faceralis

 

20anos

brevestorir112Perante bastante público, apesar de o espectáculo ser pobre, o segundo dia do Rali Torrié, foi um passeio para a maioria dos pilotos, nomeadamente a partir do 5º e 6º troço, quando muitas desistências e saídas de estrada aconteceram.

A pior de todas foi a de Rafael Perez. O espanhol saiu muito largo numa curva e bateu em cheio numa árvore, onde já tinha batido Vítor Pascoal, danificando a suspensão, e onde ficou Vítor Senra, quando estava em segundo lugar.

Como já era previsível a Taça de Portugal de Ralis e o Regional Nordeste pouco ou não acrescentaram ao Rali Torrié. Não só foi difícil perceber que competição alguns pilotos estavam a disputar como confusas foram e são as classificações. Veremos quantos dos nove pilotos que terminaram classificados na Taça de Portugal é que na realidade a vão disputar.

Mais uma vez a Rádio Alto Ave deu um contributo importante na cobertura mediática do Rali Torrié. De ano para ano a reportagem e a emissão é cada vez mais profissional, num trabalho feito com gosto e prazer.

Não lhe é permitido comentar.