faceralis

 

posvendaclick

Madeira

saportosanto11Sem qualquer oposição e fazendo um rali concentrado, Vítor Sá não precisou de forçar o andamento para garantir uma vitória... previsível, e em que esteve sempre só na frente da prova.

Previa-se alguma luta pelo segundo lugar que seria também a luta pelo Gr.N, mas cedo as posições foram ficando definidas. Filipe Freitas ainda teve João Magalhães e Miguel Nunes como adversários na luta por esse segundo lugar, mas o pluricampeão de Gr.N teve que abandonar na 4º especial com problemas mecânicos no Lancer, enquanto o campeão em título tinha problemas de transmissão no Lancer e perdia muito tempo.

Também António Nunes, que viria a ficar no terceiro lugar, atrás de Filipe Freitas, perdia muito tempo devido a problemas de motor e caixa de velocidades, conquistando mesmo assim um bom resultado.

Na estreia ao volante do Lancer Evo IX, Duarte Ramos fez o que lhe competia, fazendo bons cronos e mostrando-se rapidamente competitivo na condução deste 4x4.

Filipe Carvalho obteve a sua primeira vitória entre os 1.600 com o Peugeot 206 S1600, somando ainda o primeiro lugar nos Juniores, enquanto Filipe Pires levou o C2 ao 6º lugar final mas venceu entre os concorrentes do Troféu Eng.Rafael Costa.

No Campeonato Open apenas dois concorrentes terminaram, com Gabriel Fernandes em Citroen AX a vencer, ficando a 20s Emanuel Martins no Opel Corsa.

LÍDERES DO RALI:
Vítor Sá (Pec 1 a 7)
VENCEDORES DE TROÇOS:
Vítor Sá (7)

CLASSIFICAÇÃO FINAL (link)
1º Vitro Sá / Pedro Calado – Peugeot 207 S2000 26m00,4s
2º Filipe Freitas / Daniel Figueiroa – Mitsubishi Lancer Evo X a 52,2s
3º António Nunes / Roberto Castro – Mitsubishi Lancer Evo X a 1m26,8s
4º Duarte Ramos / Luís Ramos - Mitsubishi Lancer Evo IX a 1m36,1s
5º Filipe Carvalho / João Paulo – Peugeot 206 S1600 a 2m07,0s
6º Filipe Pires / António Sousa – Citroen C2 a 2m27,0s
7º André Silva / Jorge Gonçalves – Citroen C2 a 2m44,6s
8º Isabel Ramos / Rubina Gonçalves – Renault Clio R3 a 3m05,1s

PILOTO DE RALI
Vítor Sá
MOMENTO DO RALI
Vantagem de Vítor Sá desde o primeiro troço
MENOS DO RALI
Ausência de luta pelo primeiro lugar e poucos inscritos

portosancarta11A primeira prova do Campeonato da Madeira de Ralis, o Rali Porto Santo Line, que vai para a estrada no próximo fim-de-semana, já deu a conhecer a lista de inscritos.

A primeira nota de destaque vai para as 16 equipas que se inscreveram nesta prova, um número que surpreendente por ser demasiado baixo.

Apesar de ser uma lista "curta" destaque ainda para a presença de um bom lote de automóveis que poderão proporcionar uma excelente luta pelos primeiros lugares.

inscporsanline11

amak10A FPAK publicou o Regulamento do Campeonato da Madeira de Ralis para a temporada de 2011. O calendário terá oito provas, não existindo grandes novidades face a 2010, embora se registe a entrada de duas novas provas.

Os sete melhores resultado contam para a pontuação absoluta, tendo-se optado pelo no sistema de pontuação em que a vitória dá 25 pontos, contra os 18 pontos do segundo lugar e 15 pontos do terceiro. No Vinho Madeira existe ainda uma pontuação bónus para quem não tenha cumprido uma das etapas.

Destaque ainda para a possibilidade de o regulamento permitir que os GT possam correr neste campeonato.

Destaque ainda para o Campeonato Open de Ralis da Madeira, que se disputa em paralelo com o CMR, excluindo o Vinho Madeira, sendo que os pilotos somam os cinco melhores resultados das sete provas.

Os carros admitidos são os Clássicos, VSH e outros carros de duas rodas motrizes até 2.0 litros (com ou sem homologação), tendo o mesmo sistema de pontuação do Open de Ralis no continente e nos Açores.

FPAK ignorou propostas da AMAK

O válido trabalho desenvolvido pela AMAK, que levou à FPAK as suas propostas de regulamento para o Campeonato da Madeira de Ralis, acabou por cair em saco roto.

A FPAK apostou em levar por diante as suas ideias (o regulamento é quase igual ao dos Açores), o que deixou os elementos da AMAK frustados depois de tanto trabalho.

portosancarta11Mesmo com a crise a pairar no Campeonato da Madeira de Ralis, o mesmo terá o seu início nos dias 11 e 12 de Março, com o tradicional Rali Porto Santo Line.

Este ano numa organização conjunta Sporting Clube Santacruzense e da Associação Desportiva da Camacha, o Rali Porto Santo Line terá uma esquema de troços tradicional, o que irá proporcionar invariavelmente emoção e muita competitividade.

 

PROVA: Rali Porto Santo Line
ELEGIBILIDADE: Campeonato da Madeira de Ralis
DATA:  11 e 12 de Março de 2011
ORGANIZADOR: Automóvel Clube de Santa Cruz
CONTACTOS: (t:) 291 980 450 /  www.accs.pt / Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar
PERCURSO:  106,86 Kms / TROÇOS: 47,84 Kms
NOVIDADES: Semelhante a 2010
CENTRO OPERACIONAL: Pavilhão Multiusos do Porto Santo
INSCRITOS / MAPA DOS TROÇOS / ACESSOS AOS TROÇOS

HORÁRIOS
portosantohorarios11

silvabal10João Silva voltou a provar na Madeira a sua rapidez, obtendo mais títulos em 2010 e uma vitória à geral com um carro de duas rodas motrizes. Estreou-se em bem na terra, já este ano, e regressou ao Algarve onde teve uma boa exibição.

Qual o balanço de 2010?
O balanço é extremamente positivo, atingimos todos os objectivos propostos e mais alguns, fomos Bicampeões da Júnior e Campeões dos 2L/2RM e 4º da geral, ainda conseguimos uma vitória à geral no Marítimo e um 8º lugar no Rali Vinho da Madeira. A nível nacional fizemos uma boa estreia nos pisos de terra no Rali de Portugal, infelizmente terminou com um grave acidente, e no Rali Casinos do Algarve andamos dentro do que era necessário e seguro e ainda assim vencemos um troço nos 2L/2RM e terminámos num brilhante 4º lugar da Geral.

Momentos mais marcantes da temporada?
Sem dúvida a minha primeira vitória à geral num rali, no Rali do Marítimo onde debaixo de muita chuva conseguimos impor um ritmo muito superior e até surpreendente, também destaco pela positiva a minha adaptação aos pisos de terra no Rali de Portugal, e o grande Rali Vinho da Madeira que fizemos.

Que projectos (e/ou certezas) é que tens para 2011?
Temos três projectos em cima da mesa, dois na Madeira para discutir lugares da frente e um no Nacional com o Renault Clio R3, estamos a contactar potenciais patrocinadores e conforme o interesse deles logo vemos como será 2011. Mas caso os projectos da Madeira falhem o mais provável é seguir para o Nacional por requerer menor investimento inicial. Bom seria conjugar os dois campeonatos para continuar a minha evolução em pisos de terra e em ralis
desconhecidos.

RALIS ONLINE TV

RALIS ONLINE TV 2