faceralis

 

usados

CPR

TEO20ATRALI ALTO TÂMEGA 2020

AGOSTO 2020

FOTOS RALIS ONLINE (ANDRÉ RIBEIRO)

aboboreirrui19Resultado da recalendarização do Campeonato de Portugal de Ralis, em consequência da anulação do Azores Rallye, deverá ser o Rali Terras D'Aboboreira, prova organizado pelo Clube Automóvel de Amarante, a integrar o calendário do Campeonato de Portugal de Ralis nos próximos dias 30 e 31 de Outubro de 2020 e que se disputará em piso de terra.

O Clube Automóvel de Amarante reuniu com os municípios por onde a prova passa (Amarante, Baião e Marco de Canaveses), tendo todos mostrado abertura para serem parceiros na realização da prova, salientando a necessidade de se obter prévia concordância das autoridades de saúde – locais e nacionais – e que o plano de contingência cumpra todas a regras emanadas pelas Autoridades de Saúde, e que estejam garantidas as condições higiéno-sanitárias.

Para Ni Amorim esta é uma solução coerente: "O Rali Terras D'Aboboreira tinha sido uma das provas a sair do Campeonato de Portugal de Ralis na altura da reformulação do calendário fruto do Covid 19, pelo que é justo que volte a integrar o CPR, agora que o Azores Rallye não se vai realizar. O Clube Automóvel de Amarante logo que contactado pela FPAK pôs em marcha todas as diligências para que possamos estar, num tão curto espaço de tempo, a prever este evento para o final do mês de Outubro. Agradecemos por isso todo o esforço e empenho para colmatar esta lacuna e dar ao Campeonato a dignidade que merece".

tamegaplaca20Pelos vistos não vai faltar emoção na luta pela vitória no Rali Alto Tâmega, neste seu regresso à ribalta do Campeonato de Portugal de Ralis, depois de mais de duas décadas de quase esquecimento.

A prova, que é a grande surpresa da temporada de 2020 (apenas após dois anos de regional norte subiu meteoricamente ao CPR), apresenta um rali sprint na quilometragem e ainda mais sprint no número de especiais de classificação, não permitindo por isso furos e outras “avarias” entre os que têm pretensões a obter um bom resultado nesta prova. Pode ser um esquema interessante para os pilotos, mas não será seguramente para o público que quer acompanhar a prova na estrada.

Na estrada dois pilotos têm uma pressão adicional em cima. Por um lado, José Pedro Pedro, que até tem o seu carro no cartaz da prova, pois necessita de vencer para recuperar parte do atraso que tem para os líderes do campeonato. Um novo desaire, ainda por cima num clima de incerteza quanto ao número de provas que faltam para terminar o CPR (depois do cancelamento dos Açores), deixará o piloto do Citroen não totalmente fora da luta pelo título, mas com um atraso muito considerável.

Não menos pressionado está Ricardo Teodósio. Com a responsabilidade de defender o título e de ainda este ano não ter mostrado a competitividade desejada, o algarvio vai ter mesmo que lutar pela vitória, caso contrário pode ficar irremediavelmente atrasado nas contas do título.

Pela lógica, Armindo Araújo e Bruno Magalhães, serão os grandes candidatos à vitória nesta prova, com o piloto da Hyundai a ter uma pontinha mais de favoritismo, atendendo às suas prestações recentes no asfalto da Madeira.

Não acreditamos que João Barros posso intrometer-se nesta luta, mas chegará a esta prova com ritmo e já com conhecimento suficiente do seu Citroen para poder intrometer-se na luta pelos lugares do pódio.

O relativo desconhecimento dos troços por parte dos pilotos, por ser um rali novo no CPR, poderá equilibrar a luta pela vitória, numa prova com troços rápidos e que alguns pilotos já afirmaram não dar para ter qualquer estratégia, isto é, para se ganhar vai ter de se andar sempre a fundo e isso é bom para o espetáculo e para a emoção desportiva da prova.

 

tamegaplaca20Troços e horários Rali Alto Tâmega 2020, 4ª prova do Campeonato de Portugal de Ralis, que se realiza a 29 e 30 de agosto de 2020.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

tamegahorarios20

brunoalO Team Hyundai Portugal atravessa um excelente momento depois de ter lutado pela vitória nas três primeiras provas do Campeonato de Por tugal de Ralis, obtendo inclusive um triunfo importante na ilha da Madeira.

Agora, o campeonato ruma à região do Alto Tâmega para uma prova que regressa ao principal escalão dos ralis nacionais e que configura uma estreia para quase todas as equipas do CPR , incluindo Bruno Magalhães e Carlos Magalhães.

"É verdade que conseguimos uma excelente pontuação na Madeira e o nosso objetivo para o Rali Alto Tâmega é tentar assumir o comando do campeonato", afirmou Bruno Magalhães, que está a escassos 1,63 pontos do topo da classificação Este será um rali novo para quase todos os pilotos do CPR, algo que me agrada pois normalmente somos competitivos nestas condições. Contudo, o campeonato está muito equilibrado , há sempre incerteza na luta pela vitória e nós vamos tentar encontrar um bom set up no nosso Hyundai i20 R5, para e starmos fortes logo desde os primeiros troços", referiu o tricampeão nacional e vice campeão da Europa.