faceralis

 

guiaaft

fusterApós a sua vitória no Rali Príncipe das Astúrias e dos pontos a dobrar que conseguiu por esta prova pertencer ao troféu Europeu de Ralis, Miguel Fuster estava a obrigado a não falhar em Llanes, ao contrário de Sergio Vallejo que poderia sentenciar a seu favor o título de Campeão de Espanha de Ralis, após os pontos que obteve nessa prova.

Mas em Llanes quem favhou foi mesmo Vallejo, que no segundo troço perdia meia hora depois de sofrer uma saída de estrada, ficando dessa forma sem pontuar, o que unido a uma vitória de Fuster (a terceira da temporada) fez com que a distância entre eles caiu para apenas 5,5 pontos, deixando tudo em aberto para os ralis da Cantabria e de Madrid.

Nesta segunda prova asturiana o pódio ficou completo com os Suzuki Swift oficiais, com Joan Vinyes a terminar no segundo lugar depois de tantos azares nas provas anteriores, ficando na frente de Gorka Antxustegi.

Colaboración Miguel Álvarez

Não lhe é permitido comentar.