facebook

banner-site-desafio

WRC

tanakOtto Tanak assinou pela Toyota Gazoo Racing no Mundial de Ralis e irá estar na equipa nas 13 provas do calendário de 2018.

O estónio estará presente na equipa juntamente com Jari Matti Latvala e Esapekka Lappi.

Kaj Lindstrom será por sua vez o diretor desportivo da Toyota Gazoo Racing.

Quanto a Hanninen não estaá nos planos da equipa para 2018.

meeke copyKris meeke obteve no Rali de Espanha uma fantásica vitória, a segunda para a Citroen esta temporada, depois de ter dominado as duas derradeiras etapas do rali.

Na derradeira etapa Meeke venceu cinco das seis especiais e cimentou ainda mais a ldierança da prova, obtendo uma vitória de grande nível e, desta vez sem erros.

O momento do dia, pela negativa, foi sem a desistência de Thierry Neuville. O belga cortou uma curva na 16ª especial e sofreu do mesmo mal de Mikkelsen e Sordo no dia naterior, com a roda da frente do lado direito a apontar para fora depois da quebra da direcção.

Com este resultado, Neuville deixa de ter praticamente hipóteses de lutar pelo título, numa prova em que a Hyundai muito apostou para se aproximar da M-Sport.

Ogier e Tanak estiverem em grande nível, e apesar de não terem ganho, saiem de Espanha com o título de equipa quase garantido e, mais importante ainda para o francês, com o título ali à mão de semear. Refira-se que com este resultado Tanak passou a ser o principal adversário de Ogier no mundial ao subir ao segundo lugar nas contas do WRC.

VENCEDORES DE TROÇOS:
Ott Tänak (1): Kris Meeke (8); Andreas Mikkelsen (1); Jari-Matti Latvala (1); Sébastien Ogier (4); Juho Hänninen (2); Thierry Neuville (1); Dani Sordo (1)
LÍDERES DO RALLY:
Ott Tänak (SS1 a 2); Andreas Mikkelsen (SS3); Mads Østberg (SS4); Andreas Mikkelsen (SS5 a 6); Kris Meeke (SS7 a 139

PRINCIPAIS ABANDONOS:
4 Andreas Mikkelsen A/ Anders Jæger (N) Hyundai i20 coupe WRC (direção na SS12)
6 Dani Sordo / Marc Martí (E) Hyundai i20 coupe WRC (direção na SS12)
10 Jari-Matti Latvala / Miikka Anttila (FIN) Toyota Yaris WRC (derrame de óleo antes da SS6)
40 Hiroki Arai / Glenn MacNeall (J/AUS) Ford Fiesta R5 (capotou na SS3)
86 Max Vatanen / Jacques-Julien Renucci (FIN/F) Ford Fiesta R5 (SS2)
5 Thierry Neuville / Nicolas Gilsoul Hyundai i20 coupe WRC (direção na SS16)

CLASSIFICAÇÃO FINAL
espanhafinal17

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

meeke(POR RICARDO NASCIMENTO)

Com margens tão curtas entre os sete melhores classificados, era natural que pudesse haver várias trocas de posições entre eles. Agora em pisos de asfalto, o rally continuou competitivo e tem um novo líder, num dia em que os Hyundai não estiveram bem.

Kris Meeke venceu a primeira especial do dia, passou de terceiro para primeiro e manteve-se sempre na liderança durante toda a etapa, sendo também o piloto mais rápido de hoje numa brilhante atuação por parte do britânico.

Dani Sordo começou o dia a subir posições, chegando mesmo ao segundo lugar, mas na penúltima especial do dia, o espanhol bateu numa pedra e partiu o braço de direção, ficando fora do rally por hoje.

Sébastien Ogier e Ott Tänak lutaram arduamente durante todo o dia, com o estónio a ter alguns problemas de caixa no inicio da manhã. Os dois pilotos estiveram sempre a trocar de posição entre ambos, por vezes com diferenças inferiores a 1 segundo. No entanto, o francês venceu as três últimas especiais, recuperou a segunda posição, mas continua com Tänak a 1,5s na terceira posição.

Com Latvala de fora, o seu colega Juho Hänninen esteve em bom plano nos troços de asfalto, sendo o segundo piloto mais rápido do dia, muito por culpa dos dois troços que venceu esta manhã. Com esta brilhante prestação, o finlandês subiu à quarta posição a 19,5s de Tänak.

Andreas Mikkelsen não esteve tão bem no asfalto como esteve nos pisos de terra. O norueguês teve dificuldades em afinar o carro, desceu várias posições e depois acabou por bater no mesmo sítio do que Sordo e abandonar pelos mesmos motivos.

Thierry Neuville não começou o dia satisfeito com o comportamento do carro e depois perdeu tempo com um problema hidráulico no i20 que o fez chegar 3 minutos atrasado à última especial da ronda matinal e penalizar 30s. O belga acabou por perder posições, mas com os azares dos seus colegas de equipa, Neuville terminou o dia em quinto, mas a quase 1 minuto do líder.

Mads Østberg queixou-se da inexperiência com o Fiesta em pisos de asfalto e também ele bateu no mesmo sitio do que Sordo e Mikkelsen. No entanto, o norueguês continuou o seu rally, mas não se livrou de penalizar 30s e perder uma posição para Esapekka Lappi que passou a ser o sexto classificado.

Esperava-se mais de Stéphane Lefebvre no asfalto, mas o francês só conseguiu subir duas posições após as desistências dos pilotos da Hyundai.

Elfyn Evans também continuou muito apagado no segundo dia, longe das boas exibições que teve em alguns rallies na presente temporada.

Eric Camilli continua a ser o melhor entre os R5, mas é Teemu Suninen quem continua também liderar o WRC2, recuperando tempo ao seu colega de equipa, sem os problemas de direção assistida que o afetaram ontem.

VENCEDORES DE TROÇOS:
Ott Tänak (1): Kris Meeke (3); Andreas Mikkelsen (1); Jari-Matti Latvala (1); Sébastien Ogier (4); Juho Hänninen (2); Thierry Neuville (1)
LÍDERES DO RALLY:
Ott Tänak (SS1 a 2); Andreas Mikkelsen (SS3); Mads Østberg (SS4); Andreas Mikkelsen (SS5 a 6); Kris Meeke (SS7 a 13)

PRINCIPAIS ABANDONOS:
4 Andreas Mikkelsen A/ Anders Jæger (N) Hyundai i20 coupe WRC (direção na SS12)
6 Dani Sordo / Marc Martí (E) Hyundai i20 coupe WRC (direção na SS12)
10 Jari-Matti Latvala / Miikka Anttila (FIN) Toyota Yaris WRC (derrame de óleo antes da SS6)
40 Hiroki Arai / Glenn MacNeall (J/AUS) Ford Fiesta R5 (capotou na SS3)
86 Max Vatanen / Jacques-Julien Renucci (FIN/F) Ford Fiesta R5 (SS2)

CLASSIFICAÇÃO SEGUNDO DIA
espanha2clas

mikkelsen(POR RICARDO NASCIMENTO)

Muito calor e muito pó, marcaram este primeiro dia em pisos de terra que foi super competitivo, com três lideres diferentes, cinco pilotos a vencerem troços em seis possíveis e os primeiros sete pilotos a estarem separados por 12,8s.

Apesar de estar a conhecer o Hyundai, mas com uma boa posição de partida, Andreas Mikkelsen passou para a liderança no fim da manhã após ter vencido o terceiro troço. Baixou para segundo no inicio da tarde, mas conseguiu recuperar a primeira posição logo de seguida e terminar o primeiro dia como líder.

Primeiro na estrada, Sébastien Ogier acertou nas escolhas de pneus e não cometeu erros. O francês rodou a maior parte do dia em terceiro, mas a vitória na derradeira especial do dia, fez com que subisse para segundo a 1,4s de Mikkelsen.

Kris Meeke esteve em boa forma ao mesmo ritmo dos mais rápidos, vencendo a segunda especial, mas perdeu alguns segundos com um pião no final da penúltima especial. Mesmo assim, o britânico terminou o dia em terceiro a 3,0s do líder e a 1,6s de Ogier.

Ott Tänak foi o primeiro líder, mas os pneus não se comportaram bem no troço maior, perdendo a liderança. À tarde, o estónio não esteve muito confiante, mas ainda subiu à quarta posição no derradeiro troço, estando a 6,3s do primeiro lugar.

Mads Østberg esteve todo o dia irritado com o muito pó dentro do Fiesta WRC, tornando a visibilidade muito fraca e um calor abrasador no interior da viatura. Apesar deste contratempo, o norueguês esteve sempre bem colocado e até chegou a liderar, mas a derradeira especial foi a pior de todas, caindo para quinto a 7,1s do outro norueguês.

Dani Sordo optou pelos pneus menos adequados nos troços matinais, melhorando um pouco à tarde nas segundas passagens. O herói local manteve-se na sexta posição com mais 10,8s do que Mikkelsen.

Jari-Matti Latvala não esteve muito bem durante a manhã, com a escolha de pneus menos adequada e algo desconcentrado ao mesmo tempo, a fazer passagens de caixa muito cedo. O finlandês venceu o primeiro troço da tarde, mas uma forte pancada por baixo do Yaris, provocou danos graves no sistema de lubrificação, resultando em nova desistência e não vai regressar amanhã.

Thierry Neuville também não escolheu bem os pneus durante a manhã, perdendo quase 18s para o mais rápido na primeira passagem por Terra Alta. O belga esteve melhor à tarde, mas só conseguiu subir à sétima posição após o abandono de Latvala, a 12,8s do seu novo companheiro de equipa.

Juho Hänninen passou a ser o melhor piloto da Toyota, mas terminou o dia em oitavo a mais de 30s do líder, depois de não se entender com pneus duros nas especiais espanholas.

Stéphane Lefebvre esteve lento e nunca se sentiu confiante nos pisos de terra, mas amanhã no asfalto, poderá ser outra história para o francês.

Esapekka Lappi ficou sem travões na primeira passagem por Terra Alta, perdendo quase 50s para o mais rápido. O finlandês não foi além da décima posição, mas está só a 3,3s de Lefebvre.

Elfyn Evans não se entendeu com os DMACK no primeiro dia, em especial nos 38,95km de Terra Alta, onde perdeu imenso tempo.

Eric Camilli e Ole Christian Veiby são os primeiros entre os R5, mas é Teemu Suninen quem lidera confortavelmente o WRC2, com mais de 1 minuto de vantagem para Simone Tempestini. Por outro lado, Jan Kopecký não estava satisfeito com a organização, por não terem aceite o pedido do checo em ter um intervalo de partida maior, para não seguir no pó de Jourdan Serderidis que o fez perder muito tempo.

VENCEDORES DE TROÇOS:
Ott Tänak (1): Kris Meeke (2); Andreas Mikkelsen (1); Jari-Matti Latvala (1); Sébastien Ogier (1)
LÍDERES DO RALLY:
Ott Tänak (SS1 a 2); Andreas Mikkelsen (SS3); Mads Østberg (SS4); Andreas Mikkelsen (SS5 a 6)

PRINCIPAIS ABANDONOS:
10 Jari-Matti Latvala / Miikka Anttila (FIN) Toyota Yaris WRC (derrame de óleo antes da SS6)
40 Hiroki Arai / Glenn MacNeall (J/AUS) Ford Fiesta R5 (capotou na SS3)
86 Max Vatanen / Jacques-Julien Renucci (FIN/F) Ford Fiesta R5 (SS2)

CLASSIFICAÇÃO PRIMEIRO DIA
espanhadis117

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

catalunhaFotos: Tiago Fonseca (Proíbida a reprodução de fotos sem indicação da fonte)
Evento: Rali da Catalunha 2017
Data: Outubro 2017
Site: www.ralisonline.net