faceralis

 

20anos

CPR

dinisserras20Fotos: Nuni Dinis (Proíbida a reprodução de fotos sem indicação da fonte)
Evento: Rali Serras de Fafe e Felgueiras
Data: fevereiro 2020
Site: www.ralisonline.net

 

teodosio20serOs campeões nacionais em título voltaram a discutir os primeiros lugares no Rali Serras de Fafe e Felgueiras, prova de abertura do Campeonato de Portugal de Ralis. Ricardo Teodósio e José Teixeira venceram duas classificativas e levaram o Skoda Fabia R5 Evo do Team Vito Skoda ao 3.º lugar da geral.

Depois da vitória nas contas do CPR em 2019, Ricardo Teodósio e José Teixeira esperavam voltar a lutar pelo triunfo na ronda de abertura do CPR. Na prática, a dupla algarvia esteve sempre entre os primeiros lugares na prova nacional, vindo a terminar no 3.º lugar após uma intensa disputa com os seus adversários diretos.
"Este fim de semana fomos algo surpreendidos pela chuva, já que não tínhamos feito qualquer teste com estas condições e a confiança para atacar não era a mesma. Ainda assim, estivemos sempre entre os três primeiros do CPR e ganhámos dois troços, o que em conjunto com o 3.º lugar acaba por nos dar pontos importantes para começar o campeonato. Muito obrigado a todos os que nos apoiaram nos troços e no parque de assistência. Agora vamos analisar este rali e preparar bem a próxima prova", referiu Ricardo Teodósio, que foi o mais rápido na Fafe Street Stage, na sexta-feira, e na primeira passagem pela especial de Luílhas / Guilhofrei.

serrasmond20Fotos: MONDEGOSPORT (Proíbida a reprodução de fotos sem indicação da fonte)
Evento: Rali Serras de Fafe e Felgueiras
Data: fevereiro 2020
Site: www.ralisonline.net

 

 

 

manuelserrA dupla Manuel Castro / Ricardo Cunha surgiu na primeira prova do Campeonato de Portugal de Ralis aos comandos de um Skoda Fabia R5.

Com apenas um pequeno teste de 40 km realizado no início da semana, a verdade é que a troca do i20 R5 com que Manuel Castro competiu nos últimos 3 anos, pelo carro checo revelou-se positiva para a dupla nº 33. Para o piloto há diferenças notórias entre os dois carros, "O Hyundai tinha um excelente motor, mas era bastante exigente ao nível das afinações de suspensões, exigindo muito tempo de trabalho e muitos quilómetros de testes para se chegar a um bom compromisso. Já o Skoda tem um chassi muito equilibrado, que permite uma mais fácil adaptação e nos transmite maior confiança. Para nós, que chegamos aqui com poucos quilómetros de preparação estas características são uma mais valia, que nos permitiram abordar a primeira ronda do campeonato de uma forma mais tranquila. À medida que fomos cumprindo as classificativas ficamos a conhecer melhor o Skoda, e só posso dizer que estou muito satisfeito com o novo carro e com a nossa prestação."

De facto a prestação de Manuel Castro e Ricardo Cunha foi de grande nível com a evolução do seu andamento a ser bastante visível para quem se deslocou aos troços de Fafe e Felgueiras, o que também se refletiu no cronómetro.

A dupla da Racing 4 You travou uma excelente luta com Miguel Correia e Alex Villanueva, chegando mesmo a rodar na 5ª posição do CPR, só a perdendo na penúltima especial de classificação, após a "queda" do muito nevoeiro que se fez sentir nas duas últimas especiais do rali. "Entramos para a últimas duas classificativas com boas expectativas de conseguirmos bater o Miguel Correia na luta pelo 5º lugar do CPR, e contavamos atacar na segunda passagem por Lameirinha. No entanto não estavamos a contar com uma mudança climatérica tão repentina e sofremos bastante com o nevoeiro que se fez sentir.
Apesar da fraca visibilidade a organização não nos permitiu a montagem de espalhadores e de calandra de faróis, e a ordem de partida manteve-se de minuto a minuto.
Durante a especial apanhamos alguns espectadores que tinham os seus carros junto à classificativa, com os faróis ligados, voltados para a estrada, o que por várias vezes nos fez abrandar, pois podíamos estar perante um concorrente acidentado, tal como aconteceu quando passamos pelo Gryazin.
Na última especial ainda tentamos recuperar o 5º lugar, e de facto conseguimos ganhar algum tempo, mas não o suficiente. De todo o modo não podia imaginar estreia melhor com este novo carro, e este resultado é um alento para o que aí vem deste campeonato, que só agora se iniciou."

netoaposserrasMesmo não tendo concluído o Rali Serras de Fafe e Felgueiras, Paulo Neto / Vitor Hugo tiveram uma boa estreia aos comandos do Skoda Fabia R5 no Campeonato de Portugal de Ralis de 2020.

A conduzir pela primeira vez um carro de quatro rodas motrizes, Paulo Neto / Vitor Hugo tiveram no Rali Serras de Fafe e Felgueiras um tremendo desafio, já que foram muitas as novidades a enfrentar no arranque de mais uma temporada.

"Era enorme a expetativa para esta primeira prova do Campeonato de Portugal de Ralis. Tínhamos um novo carro, um Skoda Fabia R5, era a primeira vez ao volante de uma máquina de quatro rodas motrizes, estávamos integrados numa equipa nova e muitíssimo profissional e, por isso, fomos obrigados a começar tudo praticamente do zero. Por exemplo, fruto da rapidez deste carro as notas que tínhamos de anos anteriores foram totalmente alteradas para este ano", explica Paulo Neto, afirmando também que "foi excelente o trabalho que a ARC Sport fez connosco. Revelam que têm muito conhecimento e são excelentes profissionais que nos ajudaram bastante no plano técnico para este rali, o que ajudou também na performance alcançada".

Assumindo deste o início que nesta prova o resultado final era o menos importante, Paulo Neto, acaba por fazer um balanço muito positivo desta estreia com o Skoda Fabia R5: "apesar de termos desistido, após a nona especial de classificação devido a dois furos, a verdade é que estou muito satisfeito e até surpreendido com a nossa prestação na maioria dos troços disputados. Conseguimos andar à frente de pilotos já com vários anos ao volante de viaturas idênticas à nossa e com muita experiência em carros de quatro rodas motrizes da categoria R5. Tendo em conta que não consegui fazer nenhum troço limpo, pois cometi sempre pequenos erros nos troços disputados, estou bastante surpreendido com os tempos alcançados e que nos permitem pensar que ainda existe uma grande margem para evoluir. Trata-se de um carro fabuloso, muito mais rápido do que o duas rodas motrizes que utilizamos até ao ano passado, com muita tração e potência, que torna mais fácil a condução em todas as situações".

A Paulo Neto Sport conta com os parceiros: Weber, Baxi, Dominó, Listor, Italbox, Quantinfor, AVF, Total, Vitarte, Peçintra e Cision.