faceralis

 

posvendaclick

moura16(POR RICARDO NASCIMENTO)

O Rali Sical foi mais uma vez o evento de abertura do Campeonato dos Açores de Ralis, com mais de 30 inscritos, duas especiais disputadas na noite de sexta feira e mais seis no sábado.

Apesar de uma forte conjuntivite, Ricardo Moura dominou por completo a 35ª edição do Rali Sical, foi o mais rápido em todos os troços, obtendo assim a 33ª vitória nos Açores, na segunda temporada com o Ford Fiesta R5. No entanto, por muito pouco, a prova do campeão açoriano poderia ter terminado na primeira especial do rally, quando um pequeno grupo de espetadores irresponsáveis, atiraram uma pedra com dimensões semelhantes a uma bola de futebol para a frente do carro. O piloto não evitou a grande pedra, mas felizmente para Ricardo Moura e António Costa, os danos no carros foram poucos, mas poderia ter tido consequências graves para o piloto e navegador.

Ao comemorar 20 anos de carreira, Tiago Azevedo alugou um Skoda Fabia S2000 a Manuel Castro, o que animou ainda mais, os muitos espetadores que se deslocaram à estrada. O piloto local perdeu 13,1s na primeira especial, mas na segunda, Azevedo teve uma ligeira saída de estrada no inicio do troço, ficando com uma das rodas dianteiras pendurada, onde perdeu mais de dois minutos e qualquer hipótese de poder discutir a vitória. Durante as especiais diurnas, Azevedo averbou alguns tempos interessantes e apesar da saída de estrada, nunca perdeu a segunda posição.

Hugo Mesquita e Filipe Gouveia não estiveram satisfeitos com as afinações do Mitsubishi, mas foram terceiros classificados desde o inicio do rally, conseguindo desta forma um excelente resultado para as contas do campeonato e no Grupo N, com o primeiro pódio nos rallies para a nova dupla.

A única luta interessante de se seguir entre os cinco primeiros, foi entre o jovem Rafael Botelho e João Faria. Os dois pilotos de São Miguel nunca estiveram separados por muitos segundos, mas Botelho foi sempre líder nas duas rodas motrizes e Faria perdeu algum tempo na noite de sexta feira, quando o seu navegador Carlos Medeiros ficou sem luzes para ditar as notas.

Nuno Cintra começou o rally numa boa quinta posição, mas na especial seguinte, o piloto de Angra do Heroísmo teve problemas no autoblocante, perdendo algum tempo e uma queda para a décima segunda posição. No dia seguinte, Cintra recuperou até à sexta posição, terminando a mais de 2 minutos de João Faria.

Manuel Pontes venceu entre os VSH com um Toyota Celica ST165, terminado na sétima posição depois de ter beneficiado do abandono de Rúben Fita na última especial do rally.

João Paulo Correia e Maria Correia foram os melhores nos VSH de duas rodas motrizes e com a oitava posição final a 1,9s de Manuel Pontes, a dupla simpática conseguiu o melhor resultado de sempre num evento do CRA.

Paulo Rocha foi nono classificado com o seu Citroën AX com motorização 1600cc, com quase três minutos de vantagem para António Ortins que penalizou 2m30s antes da primeira espacial do rally, efetuando um excelente recuperação.

Carlos Andrade perdeu muitos minutos na primeira especial do rally, ao deixar escorregar o carro no troço da Serreta e ficar com as rodas posteriores em cima de umas pedras. Nas restantes especiais, Andrade foi o terceiro mais rápido por quatro vezes e chegou a ser segundo quando Tiago Azevedo teve a saída de estrada. Depois de ter recuperado quase 20 posições, o piloto local acabou por cometer um excesso na derradeira especial e furou um pneu, mas manteve a décima primeira posição.

VENCEDORES DE TROÇOS:
Ricardo Moura (8)
LÍDERES DO RALLY:
Ricardo Moura (SS1 a 8)

35º RALI SICAL
1º Ricardo Moura / António Costa (PRT) Ford Fiesta R5 49:33,4
2º Tiago Azevedo / Mário Castro (PRT) Skoda Fabia S2000 +04:27,7
3º Hugo Mesquita / Filipe Gouveia (PRT) Mitsubishi Lancer Evo III +06:44,0
4º Rafael Botelho / Nuno Rodrigues da Silva (PRT) Citroën Saxo CUP +08:40,0
5º João Faria / Carlos Medeiros (PRT) Peugeot 206 RC +09:01,5
6º Nuno Cintra / Miguel Soares (PRT) Renault Clio RS +11:21,2
7º Manuel Pontes / António Lemos (PRT) Toyota Celica 4WD ST165 +12:38,9
8º João Paulo Correia / Maria Correia (PRT) Peugeot 106 XSI +12:40,8
9º Paulo Rocha / José Alves (PRT) Citroën AX GTI 1.6 +13:05,2
10º António Ortins / José Borba (PRT) Toyota Yaris 1.3 +15:57,9
11º Carlos Andrade / Tomás Pires (PRT) Renault Clio RS R3 +17:11,3
12º Fábio Contente / Fábia Toledo (PRT) Renault 5 TL 1.7 +18:23,5

PRINCIPAIS ABANDONOS:
7 Artur Silva / João Paulo Simões (PRT) Renault Clio R3 (motor na SS2)
17 João Ávila / Filipe Moura (PRT) Mitsubishi Lancer Evo III (motor na SS2)
12 Teófilo Pires / Ricardo Fagundes (PRT) Citroën Saxo CUP (avaria após SS3)
8 Bruno Silva / André Silva (PRT) Citroën Saxo CUP (avaria após SS5)
23 Ruben Fita / Miguel Azevedo (PRT) Renault Clio Williams (avaria após SS7)
10 Paulo Renato Silva / João Pacheco (PRT) Renault Clio 1.8 16v (avaria na SS8)

 

Não lhe é permitido comentar.