faceralis

 

castelobranco24placa

CPR

ruimadrpA possibilidade de Rui Madeira e Nuno Rodrigues da Silva fazerem mais provas do CPR com o Fiesta está em cima da mesa, embora o piloto assume que "estamos ainda a fazer um esforço para garantir o orçamento que nos permita estar, pelo menos, em mais um ou dois ralis do campeonato".

Certo é, ao que tudo indica, que o Vodafone Rali de Portugal não será opção, isto apesar "do convite da equipa, que me apresentou condições muito especiais para alinhar na prova. Mas os tempos são outros e os pilotos portugueses, a meu ver, não têm retorno em provas do WRC. Basta ver as filmagens que são feitas e onde são praticamente ignorados. É uma situação que urge corrigir!".

ruiRui Madeira e Nuno Rodrigues da Silva estão prontos e motivados para assumirem pela segunda vez os comandos do Ford Fiesta Rally 2 oficial da Past-Racing, estrutura que representa oficialmente a M-Sport na Península Ibérica, enfrentando este fim-de-semana o plantel internacional de luxo que vai atacar o Rali Terras D'Aboboreira. O Top 5 nas contas do CPR e a vitória entre os Masters são objetivos assumidos pela dupla "mundialista".

Depois da excelente exibição e resultado a condizer no Rali Casinos do Algarve, Rui Madeira e Nuno Rodrigues da Silva querem repetir a dose na prova organizada pelo Clube Automóvel de Amarante.

Aos comandos do Ford Fiesta Rally2 oficial da Past-Racing/M-Sport, que apresentará na prova uma decoração que incluiu uma homenagem ao malogrado Joaquim Santos e à Diabolique, Madeira assume que está "com uma enorme expetativa para Rali Terras D'Aboboreira, pois será o nosso segundo rali em pisos de terra com o Ford oficial. A lista de inscritos é excelente, parece uma prova do WRC2 e isso é bom, pois, com tantas estrelas a pressão não está do nosso lado!".

Ontem Madeira e Nuno Rodrigues da Silva realizaram um teste na zona de Fafe que "correu muito bem. Foram cerca de 30 quilómetros onde conseguimos construir uma boa base de partida para as classificativas, pois os pisos devem ser semelhantes aos troços da Aboboreira de 2023. A Past-Racing e a M-Sport colocaram à nossa disposição um Fiesta praticamente novo. O carro só fez um rali de asfalto e este gesto dá conta do carinho e da aposta que estão a fazer em nós. Tudo faremos para retribuir com um bom resultado", assumindo que "encaramos esta prova com muita vontade de andar depressa e dar espetáculo que o público tanto merece. Fomos convidados para o Qualifying e desta vez vamos certamente fazer bem melhor que no Rali do Algarve. Ficaríamos muito satisfeitos se repetíssemos o Top 5 nas contas do CPR e a vitória dos Masters que alcançamos no Algarve. Estamos confiantes!".

peuegNunca tantos Leões haviam dito "sim" a uma ronda da PEUGEOT RALLY CUP corrida na Península Ibérica. Serão 26 os PEUGEOT 208 Rally4 a alinhar no Rali Terras d'Aboboreira - Amarante, Baião, Marco de Canaveses, prova que não só dá continuidade à contenda da PEUGEOT RALLY CUP PORTUGAL 2024, iniciada há um mês no Algarve, como também serve de jornada de abertura da PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA 2024.

Haverá, por isso, um mix de equipas nos troços portugueses, provenientes de ambos os lados da fronteira ibérica (17 duplas lusas e seis espanholas) e mais três de outras paragens, abrilhantando uma salutar iniciativa de promoção e de lançamento de novos valores para os ralis, processo a cargo da PEUGEOT Portugal e da PEUGEOT Espanha, com a logística da Sports & You.

Espera-os pouco mais de uma centena de quilómetros cronometrados, do total de sete troços, seis em terra, mais a SuperEspecial de 2 quilómetros em asfalto, que compõem esta primeira de quatro jornadas duplas de 2024 (duas em Portugal e duas em Espanha).
Neste segundo confronto do ano da PEUGEOT RALLY CUP PORTUGAL, a dupla a bater será Hugo Lopes / Magda Oliveira, que tirou a ferros uma vitória num muito suado Rallye Casinos do Algarve. Os pilotos lusos também irão lutar pelas melhores posições do escalão das 2 Rodas Motrizes (2RM) do Campeonato de Portugal de Ralis 2024, série onde os competitivos 208 Rally4 dão sempre cartas ao mais alto nível das classificações.

Entre os visitantes conta-se, entre outras, a dupla Unai de la Dehesa / Daniel Sosa, recém-vencedora do Rallye Sierra Morena, primeira prova do Desafío PEUGEOT, o equivalente ao troféu nacional corrido em Espanha, um rali em que Miguel Guitierrez / Osel Román e Álex Español / Lorena Romero também deram cartas. Destaque, também, para Iago Gabeiras, piloto espanhol que regressa à copa ibérica, e ainda para a estreia de Can Alakoç, jovem piloto turco com apenas 16 anos de idade, cuja ainda jovem carreira nos ralis tem sido feita na Letónia.

UM RALI COM DUPLO ESTATUTO

Pela primeira vez em 2024 – o mesmo irá acontecer em mais três ocasiões – a bandeirada de partida do Rali Terras d'Aboboreira - Amarante, Baião, Marco de Canaveses deste fim de semana terá dupla valência, pois não só marcará o início da segunda prova da PEUGEOT RALLY CUP PORTUGAL 2024, como também do primeiro confronto da PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA 2024.
E nada melhor para iniciar esta dupla contenda do que contar-se com uma lista de 26 inscritos, concorrentes aos Grandes Prémios Finais que há a distribuir no final do ano em ambas as iniciativas: em Portugal o prémio maior será um rali do CPR 2025, aos comandos de uma viatura Rally2; em termos ibéricos será uma época no Europeu de Ralis 2025, com um Rally4, ou uma época num campeonato português ou espanhol, com um Rally2, todas elas viaturas do universo Stellantis Motorsport.

Misturando-se jovens leões e pilotos de maior experiência e de origens diversas, há um elemento comum: os PEUGEOT 208 Rally4, viaturas de competitividade e robustez comprovada, espelhada pela sua ampla utilização nas três mais recentes épocas da copa ibérica e noutros pontos do planeta, integrados em copas nacionais, regionais ou a título individual. Trata-se de um dos automóveis de ralis da categoria Rally4 mais vendidos em todo o mundo.

Dividido entre esta sexta-feira e sábado (26 e 27 de abril), o rali conta com seis Especiais em piso de terra e uma SuperEspecial em asfalto, somando 107,66 quilómetros cronometrados, num percurso total de 334,09 quilómetros.
Vencedores de um muito atribulado Rallye Casinos do Algarve, Hugo Lopes / Magda Oliveira serão a dupla a bater na PEUGEOT RALLY CUP PORTUGAL, eles que, por essa razão, têm uma ligeira vantagem pontual sobre João Andrade / Pedro Santana e Ricardo Sousa / Luis Marques, equipas que os acompanharam no pódio algarvio, seguindo-os, assim, no ranking da copa portuguesa.
De Espanha chega a dupla Unai de la Dehesa / Daniel Sosa que quer dar continuidade ao ímpeto gerado pela sua vitória no Rallye Sierra Morena, primeira prova do também novo Desafío PEUGEOT 2024 (denominação da copa espanhola). Aqui visam o lugar de topo da PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA, no que é um dos seus objetivos para a presente época de 2024, o mesmo que pretendem alcançar Miguel Guitierrez / Osel Román e Álex Español / Lorena Romero, duplas que, por esta ordem, completaram o pódio daquele rali espanhol.
Apostando nas valências dos técnicos das equipas que lhes preparam os seus 208 Rally4, são 26 as formações com os mesmos objetivos finais. Há 17 integralmente portuguesas e mais seis espanholas, a que se junta uma dupla da Rússia (correndo sob bandeira neutra), e duas outras de nacionalidade mista: Patrício Muñoz é chileno e o seu navegador Miguel Recalt é argentino, e Can Alakoç, piloto turco de apenas 16 anos, o mais novo do plantel, cujo co-piloto Ivo Pükis é letão. Todos irão lutar pelos melhores lugares de um top-10 muito concorrido, mas também pelos diferentes prémios monetários em jogo neste rali, na ordem dos vários milhares de euros.
Acrescente-se que todas as 26 equipas estão inscritas na PEUGEOT RALLY CUP PORTUGAL, das quais 18 integram a contenda da PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA (ver detalhe abaixo, na Lista de Inscritos).

Para além da copa nacional, os pilotos portugueses irão, também, bater-se pelos melhores lugares no CPR / 2 Rodas Motrizes, categoria onde o 208 Rally4 tem dado cartas, num Rali Terras d'Aboboreira que tem, também, estatuto internacional, pontuando para o FIA European Rally Trophy (ERT), para Pilotos e Navegadores, e para o FIA Junior ERT, para Pilotos.

LISTA DE INSCRITOS | RALI TERRAS D'ABOBOREIRA
Amarante, Baião, Marco de Canaveses
- 1ª prova da PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA 2024
- 2ª prova da PEUGEOT RALLY CUP PORTUGAL 2024

Nº Piloto (País) Júnior * Navegador (País) Nota
28 Hugo Lopes (POR) Júnior Magda Oliveira (POR) PRCI e PRCP
29 Guilherme Meireles (POR) Júnior Pedro Alves (POR) PRCI e PRCP
30 Pedro Silva (POR) - Roberto Santos (POR) PRCI e PRCP
32 Kevin Saraiva (POR) Júnior Beatriz Pinto (POR) PRCI e PRCP
44 Unai de la Dehesa (ESP) Júnior Daniel Sosa PRCI e PRCP
45 João Andrade (POR) Júnior Pedro Santana (POR) PRCI e PRCP
46 Miguel Gutierrez (ESP) - Osel Román PRCI e PRCP
47 Ricardo Sousa (POR) - Luis Marques (POR) PRCI e PRCP
48 Álex Español (AND) Júnior Lorena Romero (ESP) PRCI e PRCP
49 Daniel Nunes (POR) - José Janela (POR) Só PRCP
50 Giovanni Fariña (ESP) Júnior David Rivero (ESP) PRCI e PRCP
51 Pedro Pereira (POR) Júnior João Aguiar (POR) Só PRCP
52 Iago Gabeiras (ESP) - Ian Quintana (ESP) PRCI e PRCP
53 Luis Morais (POR) - Rafael Cunha (POR) Só PRCP
54 Aleksandr Semenov (---) Júnior Alexey Ignatov (---) PRCI e PRCP
55 Diogo Marujo (POR) Júnior Jorge Carvalho (POR) PRCI e PRCP
56 Can Alakoç (TUR) Júnior Ivo Pükis (LAT) PRCI e PRCP
57 Paulo Roque (POR) - Inês Veiga (POR) Só PRCP
58 Luis F. Martinez (ESP) - Christian Moran (ESP) PRCI e PRCP
59 Rafael Cardeira (POR) - Luís Boiça (POR) PRCI e PRCP
60 Patricio Muñoz (CHI) - Miguel Â. Recalt (ARG) PRCI e PRCP
61 Rafael Rego (POR) Júnior Ana Gonçalves (POR) PRCI e PRCP
62 Emanuel Figueiredo (POR) - Ricardo Pinto (POR) Só PRCP
63 Manuel Pereira (POR) - Pedro Magalhães (POR) Só PRCP
64 Sérgio Dias (POR) . Bruno Abreu (POR) Só PRCP
65 Sérgio Arteiro (POR) - Estefânio Pinto (POR) Só PRCP

armindoterrasCom duas provas disputadas e dois segundos lugares, Armindo Araújo e Luís Ramalho chegam à terceira prova do Campeonato de Portugal de Ralis como melhor dupla nacional, e esperam no Rali Terras D'Aboboreira voltar a capitalizar, a seu favor, as boas prestações e resultados neste início da temporada 2024.

Cientes que nesta prova, organizada pelo Clube Automóvel de Amarante, vários pilotos do WRC2 estarão na Aboboreira para testarem e ganharem ritmo para o Rali de Portugal, a dupla do Skoda Fabia RS, não está preocupada com, a mais que previsível, intensa luta pela vitória à geral. "O nosso grande foco é lutar por conseguir a melhor classificação possível para o CPR, mas não está fora de questão que, com o desenrolar do rali possamos discutir posições com os pilotos mundialistas. Isso só será possível desde que não tenhamos que comprometer a luta pelas primeiras posições no nosso campeonato. Sabemos que eles não têm nada a perder, e nós, pelo contrário, com um ligeiro erro ou problema podemos ficar logo aí distantes das primeiras posições do Campeonato", começa por dizer Armindo Araújo.

Na terceira prova do ano, Armindo Araújo quer sobretudo continuar a impor um ritmo muito competitivo para que possa abrir as possibilidades de lutar pela vitória nas contas do CPR e se isso não acontecer, "Sabemos que estaremos num patamar que nos permitirá continuarmos a ganhar pontos aos nossos adversários nacionais. Foi assim em Fafe e no Algarve e queremos muito que, pelo menos assim seja na chegada em Amarante. Estamos a trabalhar para sermos ainda mais competitivos e confiantes no que podemos fazer nesta prova", afirma Armindo Araújo

aboboreira23cartazTroços e Horários Rali Terras d´Aboboreira 2024, terceira prova do Campeonto de Portugal de Ralis, que se realiza dias 26 e 27 de abril de 2024.

 

 

RESERVA O ANUÁRIO RALIS ONLINE 2023... AQUI

 

 

 

 

 

 

SEXTA-FEIRA (26 abril)

Free Practice – Vila Boa de Quires (3,47 km)                                           08:00/09:00

Qualifying - Vila Boa de Quires (3,47 km)                                                09:30/10:00

Shakedown – Vila Boa de Quires (3,47 km)                                             10:30/12:00

Partida (Baião)                                                                                         16:50

PEC 1 – Baião Vida Natural (16,93 km)                                                   17:20

Reagrupamento (Parque Ribeirinho de Amarante)                                 18:50/20:30

PEC 2 – Amarante Natureza Criativa (2,00 km)                                      21:00

Parque de Assistência (Metalocardoso)                                                  21:15/22:00

Parque Fechado (Metalocardoso)                                                           22:05

SÁBADO (27 abril)

Partida (Metalocardoso)                                                                          08:25

Assistência (Metalocardoso)                                                                    08:25/08:40

PEC 3 – Amarante 1 (22,54 km)                                                               09:25

PEC 4 – Baião 1 (11,37 km)                                                                      10:45

Assistência (Metalocardoso)                                                                   12:00/13:30

PEC 5 – Amarante 2                                                                                 14:15

PEC 6 – Aboboreira 1 (16,14 km)                                                           15:25

Reagrupamento (Metalocardoso)                                                           16:20/17:30

PEC 7 – Aboboreira 2 – POWER STAGE                                                   18:10

Final (Rotunda António Lago Cerqueira – Amarante)                             19:10