faceralis

 

posvendaclick

WRC

fordA formação M-Sport Ford World Rally Team (WRT) apresentou hoje aos fãs do universo do desporto motorizado as primeiras imagens da atrativa imagem de competição com que o novo M-Sport Ford Puma Hybrid Rally1 eletrificado se irá apresentar no Campeonato do Mundo de Ralis (WRC) FIA de 2022.

O novo M-Sport Ford Puma Hybrid Rally1 irá fazer a sua estreia competitiva no Rali de Monte Carlo, que se correrá de 20 a 23 de janeiro. Serão três os carros que irão apresentar-se ao longo da campanha do WRC 2022, conduzidos por Craig Breen, Adrien Fourmaux e Gus Greensmith.

Em complemento, Sébastien Loeb, o nónuplo Campeão do Mundo de Ralis FIA, irá juntar-se ao M-Sport Ford World Rally Team completando o plantel à partida da ediçãp deste ano do Rali de Monte Carlo, um rali que o próprio já venceu por sete vezes até à data.

A temporada de 2022 do WRC assinala o 25º aniversário de uma parceria de enorme sucesso entre a Ford e a M-Sport, já premiada com um total de sete campeonatos e mais de 1.500 vitórias em troços de rali icónicos, alcançadas por modelos como os Ford Fiesta WRC e Ford Focus RS WRC da M-Sport. Desde o início desta parceria, a M-Sport e a Ford alcançaram um recorde de pontuações consecutivas no campeonato de construtores, num total de 268 pontos.

"Um dos aspetos mais cativantes do WRC ao longo dos anos tem sido a ligação clara entre os carros de rali de elevada performance e os seus equivalentes em estrada", afirmou Mark Rushbrook, Diretor Global, Ford Performance. "É por isso que é tão importante que esta nova era do WRC reflita a transição da nossa indústria para a eletrificação. Na Ford, estamos totalmente comprometidos com um futuro eletrificado, pelo que fazer campanha com o M-Sport Ford Puma Hybrid Rally1 nas mais difíceis condições vai ajudar-nos a desenvolver, ainda mais, motorizações eletrificadas de excelência para os nossos clientes."

Alimentado com princípios semelhantes com o Puma EcoBoost Hybrid de estrada, em que se baseia1, o novo M-Sport Ford Puma Hybrid Rally1 é o primeiro carro de competição eletrificado da Ford. Uma motorização híbrida de próxima geração recolhe a energia gerada durante uma travagem e o coasting, armazenando-a numa bateria de 3,9 kWh. Essa energia é então usada para complementar a performance do motor a gasolina EcoBoost turbo de 1,6 litros, mecânica pluri-vencedora de campeonatos, com boosts de energia repetidos, até ao máximo de três segundos, gerados a partir de um motor elétrico de 100 kW.

O modelo também pode recorrer à sua motorização eletrificada para os percursos em que tenha de atravessar localidades, cidades, parques de assistência e determinadas secções entre especiais de classificação, usando energia puramente elétrica. A bateria pode ser recarregada utilizando uma fonte de energia externa em pontos de serviço dedicados entre especiais de classificação, com uma recarga a demorar aproximadamente 25 minutos.

Além disso, os concorrentes da categoria FIA WRC Rally1 poderão usar um combustível sem conteúdos fósseis a partir da temporada de 2022, em que se misturam elementos sintéticos e biodegradáveis para produzir um combustível 100% sustentável.

"Têm sido tempos muito ocupados na preparação dos carros e da equipa para o Rali de Monte Carlo do próximo fim de semana e para o arranque da temporada do Campeonato do Mundo de Ralis 2022, para o qual valerá a pena o esforço", referiu Richard Millener, Diretor do M-Sport Team. "Com a ajuda e apoio de colegas da Ford em todo o mundo, produzimos um carro fantástico com enorme potencial, pelo que mal podemos esperar para o demonstrar ao longo do ano. Um grande obrigado a todos os envolvidos que permitiram chegar a esta fase, ajudando-nos a cumprir prazos tão apertados, sendo que nos sentimos muito orgulhosos por representar a Ford neste palco mundial no nosso 25º ano de parceria!"

loebA M-Sport tem o prazer de anunciar que Adrien Fourmaux e Sébastien Loeb irão juntar-se a Craig Breen e a Gus Greensmith em Monte Carlo, numa armada de novíssimos Ford Puma Hybrid Rally1.

O francês Fourmaux junta-se a Breen e Greensmith para formar o trio de pilotos da M-Sport para realizar a época completa do Campeonato do Mundo de Ralis de 2022, à medida que a disciplina entra na sua nova e excitante era híbrida.

Fourmaux iniciou a sua carreira nos ralis há apenas cinco anos, fazendo uma notável ascensão em termos de classificações no WRC, desde a sua estreia em 2019. Feita ao volante de um Ford Fiesta Rally2, a sua primeira temporada no escalão WRC2 garantiu-lhe dois pódios, no Rali de Monte Carlo (terceiro classificado) e no Rali da Grã-Bretanha (segundo lugar).

A temporada de 2021 assistiu à promoção de Fourmaux para o Ford Fiesta WRC no Rali da Croácia, onde alcançou a melhor classificação geral da sua carreira, com um quinto lugar. Houve também motivo para celebração no Rali Safari, no Quénia, quando Fourmaux conquistou a sua primeira vitória num Especial do WRC, com uma confortável vantagem de 4,1 segundos. Ao longo da temporada, o jovem piloto tem sido consistentemente apelidado de estrela em ascensão e está no bom caminho para seguir os passos dos seus bem-sucedidos compatriotas.

Tendo estado fortemente envolvido no programa de testes do novo Puma Hybrid Rally1 desde o início, Fourmaux está numa posição perfeita para se estrear numa temporada completa do WRC da melhor forma possível.

Sébastien Loeb de regresso ao WRC

Nónuplo Campeão do Mundo de Ralis da FIA, Sébastien Loeb irá, também, juntar-se à formação da M-Sport Ford World Rally Team para competir na ronda de abertura do Campeonato do Mundo de Ralis da FIA de 2022. O lendário piloto francês estará ao volante do novo Ford Puma Rally1 no Rali de Monte Carlo 2022, evento que já venceu por sete vezes.

Loeb reescreveu os livros de recordes do Campeonato do Mundo de Ralis da FIA enquanto piloto a tempo inteiro, com performances dominantes em todos os tipos de superfícies. Desde o seu último título no WRC, Loeb tem vindo a participar numa variedade de programas de desportos motorizados, em diferentes disciplinas, alcançando sucessos em todas elas.

Na mais recente aventura de Loeb no WRC a união de forças faz-se com a navegadora Isabelle
Galmiche, membro de longa data da equipa de Loeb para pisos de terra.

Fourmaux, Loeb, Breen e Greensmith, juntamente com o resto da equipa da M-Sport, irão trabalhar incansavelmente até ao início do Rali de Monte Carlo do próximo ano, a 20 de janeiro, preparando-se para uma entusiasmante estreia dos novos Hybrid Rally1.

A M-Sport conta com uma recheada história de sucessos no WRC, com um total de sete títulos do Campeonato do Mundo de Ralis, 61 vitórias à geral, 239 pódios e um recorde de 268 pontos consecutivos. A M-Sport está entusiasmada por estar a formar uma armada de pilotos que poderão, certamente, prolongar e construir sobre este legado durante a temporada de 2022.

Malcolm Wilson, Diretor Geral da M-Sport: "Tenho o maior prazer em anunciar os restantes pilotos da nossa equipa para o rali de Monte Carlo. Iniciar o novo regulamento da WRC com um alinhamento tão forte de pilotos é algo de que me orgulho muito e que vai mostrar a fé que todos eles têm no novo Puma Rally1."

"Ver o Adrien ter a oportunidade de competir connosco durante uma temporada completa é algo de que me orgulho muito. A M-Sport tem uma longa história de desenvolvimento de jovens pilotos e o Adrien não é exceção. O ano de 2022 dar-lhe-á a oportunidade de demonstrar o que pode realmente fazer. Estou certo de que ele irá atingir resultados impressionantes ao longo da temporada."

"Em relação ao Seb, estive perto de conseguir fechar um acordo com ele em 2005, mas infelizmente, nessa altura, não fomos capazes de o concretizar. Contudo, com a introdução do novo regulamento Rally1 para 2022, bem como na sequência de conversações com a Red Bull, ambos procurámos o Seb para ver se ele poderia estar interessado em vir experimentar os novos automóveis. Ele mostrou esse interesse, veio e estamos agora em posição de poder dizer que ele se irá juntar à equipa no próximo ano! É fantástico ser capaz de trazer um piloto tão talentoso para a M-Sport e não tenho dúvidas de que ele ainda é capaz de atingir um resultado fantástico, bem como de ser um mentor para os nossos outros pilotos. Pode ter levado mais de dezasseis anos para que este acordo se tornasse realidade, mas é ótimo vê-lo finalmente acontecer!"

Richard Millener, Diretor da equipa M-Sport Ford World Rally Team: "Estou ainda no início da minha carreira nos ralis, mas tenho tido muita sorte em poder trabalhar com alguns incríveis pilotos nos últimos anos. No entanto, ter a oportunidade de trabalhar com o Seb Loeb é algo que nunca pensei que pudesse realmente acontecer. Sei que, quer eu, quer a equipa, daremos tudo o que pudermos para o receber e dar-lhe a melhor oportunidade possível de obter os melhores resultados."

"Além disso, a confirmação final de que o Adrien irá estar connosco durante uma temporada completa é outra notícia fantástica. O Adrien é um piloto muito motivado e emocionante, e estou realmente satisfeito por ele ter agora disponível uma temporada completa para nos poder provar do que é capaz, bem como demonstrar um maior desenvolvimento do que é, até ao momento, uma carreira muito curta ao mais alto nível."

"Embora o meu trabalho seja gerir a equipa de ralis no dia a dia, na verdade sou apenas um grande fã de ralis e esta notícia é genuinamente excitante para mim. Foi preciso muito trabalho para que isto acontecesse e agora não posso esperar pelo início do rali em Monte Carlo. Sei que completar a nossa formação com estes dois pilotos vai motivar-nos muito, tanto a mim, como à equipa!"

Adrien Fourmaux, disse: "Estou muito feliz por anunciar que vou continuar a minha viagem com a M-Sport Ford World Rally Team em 2022! Uma temporada inteira está à minha espera com o novo Ford Puma Hybrid Rally1 da M-Sport, o qual é um prazer de conduzir. Estou tão orgulhoso. É um momento muito significativo para mim quando me lembro que descobri os ralis com o Fiesta R2J da M-Sport em 2017."

"Nesta minha sexta temporada nos ralis, estou realmente ansioso por competir ao mais alto nível com as cores da M-Sport Ford e da Red Bull Motorsport, bem como fazer com que todas as pessoas que acreditaram e que ainda acreditam em mim se sintam orgulhosas. Vejo-vos em Monte Carlo no próximo mês!"

 

ford copyA M-Sport Ford World Rally Team (WRT) desvendou hoje, pela primeira vez, o protótipo do novo carro de rali Puma Rally1, proposta que, a partir de 2022, irá ajudar a iniciar uma nova era de competição eletrificada no âmbito do Campeonato do Mundo de Ralis (WRC) da FIA.

Fazendo a sua estreia mundial no Goodwood Festival of Speed, em West Sussex (Reino Unido), o Ford Puma Rally1 da M-Sport recorre um propulsor híbrido de nova geração que combina o desempenho de um motor a gasolina EcoBoost de 1,6 litros, bloco com estatuto de vencedor no campeonato, com um sofisticado motor elétrico de 100 kW e uma bateria de 3,9 kWh.

Derradeira expressão do prazer de condução, proporcionada aos clientes através do SUV compacto Ford Puma1, o novo veículo de competição também reflete o empenho da Ford numa aposta a 100% na eletrificação. A companhia anunciou, no início do presente ano, que até meados de 2026 a totalidade da sua gama de veículos de passageiros na Europa será composta por veículos com capacidade de zero emissões, 100% elétricos ou híbridos plug-in, evoluindo para veículos totalmente elétricos até 2030.

O desempenho eletrizante do protótipo Puma Rally1 será demonstrado entre 8 e 10 de julho na famosa prova de Rampa de Goodwood, contando ao volante com Adrien Fourmaux, piloto do M-Sport Ford WRT, e com Matthew Wilson, piloto de testes da Ford M-Sport, passando, depois, a ser utilizado como carro de desenvolvimento e preparação da época de 2022.

"A Ford está totalmente empenhada num futuro eletrificado e a intensidade imposta pelo mundo da competição tem sido responsável por muitas das inovações que atualmente surgem nos nossos modelos de estrada", comentou Mark Rushbrook, Diretor Global da Ford Performance. "O Ford Puma Rally1 da M-Sport irá pôr à prova a potência híbrida e comprovar que a tecnologia é capaz de proporcionar um desempenho emocionante".

A Ford e a M-Sport anunciaram, no início deste ano, a continuidade do seu compromisso, com um novo acordo de três anos, introduzindo a tecnologia híbrida no nível mais elevado de competição de ralis, a nível global. O novo e sofisticado propulsor híbrido plug-in irá proporcionar uma performance digna deste nível de competição, bem como a capacidade para percorrer cidades, vilas e Parques de Assistência entre as Etapas das provas, recorrendo apenas a energia elétrica.

O sistema híbrido do Puma Rally1 funciona com princípios semelhantes aos do Puma EcoBoost Hybrid de produção. O propulsor capta a energia normalmente perdida durante as fases de travagem e desaceleração e armazena-a numa bateria que pode alimentar o motor elétrico, para melhorar a eficiência de consumos do modelo ou fornecer um aumento de performance, a qual, no caso do Puma Rally1, pode ascender a 100 kW, em aumentos múltiplos de potência máximos de três segundos durante a competição.

Tal como a tecnologia híbrida plug-in disponível para os clientes Ford em veículos como o Kuga Plug-in Hybrid, a bateria pode também ser recarregada com a utilização de uma fonte de energia externa, nos Parques de Assistência entre as Etapas das provas do WRC, com um tempo de carregamento que demora aproximadamente 25 minutos. Pesando 95 kg, o sistema híbrido é arrefecido por líquido e ar e está alojado num compartimento com resistência balística, permitindo-lhe suportar o impacto de detritos e elevadas forças G, em caso de eventuais acidentes.

Complementarmente, os veículos com homologação FIA WRC Rally1 vão utilizar na época de 2022 um combustível não-fóssil, que combina elementos sintéticos e biodegradáveis para produzir um combustível 100% sustentável.

"A nova era dos modelos WRC é um dos maiores avanços tecnológicos da disciplina até à data. A introdução da tecnologia híbrida significa que os automóveis serão mais potentes do que nunca, ao mesmo tempo que refletem, diretamente, os propulsores utilizados pelas versões homólogas de estrada", comentou Malcolm Wilson, Diretor Geral da M-Sport e condecorado com o estatuto OBE. "A mudança para o Puma é muito emocionante, uma vez que é um modelo com historial nos ralis. O carro está fantástico, pelo que mal posso esperar para o ver à partida do famoso Rali Monte Carlo, no início de 2022 ".

"O lançamento deste novo carro em Goodwood é, também, muito especial, sendo um dos eventos mais icónicos do calendário desportivo. Eu e toda a estrutura da M-Sport esperamos continuar esta muito bem-sucedida parceria com a Ford, apresentando resultados e mantendo a Ford na vanguarda durante esta nova e muito excitante era dos ralis", acrescentou Wilson.

Desde 1997 que a Ford tem sido uma parceira contínua da M-Sport, assegurando sete Campeonatos do Mundo de Ralis FIA e mais de 1.500 vitórias em classificativas. O novo Puma Rally1 irá substituir o Ford Fiesta WRC da M-Sport, modelo que, desde a sua apresentação em 2017, conquistou três cetros do Campeonato do Mundo de Ralis.

Com um desempenho potente e reativo, uma eficiência de combustível otimizada e utilizando a tecnologia mild hybrid de 48 volts, o Ford Puma introduziu no segmento dos SUV compactos a aclamada dinâmica de condução divertida e um surpreendente e apelativo design.

 

RALIS ONLINE TV

ANUÁRIO RALIS ONLINE 2020

Facebook FanBox

RALIS EM PORTUGAL RALIS EM PORTUGAL