faceralis

 

ANUARIO123

Açores

morprime11O Campeonato Açores de Ralis, teve este fim-de-semana a segunda ronda do calendário, com a disputa do Rallye Além Mar da Primavera, contando com o bom tempo primaveril e várias lutas interessante durante a prova, excepto pelo primeiro lugar.

Sem surpresas, Ricardo Moura e Sancho Eiró dominaram por completo o evento disputado em São Miguel, vencendo todos os troços e com uma vantagem final de cerca de 1 minuto em menos de 60 quilómetros competitivos.

Com pouca experiência em pisos de gravilha, Luis Miguel Rego surpreendeu pela positiva ao terminar no segundo lugar da geral, conseguindo segurar os adversários que vinham atrás por poucos segundos mas que foram suficientes.

Sem estar habituado ao Evo 9 e com um "setup" que nunca foi do seu agrado, Pedro Vale conseguiu obter o último lugar do pódio no seu primeiro rally da temporada que este ano vai ser muito curta.
Ricardo Carmo perdeu algum tempo de manhã, devido às afinações da suspensão pois, o piloto disse que o carro fugia muito de frente. Nas segundas passagens pelos troços, Carmo melhorou o carro e os tempos surgiram bem melhores mas, o piloto da Terceira não foi além do 4º lugar, ficando a 1,1s de Pedro Vale.

Sérgio Silva começou o dia com problemas na bomba de gasolina que o fizeram perder mais de 1 minuto. Após os problemas resolvidos, Silva averbou bons tempos que lhe permitiram subir de 13º para 5º da geral.

Nas duas rodas motrizes, Paulo Maciel imprimiu um ritmo muito forte na secção matinal, conseguindo manter uma margem algo curta mas, suficiente para poupar a mecânica nos sítios mais demolidores em alguns troços desta tarde, conseguindo uma vitória na classe e terminar em sexto da geral.

Henrique Moniz (7º) melhorou o "setup" do Citroën para a parte da tarde e entrou numa luta com Carlos Costa (8º) que durou até ao último troço. O jovem piloto levou a melhor no final por apenas 1,7s e que após duas provas disputadas este ano, a diferença entre os dois pilotos da CC Racing, cifrou-se em apenas 0,1s.

Não fosse a penalização sofrida na noite de sábado por erro de percurso na super especial, Rúben e Estevão Rodrigues poderiam ter-se envolvido na luta com os pilotos da CC Racing. Os dois irmãos que até pensaram em desistir, imprimiram um andamento muito rápido esta tarde e chegaram a ser os mais rápidos na classe em alguns troços.

João Faria terminou na 10ª posição da geral e venceu a sua classe, na frente do seu maior adversário do campeonato, o terceirense Carlos Andrade, com mais de 1 minuto de vantagem.

Paulo Rego danificou o eixo posterior numa forte pancada com uma das rodas num lancil, durante a disputa da super especial na noite de sábado e José Paula só disputou a primeira especial de hoje, acabando por abandonar com problemas no turbo.

A grande surpresa do rally, acabou por ser a dupla Bruno Amaral/ Pedro Câmara na primeira prova em que fizeram juntos na estreia do novo Mitsubishi em pisos de gravilha. Amaral chegou a ocupar a segunda posição no início mas, a dupla acabou por ter algumas ligeiras saídas de estrada que fizeram perder algum tempo. No penúltimo troço e quando ocupavam a 5ª posição, Amaral "aterrou" com alguma violência após um salto que danificou bastante o diferencial posterior, sendo obrigados a desistir.

Sandro Andrade e Hugo Alcântara proporcionaram bom espectáculo e bom andamento enquanto estiveram em prova. Andrade abandonou por despiste e Alcântara ficou com graves problemas na direcção após um salto em que quase ficou sem a roda.

Tiago Mota dominou no Open desde a segunda classificativa, seguindo-se Bruno Tavares e Luis Medeiros no último lugar do pódio com o seu Renault 5 (Williams).

LÍDERES DO RALI:
Ricardo Moura (Pec 1 a 7)
VENCEDORES DE TROÇOS:
Ricardo Moura (7)

CLASSIFICAÇÃO FINAL (link)
1º Ricardo Moura / Sancho Euro – Mitsubishi Lancer Evo IX 38m16,4s
2º Luís Miguel Rego / Pedro Rodrigues – Mitsubishi Lancer Evo IX a 59,4s
3º Pedro Vale / Rui Medeiros – Mitsubishi Lancer Evo IX a 1m11,7s
4º Ricardo Carmo / Justino Reis – Mitsubishi Lancer Evo IX a 1m12,8s
5º Sérgio Silva / Ricardo Melo – Subaru Impreza WRX a 2m18,1s
6º Paulo Maciel / Filipe Gouveia – Citroen Saxo Cup a 2m30,8s
7º Henrique Moniz / Pedro Machado – Citroen C2 R2 a 2m46,9s
8º Carlos Costa / Fernando Nunes – Citroen C2 R2 a 2m48,6s

PILOTO DE RALI
Ricardo Moura
MOMENTO DO RALI
Vantagem de Ricardo Moura desde o primeiro troço
MENOS DO RALI
Ausência de luta pelo primeiro lugar

COLABORAÇÃO RICARDO NASCIMENTO
Foto de João Paulo Marrucho (fotoflash)

primaveralogoJá está disponível a Lista de Inscritos da segunda prova do Campeonato dos Açores de Ralis, o Rali Primavera, organizado pelo Grupo Desportivo Comercial..

Ao todo serão 34 as equipas, das quais 10 pertecem ao Open dos Açores.

 

 

primaverainsc

 

primaveralogoO Rallye da Primavera Além Mar 2011, segunda prova do Campeonato de Ralis dos Açores, foi apresentado esta tarde em Vila Franca do Campo, no edifício Açor Arena que servirá também de Quartel General do evento.

Após a Câmara Municipal da Ribeira Grande ter desistido de apoiar a prova do Grupo Desportivo Comercial, a Fábrica de Tabaco Estrela aparece como principal patrocinador da segunda ronda do Campeonato dos Açores de Ralis. A Câmara Municipal de Vila Franca do Campo, vai dar todo o apoio logístico necessário para a realização do rally, em especial, na cedência do espaço Açor Arena para parque de assistência, parque fechado (coberto) e secretariado.

Em termos de percurso, será realizado pela primeira vez, uma super especial na noite de sábado do dia 14 de Maio em Vila Franca do Campo, junto ao edifício que vai acolher o rally. A ordem de partida será inversa, com intervalos de 3 minutos num traçado com apenas 1,50km.

No dia seguinte (15 de Maio), a prova terá dupla passagem pelos troços de Remédios/ Água de Pau, Lagoa/ Marques e uma versão mais curta de Achada das Furnas. Muito provavelmente, as versões de Remédios/ Água de Pau e Lagoa/ marques, serão idênticas ao do Sata Rallye Açores 2011.

O pódio do rally, será efectuado dentro do edifício Açor Arena, no mesmo local do parque de assistência, contando com muitos lugares sentados nas bancadas existentes, para o público que quiser assistir à chegada.

Colaboração Ricardo Nascimento

primaveralogoO Rali Primavera é em parte uma nova prova do Campeonato dos Açores de Ralis.

Esta 2º prova do CAR tem partida e chegada a Vila Franco do Campo, mas os troços que utiliza na sua estrutura já foram utilizados noutras provas, nomeadamente no Sata Rali dos Açores.

Aliás, este Rali Primavera serve precisamente de teste ao Grupo Desportivo Comercial, tendo em vista a preparaçãoo do Sata Ralis dos Açores.

PROVA: Rali Primavera
ELEGIBILIDADE: Campeonato dos Açores de Ralis
DATA: 14 e 15 de Maio 2011
ORGANIZADOR: Grupo Desportivo Comercial
CONTACTOS: (t:) : 296 960 400 / www.gdc.com.pt / Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar
INSCRIÇÕES: Até 3 de Maio de 2011
PERCURSO: 57,24 Kms / Troços – 178,26 Kms
NOVIDADES: Nova prova
CENTRO OPERACIONAL: AÇOR ARENA – Pavilhão Multiusos
INSCRITOS / MAPA DOS TROÇOS / ACESSOS AOS TROÇOS

HORÁRIOS
primaveratrocos11

mourapleno10O 30º Rali Sical que se disputou na Ilha Terceira, voltou a ser a prova de abertura para mais um campeonato açoriano, com algumas novidades de percurso.

Sem qualquer oposição ou problemas mecânicos, Ricardo Moura venceu o Rali Sical, sendo o mais rápido em 9 dos 10 troços disputados. O actual campeão regional imprimiu um ritmo forte no inicio do evento, sempre com médias superiores aos 100km/h, amealhando uma vantagem confortável para depois controlar quem vinha atrás.

Mesmo com as ausências de Pedro Vale e Sérgio Silva, a luta pela segunda posição, acabou por ser um dos maiores focos de interesse no evento pois, ficaram apenas 9,6s de diferença entre o 2º e o 4º classificado.
Ricardo Carmo voltou aos bons resultados, ao ser segundo classificado desde o inicio mas, Luis Miguel Rego (3º classificado) e Fernando Meneses (4º classificado e vencedor de um troço) não lhe deram qualquer descanso. No decorrer do segundo dia de prova, as lutas entre estes três pilotos chegou a ser ao décimo de segundo, fazendo com que tudo podia mudar a qualquer momento.

Artur Silva terminou em quinto da geral e dominou desde o inicio nas duas rodas motrizes mas, a pressão por parte de vários pilotos na mesma categoria, tornaram esta luta muito interessante até ao último troço.
Carlos Costa teve alguns problemas de travões no Citroën, durante o inicio do rally mas, nunca se afastou muito da concorrência, pois recuperou o pouco tempo perdido e terminou em sexto a 9,2s de Artur Silva.
Henrique Moniz também esteve excelente a todos os níveis durante todo o rally mas, viria a perder uma posição para Costa na parte final da prova, ficando apenas a 1,6s do outro carro da CC Racing.

Em habituação ao novo Subaru (ex-Luis Pimentel), Paulo Rego lutou contra os melhores 2WD e chegou a estar a 0,2s de Moniz mas, o jovem piloto do C2 conseguiu segurar o mais potente Impreza 1,3s atrás de si, no derradeiro troço do rally.

Esperava-se mais de Marco Veredas e de César Silva com este último a desistir no derradeiro troço, permitindo que Rúben Rodrigues entrasse no Top 10, num tipo de piso que está em aprendizagem.

Cláudio Bettencourt chegou a estar envolvido numa luta interessante com Artur Silva mas, a caixa de velocidades do Evo 8 cedeu, obrigando o piloto da Graciosa a terminar o rally mais cedo.

Rui Torres teve uma prova para esquecer com muitos problemas no seu Mitsubishi, acabando por desistir antes do meio do rally e Bruno Amaral com o seu novo Evo 8 (ex-Luis Cardoso), esteve parado mais de 30 minutos com uma avaria, não escapando à última posição.

O Team Praia da Vitória viu dois dos seus principais pilotos a ficarem pelo caminho. Sérgio Cardoso bateu na super especial em Angra do Heroísmo e Olavo Esteves despistou-se após um salto com o Clio R3.

No Open, Jorge Sousa dominou com o seu Toyota Corolla GT, deixando Paulo Veredas na segunda posição a pouco mais de 50 segundos

LÍDERES DO RALI:
Ricardo Moura (Pec 1 a 10)
VENCEDORES DE TROÇOS:
Ricardo Moura (9); Fernando Meneses (1)

CLASSIFICAÇÃO FINAL
1º Ricardo Moura / Sancho Euro – Mitsubishi Lancer Evo IX 49m36,6s
2º Ricardo Carmo / Justino Reis – Mitsubishi Lancer Evo IX a 1m32,6s
3º Luís Miguel Rego / Pedro Rodrigues – Mitsubishi Lancer Evo IX a 1m39,8s
4º Fernando Meneses / Roberto Areias – Subaru Impreza WRX a 1m42,2s
5º Artur Silva / Paulo Jesus – Citroen Saxo Cup a 3m41,5s
6º Carlos Costa / Fernando Nunes – Citroen C2 R2 a 3m50,7s
7º Henrique Moniz / Pedro Machado – Citroen C2 R2 a 3m52,3s
8º Paulo Rego / Rui Teixeira – Subaru Impreza WRX STi a 3m53,6s

PILOTO DE RALI
Ricardo Moura
MOMENTO DO RALI
Vantagem de Ricardo Moura desde o primeiro troço
MENOS DO RALI
Ausência de luta pelo primeiro lugar

Ricardo Nascimento