faceralis

 

posvendaclick

minisordoDavid Lapworth, Director técnico da Prodrive, disse que a eventual falta de um piloto na equipa que tenha sido campeão do mundo, não vai ser um problema para a Mini, após as chances de poder ter Marcus Gronholm terem falhado.

O piloto finlandês ainda não disse à Mini que nunca iria conduzir para a equipa mas, por outro lado, o ex-piloto da Citroën Daniel Sordo, está a um pequeno passo de fazer par com Kris Meeke na Prodrive.

Lapworth está confiante de que haverá experiência suficiente na sua linha de pilotos, mesmo sem Gronholm.

David Lapworth: "Eu penso que não nos falta nada. Trabalhar com o Marcus é óptimo pois, basta coloca-lo dentro de um carro que ele começa logo sempre a fundo. Obtém-se um "feedback" muito simples através dele - faz isto, faz isto e faz isto. É bom saber em que ponto estamos com o nosso carro mas, até me terem perguntado se tínhamos falta de um bom piloto, honestamente, não me tinha passado pela cabeça se nos faltava alguma coisa. Sinceramente, não nos falta nada e não se esqueçam que temos o Markko Martin a colaborar na equipa em algumas situações."

A respeito de Kris meeke, adiantou: "O Kris tem um "feedback" muito lógico e de senso comum. É certo que ele não tem uma enorme experiência com world rally cars mas, ele já conduziu muitos deles. De qualquer forma, quando estamos a começar um projecto do nada, com novos regulamentos técnicos, podemos fazê-lo sem ideias preconcebidas sobre como deve ser um novo word rally car."

Daniel Sordo deverá assinar contracto com a Prodrive nos próximos dias pois, a ligação do piloto espanhol com a Citroën só termina hoje, dia 31 de Dezembro. Sordo conduziu o Mini na Sardenha durante dois dias, sendo um deles em pisos de asfalto e outro em gravilha.

Daniel Sordo: "Eu testei o carro e é tudo de momento. Gostei do carro, não é mau para o seu inicio de desenvolvimento. Eu lembro-me que o DS3 não estava ao melhor nível quando começou a testar. Existe algum trabalho a fazer em todas as áreas mas, ainda é cedo e temos tempo. A equipa Prodrive éstá muito motivada e o David Lapworth tem muita experiência. Preciso de perceber o carro melhor mas, para o inicio, foi bom."

Colaboração Ricardo Nascimento

Não lhe é permitido comentar.