faceralis

 

banner-ralis-online 1
 

CPR

amarantecartaz18Videos dos troços do Rali Amarante Baião 2018.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

amarantecartaz18Mapa troços Rali Amarante Baião 2018.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

amarantemapa18

208Acaba de chegar ao nosso país mais uma viatura R5. Trata-se de um Peugeot 208 T16, veio da Hungria pelas (e para as) mãos de Carlos Matos.

Carlos Matos que depois de uma longa paragem, nos últimos anos apenas tem feito a prova da sua região, o Constálica Rali Vouzela, com assinalável sucesso, já que das quatro edições realizadas, tem três vitórias e um segundo lugar, recorrendo sempre a viaturas de aluguer da estrutura espanhola RMC, resolveu adquirir uma viatura R5 para poder fazer algumas provas.

"Já tinha ideia de poder adquirir um carro e acabei por me decidir por um Peugeot 208 T16 que fui experimentar à Hungria. Trata-se de um carro da Peugeot Hungria e tudo aquilo que me foi transmitido online pude comprovar ao vivo, pelo que foi fácil chegar a acordo com os húngaros. O carro acabou de chegar e ainda não tive oportunidade de o experimentar cá. Apenas andei com ele alguns quilómetros ainda antes de efetivar a compra, num pequeno troço nos arredores de Budapeste", referiu o piloto de S. Pedro do Sul.

Quanto às provas onde poderá estar presente, Carlos Matos ainda não tem certezas, "quero antes testar para me ir adaptando ao carro, algo que penso poder acontecer durante a próxima semana. Após esse teste vou ponderar sobre aquilo que poderei fazer ainda este ano com o carro, mas a ideia será sempre participar apenas nos ralis que me interessarem e que consiga ter tempo suficiente para os preparar e fazer, porque os ralis serão sempre encarados com um escape da minha vida profissional, e esta, felizmente, tem sido e continua a ser muito preenchida. Mas no prazo de uma a duas semanas, no máximo, já deverei ter algo definido, e nessa altura dá-lo-ei a saber", concluiu Carlos Matos.

amarantecartaz18Troços e horários Rali Amarante Baião 2018, próxima prova do Campeonato de Portugal de Ralis, que se realiza a 21 e 22 de setembro.

 

 

 

 

 

 

 

 

amarantetrocos18

pauneto18madNão sendo uma prova totalmente isenta de problemas, a verdade é que Paulo Neto / Vitor Hugo saíram da edição 2018 do Rali Vinho Madeira mais envolvidos na luta pelo título das duas rodas motrizes do Campeonato de Portugal de Ralis, quando faltam duas provas para terminar a competição.

O segundo lugar obtido nas duas rodas motrizes do Campeonato de Portugal de Ralis no Rali Vinho Madeira, pela dupla Paulo Neto / Vitor Hugo, está longe de refletir a prestação da equipa nesta prova, na qual diversos problemas com o Citroen DS3 R3T Max retiraram uma vitória que parecia certa.

"Entramos muito bem no rali e em apenas cinco especiais, das 19 do rali, já tínhamos um minuto de vantagem para os nossos adversários. A opção na altura foi manter o ritmo e a concentração, sempre com uma margem de segurança, para não perdermos a liderança", conta Paulo Neto, explicando que "tudo estava a correr normalmente até que na 8ª especial, ainda no decorrer da primeira etapa, ficamos parados no troço. Fomos verificar e tínhamos um tubo de gasolina solto, pelo que tentamos resolver o problema e conseguimos, mas já tínhamos perdido mais de três minutos e a liderança do rali nas 2RM. A partir daí já não dependíamos de nós para chegar à liderança, pelo que a opção foi jogar pelo seguro para chegar ao fim e esperar pelo decorrer dos acontecimentos para subir alguma posição, o que se veio a verificar com a obtenção de um segundo lugar. Nós últimos troços ficamos sem direção assistida que tornava quase impossível de conduzir o DS3, pelo que pensamos ainda em desistir, mas como estávamos em segundo lugar fizemos um esforço suplementar para terminar".

Após o Rali Vinho Madeira Paulo Neto comenta que "o segundo lugar nesta prova voltou a aproximar-nos do líder das 2RM no Campeonato, que nos abre hipóteses de voltar a lutar pelo título: Foi, porém, uma prova inglória e onde a pouca sorte, mais uma vez, nos retirou a vitória que tanto procuramos".

A Paulo Neto Sport conta com a assistência técnica da P&B Racing e dos parceiros Roca, Weber, Baxi, Dominó, Italbox, Quantinfor, Total, Caras Decoração, Vitarte, Banhoazis, VMP Pavage e Cision, para a temporada de 2018 do Campeonato de Portugal de Ralis.