar, venceu o seu primeiro rally no WRC e subiu à terceira posição no campeonato.

Jari-Matti Latvala aproximou-se de Tänak na primeira especial, mas deixou o motor calar-se num gancho na especial seguinte, perdendo alguns segundos. O finlandês foi o piloto mais rápido do dia, mas não o suficiente para retirar a primeira vitória a Tänak que foi o quinto piloto diferente a vencer este ano.

Isolado na terceira posição, Thierry Neuville deu tudo na Power Stage, mas só conseguiu 2 pontos extra. No entanto, o belga conseguiu dois dos seus objetivos que era terminar no pódio e ficar à frente de Ogier.

Esapekka Lappi está a evoluir depressa no Toyota, vencendo hoje mais duas especiais, inclusive a Power Stage. Lappi terminou numa excelente quarta posição e será curioso como irá ser a sua prestação nos rápidos troços da Polónia e Finlândia.

Juho Hänninen voltou a ter problemas com a direção assistida e Sébastien Ogier aproveitou para atacar nas duas últimas especiais, para alcançar o finlandês. O francês conseguiu subir à quinta posição e ainda obteve mais 3 pontos na Power Stage.

Mads Østberg manteve a sétima posição, mas o norueguês perdeu mais de 2 minutos na Power Stage, quando a suspensão posterior cedeu, conseguindo levar o carro até ao final.

Andreas Mikkelsen terminou em oitavo neste rally de aprendizagem. O norueguês vai regressar já na Polónia, substituindo Kris Meeke que vai estar afastado para refletir e retirar um pouco da pressão, para se preparar melhor para a Finlândia.

Eric Camilli conseguiu vencer o duelo com Jan Kopecký, mas foi o checo que levou a a pontuação máxima no WRC2, com uma boa vantagem Ole Christian Veiby.

Dani Sordo voltou a vencer mais um troço e conseguiu 4 pontos na Power Stage, mas Hayden Paddon voltou a bater na penúltima especial, não conseguindo concluir o rally.

VENCEDORES DE TROÇOS:
Thierry Neuville (2); Kris Meeke (1); Juho Hänninen (1); Dani Sordo (3); Esapekka Lappi (5); Hayden Paddon (2); Ott Tänak (3)
LÍDERES DO RALLY:
Thierry Neuville (SS1); Kris Meeke (SS2); Juho Hänninen (SS3); Kris Meeke (SS4); Hayden Paddon (SS5 a 12); Ott Tänak (SS13 a 19)
POWER STAGE:
1º Esapekka Lappi; 2º Dani Sordo; 3º Sébastien Ogier; 4º Thierry Neuville; 5º Jari-Matti Latvala

PRINCIPAIS ABANDONOS:
3 Elfyn Evans / Daniel Barritt (GB) Ford Fiesta WRC (avaria após SS19)
4 Hayden Paddon / Sebastian Marshall (NZ/GB) Hyundai i20 Coupe WRC (acidente na SS18)
7 Kris Meeke / Paul Nagle (GBR/IRL) Citroën C3 WRC (danos após acidente na SS5)
7 Hiroki Arai - Glenn MacNeall (J/GB) Ford Fiesta R5 (SS17)
40 Fabio Andolfi / Manuel Fenoli (ITA) Hyundai i20 R5 (SS7)

PONTUAÇÃO WRC:
1º Sébastien Ogier 141; 2º Thierry Neuville 123; 3º Ott Tänak 108; 4º Jari-Matti Latvala 107; 5º Dani Sordo 70; 6º Elfyn Evans 55; 7º Craig Breen 43; 8º Hayden Paddon 33; 9º Juho Hänninen 29; 10º Kris Meeke 27; 11º Esapekka Lappi 20; 12º Andreas Mikkelsen 17; 13º Mads Østberg 12; 14º Stéphane Lefebvre 10; 15º 14º Teemu Suninen e Jan Kopecký 5

PONTUAÇÃO WRC2:
1º Pontus Tidemand 100; 2º Teemu Suninen 54; 3º Eric Camilli 52; 4º Andreas Mikkelsen 50; 5º Jan Kopecký 49; 6º Ole Christian Veiby 43; 7º Pedro Heller 31; 8º Benito Guerra, Yohan Rossel e Simone Tempestini 27; 11º Lukasz Pieniazeke e Pierre-Louis Loubet 19; 13º Emil Bergkvist, Juan Carlos Alonso e Gus Greensmith 18; 16º Takamoto Katsuta 17

PONTUAÇÃO EQUIPAS:
1º M-Sport WRT 234 ; Hyundai Motorsport 194; 3º Toyota Gazoo Racing 146; 4º Citroën Total Abu Dhabi WRT 101

CLASSIFICAÇÃO FINAL
FINALSARDENHA

tanaksardenha(POR RICARDO NASCIMENTO)

O segundo e mais longo dia do Rally Sardegna voltou a ser demolidor, provocando novas alterações na classificação, com furos, avarias e muitas irritações com o muito pó. No inicio da manhã chegou a haver polémica devido aos intervalos entre os wrc terem sido de apenas 2 minutos, mas a partir do segundo troço, a organização voltou a dar 3 minutos.

Hayden Paddon venceu a primeira especial no inicio do dia, manteve a liderança durante a manhã, mas cometeu um erro e abandonou no inicio da tarde, ao dar um toque numa barreira, danificando a suspensão e a transmissão do Hyundai.

Thierry Neuville venceu a segunda especial do dia, reduzindo a desvantagem para Paddon, mas o belga ficou sem travões na especial seguinte, perdendo mais de 1 minuto e uma queda para a quarta posição. Com o abandono do seu colega de equipa, Neuville subiu para terceiro e agora só pensa em terminar e atacar os pontos da Power Stage.

Ott Tänak passou para segundo com o azar de Neuville e depois para primeiro com o erro de Paddon. O estónio já vinha a reduzir a desvantagem para Paddon quando venceu a terceira especial de hoje e voltou a fazer o mesmo nos dois troços seguintes, para estar a um grande passou de vencer o primeiro rally no WRC.

Jari-Matti Latvala ficou furioso quando perdeu alguns segundos no pó de Østberg (+9s do que Tänak), mas o finlandês foi sempre mais lento do que o estónio, estando na segunda posição a 24,3s de Tänak.

Sébastien Ogier e Mads Østberg perderam mais de 2 minutos para trocar pneus furados na última especial da manhã. O norueguês foi um pouco mais lento do que o francês, caindo para oitavo e Ogier para sétima, mas com o erro de Paddon, ambos subiram uma posição.

Esapekka Lappi perdeu tempo atrás do pó de Mikkelsen e depois perdeu mais alguns segundos quando abusou dos travões para poupar os pneus. No entanto, o jovem finlandês conseguiu subir à quarta posição, após vencer o derradeiro troço do dia e de ter aproveitado o atraso de Juho Hänninen, quando este fez um pião e depois ficou sem direção assistida, caindo para a quinta posição.

Andreas Mikkelsen furou na mesmo sítio de Ogier e Østberg, perdendo mais de 2 minutos para trocar a roda e no final do dia, ficou sem tração dianteira no C3 WRC. O norueguês continua a ser o melhor representante da Citroën, mas dificilmente conseguirá melhor do que a oitava posição.

Eric Camilli perdeu a melhor posição entre os R5 para Jan Kopecký, estando os dois pilotos separados por 0,9s. O checo continua a liderar o WRC2 com 1m31,3s de vantagem para Ole Christian Veybi.

Dani Sordo teve alguns problemas com o seletor da caixa de velocidades, mas já recuperou até à décima quinta posição. Elfyn Evans apanhou vacas em pleno troço e Craig Breen teve alguns problemas no Citroën que se mostrou difícil de conduzir.

VENCEDORES DE TROÇOS:
Thierry Neuville (2); Kris Meeke (1); Juho Hänninen (1); Dani Sordo (2); Esapekka Lappi (3); Hayden Paddon (1); Ott Tänak (3)
LÍDERES DO RALLY:
Thierry Neuville (SS1); Kris Meeke (SS2); Juho Hänninen (SS3); Kris Meeke (SS4); Hayden Paddon (SS5 a 12); Ott Tänak (SS13 a 15)

PRINCIPAIS ABANDONOS:
4 Hayden Paddon / John Kennard (NZL) Hyundai i20 coupe WRC (suspensão após SS13)
7 Kris Meeke / Paul Nagle (GBR/IRL) Citroën C3 WRC (danos após acidente na SS5)
40 Fabio Andolfi / Manuel Fenoli (ITA) Hyundai i20 R5 (SS7)
37 Hiroki Arai / Glenn MacNeall (JAP/AUS) Ford Fiesta R5 (SS12)

CLASSIFICAÇÃO SEGUNDO DIA
sardenhadia217

paddon(POR RICARDO NASCIMENTO)
 
Para além das especiais demolidoras, o pó e o calor também contribuíram para um dia complicado para algumas equipas, especialmente durante a manhã que teve quatro líderes diferentes. No entanto, a diferença entre os cinco primeiros é muito curta e tudo poderá acontecer amanhã.
 
Kris Meeke esteve muito rápido durante as primeiras especiais, tendo passado duas vezes pela liderança. Mas o britânico voltou a capotar na última especial matinal quando liderava e não vai poder regressar em rally2, devido aos danos nos arcos de segurança.
 
Com uma boa posição de partida durante a manhã, Hayden Paddon passou para a liderança após o acidente de Meeke e conseguiu manter-se na frente do rally até ao final do dia sem vencer qualquer troço.
 
Juho Hänninen venceu e passou pela liderança na segunda especial do dia, posição essa em que se manteve na maior parte da etapa, mas bateu na derradeira especial onde perdeu quase 40s e uma queda para a sexta posição. Com o radiador a perder água, o finlandês ainda tinha de se deslocar até à assistência.
 
Thierry Neuville foi o mais rápido na super especial de ontem, mas ao ser segundo na estrada, o belga chegou a ocupar a décima posição. Apesar da posição de partida e de um furo na final de uma especial, Thierry Neuville conseguiu ser rápido e evitar problemas maiores, para terminar em segundo a 8,2s de Paddon.
 
Ott Tänak foi sempre o melhor piloto da M-Sport, subindo à quarta posição durante a tarde. Baixou para sexto depois de fazer meio-pião, mas recuperou na derradeira especial, terminando o dia em terceiro a 1,3s de Neuville e a 9,5s de Paddon.
 
Terceiro na estrada, Jari-Matti Latvala também perdeu tempo durante a manhã, mas recuperou à tarde e manteve-se na grande luta com Neuville e Tänak, estando a 0,3s do estónio, a 1,6s do belga e a 9,8s do neozelandês e líder do rally.
 
A partir em décimo segundo, Mads Østberg terminou a manhã em terceiro, mas não acertou na escolha de pneus para a tarde, baixando para quinta posição, a 14,7s de Paddon.
 
Ao abrir a estrada, Sébastien Ogier sentiu-se frustrado por não conseguir ser rápido, não conseguindo melhor do que a sétima posição, depois de se queixar da falta de tração à tarde. Com o erro de Hänninen, o francês poderá subir uma posição.
 
Esapekka Lappi perdeu muito tempo quando ficou sem a segunda velocidade, mas ainda assim venceu a última especial da manhã. No inicio da tarde, o jovem finlandês venceu mais dois troços, mas viria a danificar um amortecedor e conter-se nas duas últimas especiais do dia.
 
Andreas Mikkelsen não se adaptou bem ao Citroën, deixando o motor cala-se em seis ganchos. O norueguês disse que o C3 é muito diferente do Polo, mas também está a encarar este rally como aprendizagem para possíveis futuras participações.
 
Dani Sordo cheou a ocupar a quinta posição, mas ficou com problemas no turbo no final da manhã  e à tarde, arrastou-se durante duas especiais, perdendo muitos minutos com novos problemas no turbo e no intercooler. O espanhol conseguiu resolver o problema e vencer as restantes duas especiais do dia, mas o rally já está estragado.
 
Craig Breen estava na quinta posição a 15s do líder, mas após a terceira especial, o irlandês foi obrigado a parar com uma fuga de óleo na caixa de velocidades, sendo um novo rally difícil para a Citroën.
 
Na especial seguinte foi a vez de Elfyn Evans abandonar por ter saído de estrada, batendo numa árvore onde danificou a suspensão dianteira direita. Na mesma especial e pelo mesmo motivo, Martin Prokop também abandonou.
 
Eric Camilli lidera entre os R5, mas não pontua em Itália para o WRC2, sendo esse lugar para Jan Kopecký que já tem uma vantagem de 52,7s para Ole Christian Veiby.
 
Nil Solans lidera o JWRC e o WRC3 desde o inicio, tendo já uma boa vantagem para Terry Folb e Nicolas Ciamin.
 
VENCEDORES DE TROÇOS:
Thierry Neuville (1); Kris Meeke (1); Juho Hänninen (1); Dani Sordo (2); Esapekka Lappi (3); 
LÍDERES DO RALLY:
Thierry Neuville (SS1); Kris Meeke (SS2); Juho Hänninen (SS3); Kris Meeke (SS4); Hayden Paddon (SS5 a 9)
 
PRINCIPAIS ABANDONOS:
7 Kris Meeke / Paul Nagle (GBR/IRL) Citroën C3 WRC (danos após acidente na SS5)
3 Elfyn Evans / Daniel Barrit (GBR) Ford Fiesta WRC (acidente na SS4)
21 Martin Prokop / Jan Tománek (CZE) Ford Fiesta RS WRC (acidente na SS4)
8 Craig Breen / Scott Martin (IRL/GBR) Citroën C3 WRC (avaria após SS3)
36 Pierre-Louis Loubet / Vincent Landais (FRA) Ford Fiesta R5 (acidente na SS8)
40 Fabio Andolfi / Manuel Fenoli (ITA) Hyundai i20 R5 (SS7)
 
CLASSIFICAÇÃO PRIMEIRO DIA
sadenhaclassdia17

rpnb17Fotos: Nuno Baião (Proíbida a reprodução de fotos sem indicação da fonte)
Evento: Rali de Portugal
Data: Maio 2017
Site: www.ralisonline.net

 

3G0A7051Fotos: Foto Panão (Proíbida a reprodução de fotos sem indicação da fonte)
Evento: Rali de Portugal
Data: Maio 2017
Site: www.ralisonline.net