facebook

banner-site-desafio

Madeira

cartazaguedaProva do Clube Automóvel do Centro, com a promoção entregue à Promolafões, termina no dia seguinte, com dupla passagem pelas especiais de Falgoselhe e Préstimo, totalizando 99,57 quilómetros, 45,26 dos quais disputados ao cronómetro.

A edição 2017 do Rali de Águeda, pontuável para o Campeonato Regional de Ralis Centro – Jorge Amorim, vai para a estrada nos dias 28 e 29 do corrente mês, voltando a contar com o apoio financeiro e logístico da autarquia aguedense, até porque representa um dos maiores cartazes sócio-desportivo da região, evidenciando-se ao nível do impacto incontornável na dinamização da economia local.

A super-especial nocturna de sábado (dia 28), considerada já uma ferramenta distinta na promoção da região, vai agrupar milhares de pessoas nas principais artérias de Águeda para ver "in loco" pilotos a "explorar" as competências das máquinas, em que o desempenho dos navegadores é primordial para a funcionalidade das equipas.

O vereador do Pelouro do Desporto da Câmara Municipal, Edson Santos, afirmou que o Rali de Águeda «é um evento que atrai milhares de pessoas ao nosso território». «Esta é mais uma excelente oportunidade para aguedenses e visitantes em geral emoldurem as estradas do nosso concelho, com a super-especial de sábado, confinada ao coração da cidade, a despoletar a satisfação generalizada pela sua espectacularidade»,

Apesar de alguns constrangimentos, Edson Santos deixou bem explícito que a Câmara Municipal de Águeda «procurou que a prova continuasse no concelho, «porque entendemos que é de extrema importância para a projecção de Águeda e, pelo terceiro ano consecutivo, voltamos a ter na cidade a alegria dos pilotos e o entusiasmo dos aguedenses e dos visitantes».

O vereador do Pelouro do Desporto da Câmara Municipal de Águeda congratula-se com a aposta feita em manter a prova, «dado que são eventos de excelência, que conciliam a componente de espectáculo ao mais alto nível com um forte impacto económico no território, que fazem agitar ainda mais o concelho».

A dupla classificativa disputada num percurso de 2.200 metros, denominada Jorge Amorim A e B, tem partida marcada para as 20h35 e 20h48, respectivamente, no Jardim do Largo 1.º de Maio com a Rua Celestino Neto.

Os primeiros quilómetros da prova delineada pelo Clube Automóvel do Centro revestem-se como um aprazível "aperitivo" para a dimensão humana que vai moldurar as artérias da Baixa de Águeda. São os aguedenses, juntamente com os visitantes, que, naquele sábado à noite, que fazem o sucesso da prova, atendendo, sobretudo, ao extraordinário convívio entre familiares e amigos que contagia a cidade e a região, como se de uma romaria se tratasse.

Para o dia seguinte, domingo, dia 29, a "ementa" terá um apelativo reforço. Pilotos e máquinas terão pela frente "dose" dupla para "degustar". Quatro troços disputados com dupla passagem pelas especiais de Falgoselhe e Préstimo perfazem o Rali de Águeda.

É a partir das 11h35 que chegam as extraordinárias, grandes emoções e novos desafios para os pilotos. Falgoselhe passa a ser o primeiro troço do dia, com a sua versão de 8,25 km, seguindo-se, a partir das 12h03, a especial de Préstimo, na extensão de 12,28 km, ambas a disputar no período matinal.

Terminada a segunda secção da primeira etapa, a terceira e derradeira secção terá início pelas 13h58, com nova incursão pelos 8,25 km de Falgoselhe. A fechar o programa do Rali de Águeda, a incontornável classificativa de Préstimo, a partir das 14h26, que, com os seus exigentes 12,28 km, volta a ser a especial mais longa e em que tudo se decidirá.

As instalações dos Bombeiros Voluntários de Águeda, permanecem como sede do "quartel-general" da prova, das verificações administrativas e técnicas, enquanto o Parque Fechado cinge-se às imediações do Centro de Artes de Águeda, local perfeito para o público poder ver bem de perto as viaturas de competição e contactar pilotos e navegadores. Refira-se que a cerimónia de pódio volta a ter lugar no Jardim do Largo 1.º de Maio.

Com o intuito de dinamizar e atrair novos públicos para os ralis, a caravana apresentar-se-á competitiva à procura do melhor resultado possível. Com as inscrições ainda a decorrer, neste momento ainda não é possível confirmar a presença das equipas na prova.

maritmologo17Inscritos Rali do Marítimo Machico.

 

 

 

 

 

 

 

 

maritimoinsce17

regolilas(POR RICARDO NASCIMENTO)

Apontado como favorito à partida do 39º Rali Ilha Lilás, Ricardo Moura começou por vencer a super especial na cidade de Angra do Heroísmo e depois efetuou um grande tempo na primeira especial de hoje. No entanto, Moura acabou por ser traído pela mecânica pela segunda vez na presente temporada, abandonando antes da segunda especial do dia.

Luís Rego havia baixado à terceira posição no inicio da manhã de hoje, mas subiu para primeiro após o abandono de Moura, vencendo três especiais consecutivas e amealhar uma vantagem um pouco confortável para as derradeiras especiais, para vencer pela segunda vez consecutiva na temporada, apesar de um toque com uma das rodas posteriores que o fizeram perder algum tempo e um grande susto. Com este excelente resultado, Rego passou para a liderança do campeonato, estando em posição de discutir o título na derradeira prova.

Rúben Rodrigues perdeu preciosos segundos durante a manhã para Luís Rego, mantendo-se confortavelmente na segunda posição. O piloto do Citroën venceu os derradeiros troços, mas só conseguiu reduzir a diferença para 15,7s em relação ao vencedor e apesar de estarem em terceiro do campeonato, os irmãos Rodrigues ainda estão na luta pela título, mas só se vencer no pico e os seus adversários diretos não pontuarem.

Tiago Azevedo voltou a alugar um Fabia R5 para animar ainda mais o Rali Ilha Lilás, subindo à segunda posição no inicio da manhã, mas depois foi sempre a perder terreno para os dois pilotos de São Miguel, não indo além da terceira posição.

Hugo Mesquita não começou o dia muito bem, a ter de lutar com os melhores carros das duas rodas motrizes, mas quando já tinha subido posições e ficar atrás dos R5, o Lancer Evo IX partiu uma transmissão e danificou a caixa de velocidades, abandonando no final da manhã.

A luta pelas duas rodas motrizes esteve muito interessante de seguir, com três pilotos envolvidos na luta, mas acabaria por ficar reduzida a dois, após o abandono do local Carlos Andrade, numa altura em que se estava a aproximar de Botelho e Tavares. O velhinho 205 Mi16 de Bruno Tavares voltou a demonstrar competitividade contra o bem mais recente e com mais argumentos, DS3 R3T de Rafael Botelho. O já campeão das duas rodas motrizes teve de se aplicar nas duas últimas especiais para conseguir passar Tavares num carro com cerca de 30 anos e vencer 4,9s de vantagem.

Tiago Valadão e Pedro Lança estiveram envolvidos numa boa luta, mas o piloto local acabou por abandonar e deixar o simpático piloto continental isolado na sexta posição, com quase dois minutos de vantagem para Paulo Santos em viatura idêntica.

VENCEDORES DE TROÇOS:
Ricardo Moura (2); Luís Rego Jr. (3); Rúben Rodrigues (3)
LÍDERES DO RALLY:
Ricardo Moura (SS1 a 2); Luís Rego Jr. (SS3 a 8)

39º RALI ILHA LILÁS
1º 2 Luís Rego Jr. / Jorge Henriques (P) Ford Fiesta R5 50.10,6
2º 3 Rúben Rodrigues / Estêvão Rodrigues (P) Citroën DS3 R5 +15,7
3º 8 Tiago Azevedo / Mário Castro (P) Skoda Fabia R5 +01.29,0
4º 4 Rafael Botelho / Nuno Rodrigues da Silva (P) Citroën DS3 R3T +04.37,6
5º 9 Bruno Tavares / Rui Ávila (P) Peugeot 205 Mi16 +04.42,5
6º 20 Pedro Lança / Paulo Marques (P) Citroën Saxo CUP +06.33,0
7º 23 Paulo Santos / André Barras (P) Citroën Saxo CUP +08.27,8
8º 22 Ricardo Silva / Carla Silva (P) Citroën Saxo CUP +08.44,9
9º 16 Teófilo Pires / Ricardo Fagundes (P) Citroën Saxo CUP +08.47,9
10º 29 Telmo Riqueza / Rui Silva (P) Ford Escort RS MK2 +10.40,2

PRINCIPAIS ABANDONOS:
14 Jorge Sousa / Adriano Rosa (P) Toyota Corolla GT (avaria na SS1)
21 Artur Silva / João Pacheco (P) Renault Clio 1.8 16v (avaria na SS2)
1 Ricardo Moura / Sancho Eiró (P) Ford Fiesta R5 (correia de alternador após SS2)
5 Hugo Mesquita / Jorge Diniz (P) Mitsubishi Lancer Evo IX (transmissão na SS4)
19 Tiago Valadão / Humberto Castelo Branco (P) Citroën Saxo CUP (avaria na SS5)
6 Carlos Andrade / Tomás Pires (P) Renault Clio R3 (avaria antes da SS7)

Foto Cedida por Miguel Nascimento

 

cartazrfcm2017Inscritos Rali M. Funchal e Câmara de Lobos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ralimfcminscritos2017

mesaoapreseA Comissão Organizadora do Rali Município de Mesão Frio apresentou este domingo a sua edição 2017, que vai realizar-se nos dias 26 de Agosto, sábado e, 27 de Agosto, domingo.

As "portas de entrada" na magnífica, única e bonita Região do Douro com Mesão Frio e a sua varanda para o Rio Douro, vão receber no final do mês de Agosto e em plena época de preparação para as Vindimas deste ano, a "caravana" do Campeonato Regional de Ralis Norte – FPAK (7ª Prova), assim como o Troféu CIN organizado pelo Team Baia (6ª Prova). O clube organizador, CAR – Clube Automóvel da Régua e, o Município de Mesão Frio têm já estruturado o figurino da Prova, praticamente em tudo similar ao rali do ano passado.

Com um conjunto de convidados significativo, o Sr. Presidente do Município de Mesão Frio, Alberto Pereira, deu as boas vindas a todos, não deixando desde logo por destacar a representação da Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting neste ato, com a presença do Coordenador Desportivo da FPAK, Paulo Magalhães.

Este, não só destacou o nível atingido pelo Rali Município de Mesão Frio até agora, uma das provas com cenários que percorrem os vinhedos e, as encostas do Rio Douro, que, desde logo propiciam imagens e instantâneos que encantam.

Presente o responsável pelo Team Baia Sérgio Aguiar que, integra de novo o Troféu CIN 2017 no Rali Município de Mesão Frio e, afirmou, ..., "este ano o objetivo é atingirmos os 50 inscritos".

O Diretor da Prova, Jerónimo Alves, apresentou o percurso do Rali Município de Mesão Frio, agradecendo e destacando desde logo o apoio do Município, no que foi acompanhado pelo Sr. Presidente da Câmara Municipal, Alberto Pereira que, salientou a interligação com "organização" e com o Clube Automóvel da Régua.

O Parque de Assistência terá uma nova localização e, a Super Especial Mesão Frio a disputar-se no sábado à noite, terá uma ligeira alteração na sua configuração procurando torna-la ainda mais competitiva.

Alberto Pereira, salientou ainda a animação que se vive em Mesão Frio no "fim-de-semana do rali", onde este ano entre outras iniciativas se vai realizar a "Festa Branca" pela noite dentro de sábado para domingo, assim como o retorno económico e, a essencial projeção que o Rali Município de Mesão Frio proporciona.
(Cont.)

Destacamos ainda entre outras a presença na "apresentação" da dupla Joaquim Maia e Filipa Azevedo, que confirmaram já a sua inscrição a juntar desde logo à de Alberto Pereira, ele também Piloto, assim como da Piloto Sónia Pereira que, está empenhada em preparar um carro para alinhar à Partida do Rali Município de Mesão Frio 2017.

As Inscrições decorrem até 21 de Agosto (23.00h) para o Secretariado Permanente no Clube Automóvel da Régua (clubeautomovelreguamail.com | +351 254 331 252 / +351 919 804 727 | Morada: Ex. Escola Primária do Rodo, Apartado 41, 5050-909 Peso da Régua) e as Verificações Administrativas e Técnicas decorrem entre as 15.00h e as 17.30h da tarde sábado, dia 26 de Agosto.

A Prova – Rali Município de Mesão Frio 2017

A Entrada das Viaturas no Parque de Partida na Av. Conselheiro Alpoim – Mesão Frio decorre entre as 19.00h /20.00h.

O Rali Município de Mesão Frio 2017 terá 1 Etapa e 2 Secções com um total de 5 Provas Especiais com cerca de 30 kms num total de cerca de 75 kms.

A Partida do primeiro carro, saída por ordem inversa, terá lugar às 21.00h de sábado, 26 de Agosto, para a realização da PEC 1 – Super Especial de Mesão Frio (Avenida Nova).

O Parque de Assistência estará localizado na Rua Prof. António Natividade.

No dia 27 de Agosto, decorrerá a 2ª Secção com Partida por ordem numérica às 10.00h.

No domingo têm lugar as restantes 4 Provas Especiais:
10.34h PEC 2 – Barqueiro 1 (6,45 kms),
10.53h PEC 3 – Vila Marim (9,90 kms),
12.07h PEC 4 – Barqueiro 1 (6,45 kms),
12.40h PEC 5 – Oliveira (4,50 kms)

O Final da Prova é às 13.35h, sendo a Distribuição de Prémios e Pódio Final às 15.30h.