faceralis

 

posvendaclick

Eventos

montelongoCom o centro nevrálgico em Fafe, a prova que homenageia o piloto local Carlos Vieira vai para a estrada a 25 e 26 deste mês com um total de 13 classificativas sediadas no concelho

O Rally Montelongo Carlos Vieira, a realizar nos próximos dias 25 e 26, pontuável no Campeonato de Portugal de Clássicos (CPCR), no Campeonato Start Norte de Ralis e ainda com uma prova-extra que acompanha a do CPCR, é candidato a integrar, já em 2023, o calendário do Campeonato do Europeu de Clássicos FIA (FIA European Historic Rally Championship), uma aspiração antiga tanto do Demoporto (Clube de Desportos Motorizados do Porto) como da autarquia de Fafe.

Atualmente, o Europeu tem um calendário de nove provas, entre as quais figuram nomes de referência como os ralis Costa Brava, Ilha d'Elba ou Sanremo, espalhados por países como a Espanha (2), a Itália (2), a República Checa, a Suíça, a Hungria, a Áustria e a Finlândia.

"Desde 2020, quando este mesmo rali integrou o ERC, em plena pandemia, que ambicionávamos entrar no Europeu de Clássicos. E como foi possível constatar nesse ano, Fafe dispõe de excelentes condições, pois as classificativas de asfalto são maioritariamente as mesmas, para entrar no calendário dessa competição FIA. Há toda uma envolvência, das classificativas à paisagem, que torna esse rali, a decorrer integralmente no concelho de Fafe, apelativo para vir a fazer parte das grandes competições FIA de veículos históricos", refere Carlos Cruz, presidente do Demoporto.

Dividido por dois dias, o Rally Montelongo Carlos Vieira, que presta homenagem ao piloto local e campeão nacional de ralis em 2017, engloba um total de 13 classificativas (130,04 km) na prova do CPCR e ainda na prova-extra que admitirá veículos não clássicos. No sábado os pilotos fazem uma dupla passagem pelas "especiais" de Vila Pouca (9,71 km), Aboim/Gontim (9,01 km) e Monte (12,05 km), para no dia seguinte completarem uma "ronde" por Montim (6,92 km), Várzea Cova (11,01 km) e Queimadela/Travassos (10,88 km), estando o final do rali previsto para as 15h10, no Parque da Feira Velha (Fafe).

A prova o Campeonato Start Norte de Ralis decorre apenas no sábado, com seis classificativas, referentes a uma dupla passagem por Vila Pouca, Aboim/Gontim e Monte.

lisboaplaca22Quando ainda faltam 60 dias para o início da 2ª edição do Rally de Lisboa, metade das vagas já estão ocupadas para a grande festa dos ralis na capital de Portugal.

A forte adesão às inscrições para o Campeonato Start Sul de Ralis, Trofeu Regional Sul de Ralis, bem como para a prova Extra que é para os carros da nova geração, tem decorrido a um forte ritmo como era previsto.

De salientar que entre as inscrições formalizadas, fazem parte vários campeões nacionais e regionais, bem como de pilotos da Madeira, conforme aconteceu em 2021.

Mais informações em https://cpka.pt/rallydelisboa/

micraFoi no passado sábado que os dois Nissan Micra Kit Car marcaram presença no aeródromo da Maia, onde estiveram em aturados testes de preparação para a época de ralis que se aproxima com os pilotos José Araújo, que teve como navegadora Maria João Costa e J.A.Costa que teve como co-piloto F.Ferreira.

Assim estes dois Kit Car fizeram diferentes ensaios, desde a manhã até final da tarde, na qual Jorge Galhardo, presidente do Parallel Velocity Club no final do teste dizia-nos " mais uma missão cumprida, desta feita foi um dia completo de testes pois toda a equipa do Parallel Velocity Clube começou pelas 8h da manhã com um nevoeiro cerrado, e só terminamos agora pelas 18h da tarde, mas foi um teste intensivo, com uma hora de intervalo para almoço, mas onde os dois pilotos aproveitaram o tempo todo para fazerem os testes necessários com vista á preparação para o rali de Gondomar. Pela nossa parte, saldo muito positivo, e que muitos pilotos nos continuem a visitar", conclui Jorge Galhardo, Presidente do Parallel Velocity Club.

vianaO Viana Motor Clube realiza mais um encontro anual dos GT80, dedicado a viaturas que se notabilizaram no desporto automóvel entre os anos 80/90/00. Este evento decorre no dia 9 de abril.

Os 50 participantes, vão partir da bela cidade de Viana do Castelo rumo a Gemieira, percorrendo históricas classificativas, entre as quais destacamos Vilar de Mouros e Cerquido.

Horários:
09h00m - Recepção - Centro de Vela – Viana do Castelo
10h30h – Partida
11h00m - Vilar de Mouros/Covas
11h30m – Covas/Arga de Cima
12h00m - Arga de Cima/Cerquido
12h30m – Cerquido/Gemieira
13h00m – Chegada - Gemieira

start copyUm importante núcleo de pilotos e co-pilotos que têm previsto participar e disputar o Campeonato Start Centro de Ralis não irão participar no Rali de Resende.

Em carta enviada à FPAK, entidade que apesar de já ter ouvido alguns pilotos nunca levou em consideração as suas opiniões, pode ler-se que recusam disputar esta competição e explicam as razões.

Um das razões é o curto espaço de tempo para reconhecer os troços e fazer as verificações e ainda disputar o rali em si. Trata-se de um modelo, que segundo os pilotos, trás um enorme desgaste às equipas, quer físico, quer emocional, o que coloca em causa toda a segurança da prova.

Por outro lado o valor muito alto das inscrições, tendo em conta o número de quilómetros de troços disputados, é outra das reclamações.

Estas e outras medidas já tinham sido feitas à FPAK, quer antes, quer depois do Rali da Bairrada, mas às quais a entidade federativa não deu resposta.

Entretanto no facebook, muitos dos pilotos já publicaram a não participação em Resende, com um texto comum, que é o seguinte:
"Por considerarmos não estarem reunidas as condições mínimas de segurança necessárias para a realização do rali em termos do tempo que é disponibilizado para a realização dos reconhecimentos e por não estarmos de acordo com a estrutura de Ralis "Start" nos moldes atuais, não iremos comparecer no Rali de Resende".