faceralis

 

WEBINAR Prancheta-1-copia-6

autorilcanaO Nacional de Ralis de Asfalto em Espanha começou com o Ilhas Canárias e logo envolto em polémica já que a RFEDA (Real Federación Española de Automovilismo) não autorizou a participação do novo Porsche de Sergio Vallejo, um 911 GT3 de 2010, no campeonato, que obrigou o piloto a estar presente unicamente na versão internacional da prova.

Aí se encontravam os veteranos Didier Auriol e Juha Kankkunen, com dois Citroen Xsara WRC, tendo como principais rivais Vallejo, o atual campeão Monzón (o Mini este ano não é admitido no Nacional de Espanha) e o canário Capdevila com um Ford Focus WRC.

A prova foi dominada por Auriol sem grande problemas, já que Kankkunen, Monzón e Capdvilla tiveram que retirar-se, sendo segundo (após um forte penalização) Vallejo e o terceiro foi José María Ponce com um BMW M3.

Na prova "nacional" o triunfo foi para a Enrique Cruz com um Porsche 997 GT3, que se impôs após dois dias de prova por apenas 12 segundos frente a Yeray Lemes (Ferrari 360), com Surhayen Pernia e o seu Mitsubishi Lancer Evo X no terceiro lugar, enquanto Esteban Vallín com um Opel Adam R2 ficou no 4º lugar.

Pelo caminho ficaram Miguel Fuster (Porsche 997 GT3) e os Mitsubishi Lancer Evo X do ACSM Team que eram pilotados por Xevi Pons e Joan Carchat.

Colaboración de Miguel Álvarez

 Fotos Oficias e Marcas

 

Não lhe é permitido comentar.